PUBLICIDADE

Debate sobre o trabalho infantil marca ampla ação em Carambeí

Por meio de projeto do Ministério Público do Trabalho, quarto ano B da Escola Fátima Augusta Bosa pôde estudar, mas também protagonizar dinâmica em relação à temática

Brinquedos e dinâmicas ajudaram a elucidar importância do tema
Brinquedos e dinâmicas ajudaram a elucidar importância do tema -

Dhiego Tchmolo

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Por meio de projeto do Ministério Público do Trabalho, quarto ano B da Escola Fátima Augusta Bosa pôde estudar, mas também protagonizar dinâmica em relação à temática

O projeto ‘MPT na Escola 2022’, do Ministério Público do Trabalho, em decorrência de 12 de junho, Dia Mundial do Combate ao Trabalho Infantil, teve ampla ênfase no quarto ano B da Escola Municipal Fátima Augusta Bosa, no Jardim Eldorado em Castro, agregando conhecimentos de forma lúdica e dramatizando o tema.

A professora da turma Laiz Lislaine Ribas comenta que a proposta proporcionar várias novas experiências aos alunos, “onde iniciamos com o conteúdo explicativo de um vídeo sobre o tema ressaltado, o qual aguçou muito a curiosidade das crianças, em que houve muitas argumentações e críticas sobre o assunto”.

Dessa forma, elenca a docente, a contextualização do assunto ocorreu com os alunos levando seus brinquedos preferidos, com o intuito de fazer uma releitura dramatizada do livro ‘Trabalho de Criança Não é Brincadeira Não’, da autora Rosana Ramos. “Pois, num mundo globalizado e repleto de informações, a escola deve disponibilizar atrativos aos alunos de modo que os mesmos consigam assimilar os conteúdos propostos”, conforme complementa a educadora.

“Em seguida, foi solicitado às crianças que elas desenhassem e elaborassem frases. A interação das crianças e o interesse foi de maneira muito lúdica e alegre, na qual eles entenderão com mais facilidades entre eles o tema que desejei transmitir, como crítica ou conscientização social, a partir das ideologias e combate às desigualdades sociais”, conclui Laiz.

Acesse o blog escolar da Escola Fátima Augusta Bosa clicando aqui

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE