Irati sediará audiência pública a respeito da Nova Ferroeste

Iniciativa faz parte de uma série de encontros solicitados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)

Iniciativa faz parte de uma série de encontros solicitados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)
Iniciativa faz parte de uma série de encontros solicitados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Iniciativa faz parte de uma série de encontros solicitados pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama)

O município de Irati sediará uma audiência pública a respeito da Nova Ferroeste no próximo dia 27 de maio. O debate está marcado para as 19h, no Pavilhão de Exposições do Parque Aquático. A iniciativa faz parte de uma série de audiências solicitadas pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) e publicadas no Diário Oficial da União desta quinta-feira (28). Em Irati, deverão participar representantes das cidades de Palmeira, São João do Triunfo, Fernandes Pinheiro e Porto Amazonas.

Na oportunidade, serão discutidos os impactos ambientais do projeto de aproximadamente 1,3 mil quilômetros de extensão e as medidas de compensação da fauna e da flora. Os trilhos serão utilizados para escoamento de toneladas de soja, milho e proteína animal, com captação de cargas de outros países, seguindo para o Porto de Paranaguá. Este será o segundo maior corredor de exportação de grãos e contêineres refrigerados do País, projeto pensado para o desenvolvimento econômico do Estado.

Entre os conteúdos abordados estarão os resultados do Estudo de Impacto Ambiental (EIA), com mais de 3 mil páginas. Para o coordenador do Plano Estadual Ferroviário, Luiz Henrique Fagundes, essa é uma das etapas mais importantes do empreendimento. “É quando os estudos são abertos para a sociedade, que vai poder trazer as suas contribuições. Dessa maneira teremos certeza de que estamos realizando o melhor projeto do ponto de vista socioambiental”, afirma.

A Nova Ferroeste vai percorrer 49 municípios, sendo oito no Mato Grosso do Sul e 41 no Paraná. Além de Irati, haverá encontros nas cidades de Dourados (MS), Guaíra, Cascavel, Paranaguá, São José dos Pinhais, Guarapuava. A escolha do Ibama levou em conta a disposição geográfica dos municípios ao longo do traçado e as interferências ambientais. 

O cronograma de duas semanas prevê encontros híbridos. Todas as audiências poderão ser acompanhadas presencialmente ou virtualmente nos canais de transmissão que ainda serão disponibilizados, no site e nas redes sociais criadas especialmente para esses encontros. Perguntas e observações poderão ser enviadas e respondidas durante ou após a realização das audiências públicas, como parte do projeto de concessão.

Iniciativa pretende gerar 300 mil novas vagas de emprego

O projeto da Nova Ferroeste irá estimular a geração de milhares de vagas de emprego. O Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental, (EVTEA) do projeto apontou a geração de mais de 300 mil empregos diretos e indiretos em 65 anos. O investimento estimado é de R$ 29,4 bilhões. “É o maior projeto estruturante em andamento no Estado, algo que vai mudar a dinâmica de exportação de produtos de toda a parte sul do País. O Paraná e o Brasil vão ganhar muito com a construção deste corredor sobre trilhos”, ressaltou o governador do Paraná, Carlos Massa Ratinho Junior.

Com informações da Agência Estadual de Notícias

Conteúdo de marca

Quero divulgar right