Cidades da região vão ganhar três eletropostos

Carros elétricos poderão ser abastecidos em Ponta Grossa, Tibagi e Imbaú. Paraná passará a ter 23 postos de recarga disponíveis aos usuários de veículos elétricos

Em Ponta Grossa, posto Juninho terá uma estação de abastecimento de carro elétrico
Em Ponta Grossa, posto Juninho terá uma estação de abastecimento de carro elétrico -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Carros elétricos poderão ser abastecidos em Ponta Grossa, Tibagi e Imbaú. Paraná passará a ter  23 postos de recarga disponíveis aos usuários de veículos eletrificados

Mais três municípios da região dos Campos Gerais vão ganhar eletropostos. Ou seja: quem tem carro elétrico (ou pensa em adquirir um) e mora na região ou transitará pelos Campos Gerais, pela BR-376, vai poder carregar o veículo com maior rapidez, em postos que tem local específico para isso. Os estabelecimentos que vão ganhar as estações de carga estão instalados às margens da rodovia, nos municípios de Ponta Grossa, Tibagi e Imbaú. Os postos estão incluídos no programa de inovação aberta ‘Copel Volt’, que está ampliando a eletromobilidade ao longo da BR-376 e da BR-101, em circuito que vai até perto de Londrina, no Norte do Paraná, e Joinville, em Santa Catarina, interligando os dois estados.

Em Ponta Grossa, o posto que receberá o carregador de alta velocidade será o posto Juninho, na região do Distrito Industrial da cidade. Em Tibagi, o contemplado será a Parada do Pão de Queijo, no quilômetro 458 da BR-376, enquanto que o outro estará localizado na Parada Soledade 2, no quilômetro 394 da rodovia, em Imbaú. Além desses três locais na região, também receberão eletropostos o Restaurante Elim, no quilômetro 297 da BR-376, em Mauá da Serra; e também o Posto Monte Carlo 2, também na BR-376, mas entre Curitiba e Santa Catarina, no município de Tijucas do Sul. 

Inaugurada em 2018, hoje a eletrovia da Copel tem 12 postos de recarga rápida, com 13 equipamentos ao longo de 730 quilômetros da BR-277, ligando o extremo Leste ao extremo Oeste paranaense. Com a expansão do projeto, serão cinco novos postos de recarga disponíveis aos usuários de veículos elétricos, com dois equipamentos cada. Ou seja, serão 17 postos e 23 estações no total. O acréscimo de pontos é um teste que a companhia está desenvolvendo com a startup brasileira Move, especialista em soluções tecnológicas para gestão e controle de recargas de veículos elétricos. Os demais eletropostos da Copel ao longo da BR-277 ficam em Paranaguá, Curitiba, Palmeira, Fernandes Pinheiro, Irati, Prudentópolis, Candói, Laranjeiras do Sul, Ibema, Cascavel, Matelândia e Foz do Iguaçu.

Além de expandir o número de postos de recarga da eletrovia da Copel, o projeto com a Move está integrando tecnologicamente todos os eletropostos em um mesmo sistema de gestão. “Um dos principais diferenciais é que o novo sistema já nos fornece um modelo para a futura comercialização de energia na mobilidade elétrica”, explica o mentor do projeto na Copel, Rodrigo Braun, que também destaca a relevância da parceria para estimular a eletromobilidade, agregar valor e gerar novas possibilidades e modelos de negócio.

Hoje, os eletropostos da Copel na eletrovia da BR-277 são provenientes de fornecedores diferentes, que fabricam modelos diversos. Com o sistema, será possível integrar todos os dados em uma mesma plataforma, que informará os carregadores que estão disponíveis, a quantidade de energia fornecida por cada um e até as emissões de gás carbônico (CO2) evitadas ao usar energia elétrica no lugar de combustíveis fósseis.  


Aplicativo

O consumidor agora tem acesso ao aplicativo Eletroposto Fácil para consultar informações sobre disponibilidade de carregadores, tempo estimado de recarga, entre outras informações. Será também o meio para fazer o pagamento da recarga. O app está disponível nas plataformas Android e iOS. 

O modelo é de vanguarda no setor de eletromobilidade e desponta como a forma mais provável de viabilizar a futura comercialização de energia nos eletropostos da Copel. “Como o projeto ainda está em testes, o valor a ser cobrado é referente ao uso da tecnologia”, detalha Rodrigo Braun. 


Confira quais serão os novos eletropostos: 

Curitiba – Londrina 

Posto Juninho: BR-376, Cará-Cará, Ponta Grossa-PR

Parada do Pão de Queijo: BR-376, Km 458 s/n, Colônia, Tibagi-PR. 

Parada Soledade 2: BR-376, Km 394, Rua Charqueada, Imbaú-PR. 

Restaurante Elim: BR-376 (Rod. do Café), Km 297, Mauá da Serra-PR. 

Curitiba – Joinville 

Posto Monte Carlo 2: BR-376, Rod. Henrique Herwig - Vossoroca, Tijucas do Sul-PR. 

Rede

Os demais eletropostos da Copel ao longo da BR-277 ficam em Paranaguá, Curitiba, Palmeira, Fernandes Pinheiro, Irati, Prudentópolis, Candói, Laranjeiras do Sul, Ibema, Cascavel, Matelândia e Foz do Iguaçu.

As informações são da assessoria de imprensa e da AEN

Conteúdo de marca

Quero divulgar right