aRedeShopping aRedeNegócios Jornal da Manhã

Campos Gerais

Fernando Rogala | Campos Gerais | 20/05/2022 as 19:25h

Potencial de consumo da região alcança R$ 27,9 bi

Soma da movimentação nos municípios dos Campos Gerais aumentou acima da média nacional. Alta foi de 11,27% em relação a 2021


A maior parte dos municípios da região dos Campos Gerais deverá fechar com um crescimento no consumo neste ano de 2022, comprovando a recuperação do período mais crítico da pandemia do coronavírus. O crescimento médio dos 27 municípios da região deverá atingir 11,27%, valor acima do esperado não apenas para o Sul do Brasil, mas também para todo o país. Os números são do IPC Maps, estudo realizado anualmente pela IPC Marketing Editora, que mostram a projeção do potencial de consumo dos municípios. A projeção aponta para um crescimento de 9,95% na região Sul do Brasil, e de 11,16% em âmbito nacional. 

O estudo do IPC Maps aponta que a soma do potencial de consumo dos 27 municípios da região dos Campos Gerais deve atingir R$ 27,98 bilhões neste ano de 2022, valor R$ 2,83 bilhões superior aos R$ 25,14 bilhões projetados para 2022. Trata-se de um valor que corresponde a 7,63% de todo o projetado para o Estado do Paraná, na casa dos R$ 366 bilhões. Em 2021, a projeção para o Paraná foi de R$ 322 bilhões. Já no Brasil, o consumo total deve alcançar a casa de R$ 5,64 trilhões, contra R$ 5,07 trilhões em 2021.

Entre os municípios da região, apenas três apresentaram quedas nominais no potencial de consumo: Porto Amazonas, na casa de 1,4%; Telêmaco Borba, com retração de 2%; e Castro, com baixa de 4,3%. Em valores, a maior queda foi de Castro, onde a retração projetada é de R$ 77,6 milhões, de R$ 1,76 bilhão para R$ 1,69 bilhão. Ainda assim, essas duas últimas cidades têm os maiores potenciais depois de Ponta Grossa – Enquanto Ponta Grossa lidera, com R$ 11,99 bilhões alcançados em 2022, Telêmaco Borba registra um potencial na casa de R$ 2,29 bilhões. No outro extremo, os menores potenciais de consumo são de Fernandes Pinheiro, com 110,5 milhões, e de Porto Amazonas, com R$ 125,4 milhões.

Os municípios que tiveram o maior crescimento do potencial de consumo foram Ventania e Tibagi, ambos na casa de 27%, com Ventania passando de R$ 203,6 milhões para R$ 260,1 milhões (alta de 27,7%), enquanto Tibagi cresceu de R$ 371,6 milhões para R$ 472 milhões (alta de 27,0%). Também cresceram na casa dos 20% Imbaú (23,8%), Curiúva (23,7%), Ortigueira (22,7%), Imbituva (22,2%) e Rebouças (20,6%). 

Em valores, a maior alta do potencial de consumo deverá ocorrer em Ponta Grossa, na casa de R$ 1,76 bilhão. Depois, os maiores crescimentos são previstos para Imbituva, de R$ 133,7 milhões, e para Tibagi, na casa dos R$ 100,36 milhões.


Cresce o consumo e o número de famílias da classe ‘A’

A maior parte do consumo da região é feita pela classe C. Ela corresponde a 39,6% do total consumido na região. O valor dessa classe, porém, caiu em relação ao ano passado – em 2021, as famílias da Classe C correspondiam a 40,2% do consumo regional. Neste caso, houve uma migração de famílias para classes mais altas – embora o consumo da Classe B também tenha caído, de 38,1% para 37,9%, o consumo da classe A, que possuem renda maior, passou de 11,5% em 2021 para 12,2% de todo o consumo regional. Já o consumo da classe D e E, ou seja, das famílias com renda menor, manteve-se em 10,2%. O detalhe é que, enquanto mais de 26% das famílias moradoras da região estão enquadradas na classe D e E (que representam 10,2% do potencial regional), as famílias da classe A correspondem a menos de 2% do total, e estas últimas representam 12% da movimentação financeira regional.


PG tem o 64º maior potencial do país

Ponta Grossa, o município com o maior potencial de consumo da região, apresentou crescimento de 17,28% em um ano. A soma da movimentação econômica no município deverá atingir a marca de R$ 11,99 bilhões ao final de 2022, valor R$ 1,76 bilhão superior ao projetado para 2021, de R$ 10,22 bilhões, e mais de R$ 3 bilhões superior ao resultado de 2020, de R$ 8,91 bilhões. Neste ano de 2022, a previsão é que o consumo em Ponta Grossa represente 0,212% de toda a movimentação econômica brasileira, valor que está crescendo anualmente nos últimos três anos – em 2021, esse percentual era de 0,201%; em 2020 era de 0,199%; e em 2019 o potencial de consumo da cidade representava 0,186% do nacional. A cidade tem o 5º maior potencial de consumo do Paraná e ocupa a 64ª posição brasileira.


Setores

Entre os setores, o maior valor será destinado para despesas de habitação, superior a R$ 5,5 bilhões. Logo depois aparecem os gastos com veículo próprio, na casa dos R$ 3 bilhões, seguido pela alimentação no domicílio, com R$ 2 bilhões. O valor projetado com gastos para a alimentação fora do domicílio está na casa de R$ 900 milhões.   

| Foto:
  

email sharing button
email sharing button
email sharing button
email sharing button

PUBLICIDADE

Recomendados

Mundo Animal lança campanha para doação de agasalho em PG
La Belli Master Hall promove festa eletrônica com Liu
FASF inicia novas turmas de graduação em agosto
Publicidade
Cara Nova traz as melhores opções para enfrentar o inverno
Óticas Carol traz promoções no mês dos namorados em PG
Bravo Burguer reinaugura novo espaço em Ponta Grossa
PUBLICIDADE

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Cotidiano 23/06/2022 ás 22:02h
Cotidiano 23/06/2022 ás 21:52h
Cotidiano 23/06/2022 ás 20:48h
Publicidade
Ponta Grossa 23/06/2022 ás 20:17h
Esporte 23/06/2022 ás 19:55h
Cotidiano 23/06/2022 ás 19:42h
Ponta Grossa 23/06/2022 ás 19:26h
Publicidade
Cotidiano 23/06/2022 ás 19:23h
Campos Gerais 23/06/2022 ás 19:19h
Campos Gerais 23/06/2022 ás 18:36h
Cotidiano 23/06/2022 ás 18:25h
Ver Mais
PUBLICIDADE

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 23/06/2022 ás 17:59h

Workshop gratuito de teatro infantil abre inscrições

Ponta Grossa 23/06/2022 ás 16:47h
Ponta Grossa 23/06/2022 ás 15:29h
PUBLICIDADE
Ponta Grossa 23/06/2022 ás 14:45h
Ponta Grossa 23/06/2022 ás 14:32h
Ponta Grossa 23/06/2022 ás 14:12h
PUBLICIDADE

COTIDIANO

Cotidiano | 23/06/2022 ás 16:35h

Requião é internado e passa por procedimentos cardiológicos

Cotidiano 23/06/2022 ás 14:36h
Cotidiano 23/06/2022 ás 13:01h
PUBLICIDADE
Cotidiano 23/06/2022 ás 10:16h
Cotidiano 23/06/2022 ás 09:53h
Cotidiano 23/06/2022 ás 09:30h
PUBLICIDADE

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 23/06/2022 ás 18:02h

Nova fábrica da Ambev traz 1,5 mil empregos para Carambeí

Campos Gerais 23/06/2022 ás 17:13h
Campos Gerais 23/06/2022 ás 13:43h
PUBLICIDADE
Campos Gerais 23/06/2022 ás 11:24h
Campos Gerais 23/06/2022 ás 09:42h
Campos Gerais 22/06/2022 ás 19:37h
PUBLICIDADE

MIX

Mix | 23/06/2022 ás 09:42h

Esposa pediu divórcio, o que fazer?

Mix 23/06/2022 ás 08:34h
Mix 23/06/2022 ás 06:30h
PUBLICIDADE
Mix 22/06/2022 ás 09:00h
Mix 22/06/2022 ás 06:30h
Mix 21/06/2022 ás 16:54h
PUBLICIDADE

ESPORTE

Esporte | 23/06/2022 ás 18:16h

Operário encara o Vasco da Gama no São Januário

Esporte 21/06/2022 ás 16:26h
Esporte 21/06/2022 ás 09:44h
PUBLICIDADE
Esporte 18/06/2022 ás 17:45h
Esporte 17/06/2022 ás 11:16h
Esporte 16/06/2022 ás 23:17h
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

VAMOS LER

Vamos Ler | 22/06/2022 ás 20:16h

Vamos Ler traz experiência com microambientes no Integração

PUBLICIDADE

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 23/06/2022 ás 18:00h

Confira seu horóscopo desta sexta-feira (24/06)

EMPREGOS

Empregos | 23/06/2022 ás 18:10h

Confira as vagas de emprego desta sexta-feira (24/06)

PUBLICIDADE

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 21/06/2022 ás 07:48h

Mulher é executada com 30 tiros em rua de Ponta Grossa

Ponta Grossa 23/06/2022 ás 14:45h
Ponta Grossa 21/06/2022 ás 10:59h
Bom Dia Astral 19/06/2022 ás 18:00h
Ponta Grossa 21/06/2022 ás 09:11h
PUBLICIDADE