PUBLICIDADE

Agroleite 2022 atinge três dígitos em negócios e público

Empresas que participaram da feira movimentaram R$ 149 milhões, recorde histórico do evento

Empresas que participaram da feira movimentaram R$ 149 milhões, recorde histórico do evento
Empresas que participaram da feira movimentaram R$ 149 milhões, recorde histórico do evento -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O Agroleite 2022, realizado entre os dias 16 e 20 de agosto em Castro, superou todas as expectativas da organização, se tornando uma edição histórica. O reencontro vivenciado pela cadeia produtiva do leite da América Latina foi de tirar o fôlego e o evento atingiu a marca dos três dígitos em negócios e número de visitantes.

As 200 empresas expositoras efetivaram operações que totalizaram R$ 149 milhões. O gerente distrital da Sicoob Sul, Everton Carlos Zarpellon, relata que a agência protocolou mais de R$ 72 milhões em operações de crédito, superior ao dobro da meta estipulada para ser concretizada durante o evento. “Criamos uma linha específica com taxa de juros reduzida para financiamentos de bens, equipamentos, animais, energia fotovoltaica. Tudo o que é apresentado na feira é abrangido por essa linha de crédito”, menciona.

Para o gerente comercial da franquia da Ilumisol de Castro, Rudnei Ceulei, o resultado do evento foi melhor do que os anos anteriores, a empresa vendeu R$ 2 milhões nessa edição. “O pessoal veio para a feira para fechar negócios”, ressalta. Ceulei explica que devido mudança na legislação quem investir em energia solar no ano que vem precisará pagar uma taxa, o que está impulsionando os produtores a adiantarem a compra. “Foi muito bom, muita procura, muitos clientes no stand, negócios fechados aqui na feira, projeções para fazermos visitas na próxima semana, clientes pedindo para segurar o preço especial que fizemos”, diz o gerente.

A materialização de negócios nas semanas seguintes ao Agroleite também é uma realidade para outras empresas. Romano Vinícius Vizinoni, consultor de vendas da MacPonta, concessionária John Deere, comenta que além das vendas concluídas, entre maquinários e consórcios da marca, a empresa sai do Agroleite com mais de R$ 7 milhões em intenções de venda e aguarda a disponibilidade dos produtos na fábrica.

Os diversos atrativos da programação oficial trouxeram mais de 120 mil pessoas para a Cidade do Leite, recinto de exposições da Cooperativa Castrolanda. Foram registrados visitantes de vários estados brasileiros como São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia, Goiás, e de países como Argentina, Paraguai, Bolívia e Uruguai. Muitos expositores ficaram impressionados com a quantidade de pessoas transitando pelas avenidas, mesmo com o frio e a chuva.

“Superou nossas expectativas, achávamos que com o frio o pessoal ia ficar reticente, mas mesmo com chuva teve público muito bom”, fala Fernando José Silveira Oliveira, supervisor regional de vendas Paraná e São Paulo da Genex. Oliveira pontua que o público era formado em sua maioria por pessoas que atuam nas propriedades, entre produtores, técnicos e veterinários. Fernanda Queiroz, responsável por feiras e eventos da Timber, também observou que o evento atrai um público direcionado, pessoas buscando soluções para melhorar a eficiência no campo. “Foi excelente para mostrarmos a marca, os produtos e conhecermos pessoas, a equipe comercial estabeleceu muitos contatos”, expõe.

Leila Gomes, gerente do Agroleite, declara que o Agroleite 2022, com o tema Reencontros, marcou a retomada presencial de uma maneira muito especial. “Foi uma semana intensa, em vários sentidos, inclusive no clima. Estamos comemorando esta conquista de ultrapassar os três dígitos em público e em negócios. Isso nos dá alegria, motivação e energia para pensarmos o evento de 2023, em um momento de crescimento e desenvolvimento”, manifesta.

O Agroleite é promovido anualmente pela Cooperativa Castrolanda e conta com vários painéis e fóruns para promoção do conhecimento. Seung Lee, diretor executivo, cita que as palestras trouxeram temas técnicos sobre a cadeia do leite e os outros segmentos em que a cooperativa está inserida, além de questões voltadas ao mercado. “O Agroleite oportuniza o debate de assuntos do interesse dos produtores e o contato com as empresas e as novas tecnologias”, afirma.

Considerando a América Latina, a gerente de marketing Latam da DeLaval, Caroline Ryden, assinala como um diferencial do Agroleite o fato de ser uma feira de tecnologia que mostra as novidades que estão chegando. “Esta é a nossa vitrine para mostrar as novidades da DeLaval na América Latina. Se pensar em inovação, pensamos no Agroleite”, ressalta.

O presidente da Castrolanda, Willem Bouwman, observa que está nítida a consolidação do evento. “Percebemos que a cadeia do leite estava com os holofotes virados para o Agroleite e para Castro durante a semana que passou. A Castrolanda é a organizadora do evento, mas ele é de todos os parceiros que estão junto conosco para fazer acontecer uma exposição cada vez mais bonita”, enfatiza. Bouwman afirma que a cooperativa está projetando uma ampliação da Cidade do Leite e investimentos na infraestrutura para o próximo ano.

As informações são de assessoria

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE