Uma tendência atemporal chega para a temporada Primavera/Verão

Coluna Estilo e Moda por Silvana Hass desta semana (06/08)

Atualmente, está mais fácil de se assimilar moda como um assunto que reflete as mudanças da sociedade de maneira geral e não apenas como um assunto isolado, desconectado do ambiente em que se encontra.

A moda, compreendida como uma decorrência da modernidade, é sustentada para que todos os tipos de produtos comercializados caminhem em uma mesma vertente e tenham um mesmo significado e que este significado seja condizente com as aspirações da sociedade.

Derivada da modernidade e de sua cultura esta mesma sociedade, valorizam as etapas de criação de uma peça de roupa e priorizam por informações. Como uma determinada marca se relaciona com as questões ambientais entre outros fatores, com isso, muitas causas começaram a ganhar maior visibilidade e padrões são desconstruídos. Assim, para os modernos, a palavra de ordem é mudança, e o rompimento com antigos valores.

Assim, a cada dia surgem novos produtos no mercado a fim de oferecer ao consumidor opções de escolha na formação de sua identidade, o mercado da moda principalmente de grifes renomadas para minimizar e se adequar aos impactos ambientais já trabalham com o avanço das novas tecnologias antes de lançar as suas coleções, portanto engajando cada vez mais métodos de produção que minimizem o impacto ambiental conectados com as tendências.

Marcas a frente dessas questões, direcionam outras assim movimentam a indústria da moda com seus ciclos de temporadas.

Para a nova estação teremos uma tendência que é o comprimento da saia. Do clássico comprimento midi que estava em alta em temporadas de alto verão de estações passadas entra em cena o comprimento micro.  

A opção do cós clochard onde a   amarração dá o tom da tendência.  O short saia não ficará de fora e aparecerá com abotoamento duplo.  O bolso em tamanho maior aparece, porém é fake, uma estratégia moderna para não criar volume de tecido na peça.

O jeans será destaque entre os tecidos com a lavagem destroyed e acid um efeito visual casual, o que deve ressaltar a tendência é a aplicação de metais além é claro dos outros tecidos. A tendência resgatada diretamente da linha do tempo dos anos 2000 deixa de lado para essa temporada a famosa " cintura baixa”. A cintura para o mood é regular onde o cós fica um pouco abaixo da linha do umbigo, onde o comprimento curtinho   complementa visualmente a silhueta alongando as pernas. 

HORÓSCOPO

AREDEPLAY

MIX