Mudanças nos hábitos estão mais evidentes no mundo da Moda

Confira a Coluna dessa semana do mundo da Moda com Silvana Hass

A moda está vivendo a era da velocidade, seu papel ainda é uma forma de consolidação da individualidade contemporânea, uma vez que funciona como agente de comunicação e importante ferramenta de construção da identidade humana.

A reutilização de recursos vem se tornado uma parte intrínseca da nossa linguagem cotidiana. O percurso da moda, como fenômeno cultural influenciado por acontecimentos sócio históricos, como guerras e movimentos culturais e artísticos, sempre teve sua própria evolução seguida de grandes inovações, porém 2020 fica marcado pela preocupação com meio ambiente e a pandemia que atingiu não apenas o Brasil e sim o mundo.

O mercado da moda também não se isola a um determinado país mesmo com tantas diferenças culturais é um fenômeno mundial. No entanto é marcado por regras estabelecidas e essas regras sofrem como um abalo sísmico inesperado. O que vamos chamar depois de anos de transformações históricas. O homem neste contexto tem um papel fundamental de “objeto” de estudo essencial para cada caso, já que na maioria das vezes é na indumentária que podemos observar essas mudanças, suas implicações, sua subjetividade e como ou aquele momento afetou a sociedade.

Estamos findando o ano de 2020 que ganha o status de fonte histórica, trazendo evidências e representação dos aspectos da moda, como estilo, tendência, design, forma e cor, e passa a agir na justaposição do historiador como pesquisa para os próximos anos.

Roupas transmitem sentidos, economia, expectativas, efeitos simbólicos e comportamentos. Proporcionando a reflexão, principalmente, sobre as várias questões envolvidas no comportamento humano e esta união entre homem: “História e Moda” se estabelece o cenário do mais sensíveis identificadores o da “linha do tempo”.

Agora como serão os próximos anos? O que esperar do ano de 2022 de 2023... estes visivelmente serão os primeiros elementos da chamada “cultura material”.

Já é perceptível que 2020, especialmente entre as classes mais abastadas, as mudanças de comportamento em relação aos períodos anteriores. Atualmente não apertamos mais a cintura com corpetes, mas a busca é pela liberdade de pensamentos e movimento. Temos o início da transformação onde já podemos afirmar que a pandemia trouxe sua consolidação de liberdade, a famosa moda da mesmice, retida na lentidão tradicional, que ainda insistia nos dress code perfeito fica para traz. O mercado se volta na mesma velocidade da internet, com novas construções e valores, para garantir o fator comercial do segmento tão importante para a economia mundial, com passos acelerados na globalização, na variedade de produtos para durar o que deve moldar os hábitos de consumo nos próximos anos. Mas o que comprar agora existe ainda tendências? Sim.

É certo que roupas com tecidos e cortes confortáveis, ou seja, loungewear porém estilosas serão as mais procuradas durante o ano de 2021/22 assim como marcas que priorizem a sustentabilidade, marcas que primam por um respeito maior ao meio ambiente e pelas pessoas envolvidas nos processos de produção. 

Finalizo aqui hoje que suas compras agora já não dependem definitivamente do certo ou errado e sim do seu estilo pessoal o mundo mudou e a moda valorizou ainda mais o seu público respeitando a individualidade de cada um de nós. 

Beto Preto pede que população ‘esqueça’ festas de fim de ano

Beto Preto pede que população ‘esqueça’ festas de fim de ano...

Prova do PSS para professores é transferida para 10 de janeiro

Prova do PSS para professores é transferida para 10 de janeiro...

Ratinho diz que Paraná está preparado para vacinação

Ratinho diz que Paraná está preparado para vacinação...

Elizabeth e Marcelo Rangel definem equipe de transição

Elizabeth e Marcelo Rangel definem equipe de transição...

Câmara de PG encerra sessões na próxima segunda-feira

Câmara de PG encerra sessões na próxima segunda-feira...

PRF apreende 250 quilos de maconha em Ponta Grossa

PRF apreende 250 quilos de maconha em Ponta Grossa...

Fundação de Saúde confirma 150 novos casos de Covid

Fundação de Saúde confirma 150 novos casos de Covid...

“Vacina não tem marca e nem nacionalidade”, diz Marcelo Rangel

“Vacina não tem marca e nem nacionalidade”, diz Marcelo Rangel...

Fantasma fica no empate com o Sampaio Corrêa

Fantasma fica no empate com o Sampaio Corrêa...

Carne suína é estrela do cardápio neste fim de ano

Carne suína é estrela do cardápio neste fim de ano...

PR arrecada 1,5 mil brinquedos para o 'Natal Voluntário'

PR arrecada 1,5 mil brinquedos para o 'Natal Voluntário'...

Aliel propõe ação contra isenção de impostos para armas

Aliel propõe ação contra isenção de impostos para armas...

Mabel Canto destina R$ 250 mil para a Saúde de Imbituva

Mabel Canto destina R$ 250 mil para a Saúde de Imbituva...

Eclipse solar poderá ser visto parcialmente no Brasil

Eclipse solar poderá ser visto parcialmente no Brasil...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS