X
aRede aRede
(X)
Publicidade

Ponta Grossa

Da Redação | Ponta Grossa | 15/09/2017 as 04:06h

Historiador conta sobre a origem de Ponta Grossa

Completando neste dia 15 de setembro seus 194 anos, Ponta Grossa tem sua história contada em duas vertentes, uma voltada para um conceito mais mítico e outro baseado na história oficial. Quem conta essas duas versões é o professor doutor da Universidade Estadual de Ponta Grossa e diretor do Museu dos Campos Gerais Paulo Eduardo Dias de Mello.

Segundo Paulo, a história da cidade começa em 1823 quando foi elevada à categoria de freguesia. Nesse período o Brasil vivia a emancipação política do país, pois havia se passado apenas um ano da Independência.

Na versão oficial, Ponta Grossa surgiu por conta de ser um dos principais pontos de passagens de tropeiros que subiam ou desciam do sul do Brasil para a Feira de Muares de Sorocaba, onde faziam negócios e se faturavam alto com a venda dos animais e produtos diversos. Eles passavam na região de Ponta Grossa para se recuperar das longas viagens, o que já acontecia desde 1703 e que se manteve, principalmente com a venda do charque, pelas estradas princesinas. “O tropeirismo como um fenômeno se desenvolve ao longo do século XIII e se estende praticamente até o século XX”, explica Paulo.

Os tropeiros buscavam os caminhos naturais mais propícios para o comércio levado no lombo de animais e Ponta Grossa tinha essa característica, inclusive com várias rotas para o interior do país. Por conta disso, passar pela região rumo à Sorocaba ou ao Sul era bastante comum. “Essas condições geográficas favoreceram a posição da cidade”, comenta Paulo. Depois do tropeirismo a cidade seria mais uma vez beneficiada pela geografia, desta vez pelas ferrovias, o que já é outra história.

Indígenas

No momento histórico da fundação da cidade, índios não habitavam o território, o que não significa que eles nunca tenham estado pelos lados de Ponta Grossa. Os antepassados distantes dos povos indígenas da região deixaram marcas em pinturas rupestres e nas escarpas dos Campos Gerais, porém não havia aldeamentos no território da atual cidade.

Os grupos mais ao norte dos Campos Gerais foram aldeados em uma tentativa de apaziguar os conflitos entre indígenas e os invasores europeus, afinal os índios não aceitaram pacificamente a ocupação de seus antigos territórios. “Ao longo do século XIX a gente não tem mais essa presença aqui porque isso foi desmantelado e o que a gente tem é algumas aldeias em regiões como Reserva e outras regiões dos Campos Gerais, que é de onde alguns grupos da região vêm para cá hoje em dia”, conta o historiador, ressaltando que o processo de ocupação do Paraná foi muito violento contra os indígenas e que a sociedade da época os enxergava como inferiores, sem cultura e sem moral.

A versão das pombas

Fazendeiros da região queriam construir uma capela em devoção à Senhora de Sant’Ana, que serviria como marco da sede da Freguesia, da futura cidade. Para decidir o local, soltaram pombos para que voassem e indicassem sob inspiração divina onde deveria ser erigida a Casa Santa. As aves voaram e pousaram em uma árvore na colina onde hoje está a Catedral de Ponta Grossa. “A lenda é mais interessante do que essa história real. (...) Temos duas vertentes históricas que se combinam e que fazem parte da história e do imaginário da cidade”, afirmou Paulo.

O Jornal da Manhã preparou uma entrevista especial com o historiador Paulo Eduardo onde ele dá mais detalhes sobre a fundação de Ponta Grossa. 


Por Ana Carolina Lima, Emerson Luiz e Danilo Wierdemann


Publicidade

Recomendados

Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Esporte 20/07/2019 ás 20:56h
Esporte 20/07/2019 ás 19:26h
Publicidade
Publicidade
Cotidiano 20/07/2019 ás 11:40h
Publicidade

VÍDEOS

ao vivo | 19/07/2019 ás 09:27h

JORNAL DA MANHÃ E AREDE LANÇAM 10º ANUÁRIO

Ponta Grossa 16/07/2019 ás 14:00h
Vamos Ler 16/07/2019 ás 13:02h
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 20/07/2019 ás 09:56h

Homem é preso com pistola calibre 380 em PG

Ponta Grossa 20/07/2019 ás 08:48h
Ponta Grossa 20/07/2019 ás 08:12h
Publicidade
Ponta Grossa 20/07/2019 ás 07:39h
Ponta Grossa 19/07/2019 ás 18:28h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 20/07/2019 ás 09:07h

‘Serial killer canino’ é procurado pela polícia de Curitiba

Publicidade
Cotidiano 19/07/2019 ás 20:29h
Cotidiano 19/07/2019 ás 13:40h
Publicidade

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 19/07/2019 ás 20:12h

Escolas dão continuidade ao projeto Contos e Lendas

Campos Gerais 19/07/2019 ás 17:52h
Publicidade
Campos Gerais 19/07/2019 ás 16:21h
Campos Gerais 19/07/2019 ás 15:40h
Publicidade

MIX

Mix | 19/07/2019 ás 15:26h

Cine Teatro de Jaguariaíva exibe Toy Story 4 e Anabelle

Publicidade
Publicidade

ESPORTE

Esporte | 20/07/2019 ás 09:28h

Operário encara o CRB buscando subir na tabela

Publicidade
Esporte 18/07/2019 ás 07:23h
Publicidade

INSANA

Insana | 14/07/2019 ás 21:22h

Você compraria comida plantada em shopping?

Publicidade
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 19/07/2019 ás 17:47h

Festa junina é tema de trabalho em Piraí do Sul

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 19/07/2019 ás 20:09h

Expoleite terá juiz canadense nos três dias de exposição

Publicidade

ROMULO CURY

RC Coluna | 20/07/2019 ás 01:27h

Coluna RC deste sábado (20/07)

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 20/07/2019 ás 01:02h

Confira o seu horóscopo para este sábado (20/07)

EMPREGOS

Empregos | 19/07/2019 ás 19:48h

Vagas na Agência do Trabalhador para segunda-feira (19/07)

Publicidade

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 18/07/2019 ás 14:02h

Ninja de muleta dá voadora no Calçadão de PG

Ponta Grossa 17/07/2019 ás 11:54h
Ponta Grossa 16/07/2019 ás 14:00h
Ponta Grossa 15/07/2019 ás 12:01h
Publicidade
Publicidade