PUBLICIDADE

Trabalho na infância movimenta alunos de Castro no Vamos Ler

Aula dentro do projeto do Ministério Público do Trabalho (MPT) foi desenvolvida no 5º ano B da Escola Professora Elsa Macedo

Temática envolveu ampla participação dos alunos
Temática envolveu ampla participação dos alunos -

Luana Abrantes

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Aula dentro do projeto do Ministério Público do Trabalho (MPT) foi desenvolvida no 5º ano B da Escola Professora Elsa Macedo

Desenvolvendo temas relacionados ao resgate à infância, como proposto pelo Ministério Público do Trabalho na escola, a turma do 5° B da Escola Municipal Professora Elsa Macedo, em Castro abordou o conteúdo sob orientação da professora Sabrina Lopes.

Através do projeto desenvolvido, os alunos realizaram diversas atividades com base no combate ao trabalho infantil. Para o estudo, a docente comentou que foram apresentados os mitos e as realidades com diversos vídeos e textos, onde os alunos puderam reconhecer seus direitos. Bem como a tristeza da violação dos mesmos, onde muitas crianças e adolescentes sofrem com essa situação. O estudo foi feito em parceria com família e comunidade escolar, no qual os alunos foram os multiplicadores do tema.

Sabrina comentou que os alunos produziram ilustrações, desenho, tirinhas e gibi coletivo. “A turma criou uma letra de música, onde todos puderam colaborar. A partir da escrita da música, para a criação da melodia, as crianças levaram para a sala de aula, materiais recicláveis para que pudessem produzir instrumentos musicais”, salienta ela, dizendo que todos participaram ativamente e compreenderam quais são seus direitos e seus deveres.

Segundo a professora, o estudo foi embasado por pesquisas, que apontam para um grande número de crianças e adolescentes submetidos ao trabalho irregular no Brasil, motivo de grande preocupação. “Não podemos combater o trabalho infantil sem que haja o engajamento de toda sociedade. Além das consequências irremediáveis para a trajetória educacional, de vida e desenvolvimento integral das crianças e adolescentes, o trabalho precoce, sobretudo em atividades insalubres e perigosas, afeta também a saúde física e mental”, acrescenta Sabrina.

Com essa atividade, a professora buscou ressaltar o papel da educação, sendo ela uma das principais estratégias para a prevenção e a erradicação do trabalho infantil.

Acesse o blog escolar da Escola Professora Elsa Macedo clicando aqui

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE