PUBLICIDADE

Carambeí ajusta projetos estruturais para nova fábrica da Ambev

Prefeita Elisangela Pedroso esteve na sede da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística para debater ações

Gestora também se reuniu com membros das equipes técnicas do município e da Ambev nesta quarta-feira (24)
Gestora também se reuniu com membros das equipes técnicas do município e da Ambev nesta quarta-feira (24) -

Allyson Santos

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O município de Carambeí já atua na elaboração de projetos estruturais para receber a nova fábrica da Ambev, que será construída a partir de um investimento de R$ 870 milhões e deve ter as operações iniciadas apenas em 2025. Na terça-feira (24), a prefeita Elisangela Pedroso esteve na sede da Secretaria Estadual de Infraestrutura e Logística, em Curitiba, para ajustar o projeto que consiste na pavimentação asfáltica da Estrada do Areião, que dará acesso à indústria.

Em entrevista concedida ao Jornal da Manhã e Portal aRede, a chefe do Executivo de Carambeí explicou que este projeto de asfaltamento estava paralisado desde 2018. “Conseguimos retomar essa iniciativa. Com a vinda da Ambev, tivemos que modificar alguns detalhes do projeto”, explicou a gestora. Além da pavimentação, é discutida a construção de uma rotatória na entrada da fábrica e uma pista de desaceleração. Até a publicação desta reportagem, não foram revelados prazos ou valores referentes aos projetos. A prefeita também se reuniu com membros das equipes técnicas do município e da Ambev nesta quarta-feira (24).

Indústria

O anúncio da nova fábrica da Ambev em Carambeí ocorreu no mês de junho deste ano. O processo de construção deve gerar 1,5 mil vagas de emprego. Serão produzidas garrafas dos tipos long neck, 300 ml, 600 ml e 1 litro para diversos rótulos da empresa, como Brahma, Skol, Budweiser, Stella Artois, Becks e Spaten.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE