Bolsonaro encerra visita à região com motociata

Presidente da República esteve na cidade na tarde desta sexta-feira (5) e discursou para seus apoiadores no Centro de Eventos

O presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (sem partido), cumpriu agenda em Ponta Grossa nesta sexta-feira (5). A prefeita Elizabeth Silveira Schmidt (PSD) recepcionou o representante máximo do Poder Executivo, que veio acompanhado do ministro do Ministério da Cidadania, João Inácio Ribeiro Roma, do secretário nacional de Saneamento do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), Pedro Maranhão, além de parlamentares, lideranças estaduais e regionais.

A prefeita Elizabeth deu as boas-vindas para o presidente da República e agradeceu recursos enviados para Ponta Grossa por meio do Governo Federal, destacando os R$ 35 milhões destinados ao Aeroporto Sant’ Ana – Bolsonaro foi recepcionado pela líder do Executivo municipal e pelo vice-prefeito de Ponta Grossa Saulo Vinícius Hladyszwski (PSD). Ela também aproveitou o momento para fazer duas solicitações ao presidente.

Uma delas é pela análise das condições do Parque Nacional dos Campos Gerais, que ainda não tem plano de manejo nem foi desapropriado, como previa a lei. A prefeita defendeu um modelo que privilegie a manutenção integral das reservas naturais, sem a desapropriação das áreas, que custaria bilhões aos cofres da União. “Além disso, pedimos para o presidente a alteração de zonas de processamento de exportação para recebermos em Ponta Grossa novas indústrias com foco no comercio exterior. Desta forma, teremos mais liberdade para produzir e também para vender. Sabemos da sensibilidade e visão do presidente Bolsonaro para apoiar os setores produtivos”, disse a prefeita, que agradeceu a deputada federal Aline Sleutjes (PSL) por viabilizar a vinda do presidente à cidade.

Bolsonaro discorreu sobre vários assuntos, como a sua viagem para a Itália para o G20, sobre obras em execução no Brasil, sobre a legislação ambiental, a crise energética, entre outros temas em âmbito nacional. O presidente comentou também sobre a federalização de mais de 3,5 mil quilômetros de estradas do Paraná. “Isso envolverá R$ 44 bilhões de investimentos em sete anos, a construção de dez contornos e 1.780 quilômetros em duplicações”, ressaltou Jair Bolsonaro.

Entre as autoridades que participaram do evento, o secretário de Segurança Pública do Paraná, coronel Rômulo Marinho Soares, os deputados federais Aline Sleutjes, Ricardo Barros (PP), Pedro Lupion (DEM), Filipe Barros (PSL), Sérgio de Souza (MDB), Evandro Roman (PSD) e Fernando Giacobo (PL). Além disso, o presidente da Associação Comercial, Industrial e Empresarial de Ponta Grossa (Acipg), Douglas Taques Fonseca, discursou durante o evento.

Maltaria Campos Gerais

No evento, o presidente, a prefeita e os representantes das cooperativas descerraram a pedra fundamental da Maltaria Campos Gerais, que trará investimentos de R$ 3 bilhões por meio das cooperativas Capal (Arapoti), Bom Jesus (Lapa), Agrária Agroindustrial (Guarapuava), Castrolanda (Castro), Frísia (Carambeí) e Coopagrícola (Ponta Grossa), e que vai gerar mais de 3 mil empregos diretos e indiretos na cidade.

O evento ainda lançou o ‘Programa Aço’, realizado pela Acipg, em parceria com a Prefeitura e com o Exército Brasileiro, que fará a qualificação e a geração de oportunidade de emprego para militares temporários, quando entram para a reserva. Além disso, também foi descerrada a pedra fundamental da nova sede da associação ponta-grossense.

Saneamento

Durante sua visita a Ponta Grossa, o Governo Federal também entregou oficialmente obras de ampliação do Sistema de Abastecimento de Água (SAA) do Município, que atenderão aos bairros de Uvaranas, Maria Otília e Los Angeles, além de garantir regularidade na distribuição de água tratada para toda a população de Ponta Grossa. As obras receberam investimentos de R$ 51,8 milhões, sendo R$ 46,6 milhões em financiamentos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), por meio do Programa Avançar Cidades – Saneamento, e R$ 5,2 milhões em contrapartidas.

O empreendimento é formado por oito estações elevatórias, 103,3 km de redes/adutoras e dois reservatórios com capacidade para 5 mil m³ de água cada. Além da ampliação do sistema de abastecimento de água, foram realizadas instalações elétricas, projeto de urbanização e infraestrutura para travessia para a população. As obras foram desenvolvidas pela Companhia de Saneamento do Paraná (Sanepar).

“Temos hoje cerca de 100 milhões de brasileiros sem tratamento de água e esgoto adequados. E a falta de acesso a serviços básicos como esses coloca em risco a saúde da população, além de ser um problema ambiental”, destaca o ministro Rogério Marinho. “Investir em saneamento é uma prioridade deste governo. Estamos focados em oferecer a cada dia mais qualidade de vida aos brasileiros”, completa.

Transmissão especial

Durante todo o evento, a equipe de jornalistas do Grupo aRede trouxe em primeira mão os detalhes da visita presidencial em Ponta Grossa. Com uma duração de quase 4h, a cobertura jornalística aconteceu desde a chegada do presidente à cidade, pelo Aeroporto Sant’Ana, até a sua chegada no Centro de Eventos do Município. Para assistir toda a transmissão na íntegra, basta acessar o vídeo clicando aqui.

E essa transmissão especial segue neste sábado (6), quando acontece a ‘motociata’ organizada pela Associação de Motociatas do Paraná. Ao todo, mais de 90 grupos já confirmaram participação. A concentração inicia às 10h, no Santuário Nossa Senhora das Brotas, em Piraí do Sul. A ‘motociata’ percorrerá também pelas cidades de Castro, Carambeí, com a chegada no Centro de Eventos de Ponta Grossa. Toda essa cobertura será realizada pelos jornalistas do Grupo aRede e poderão ser acompanhadas via redes sociais do Portal aRede.

Manifestação

Também no próximo sábado (6), a partir das 10h, acontecerá uma manifestação contra a vinda do presidente Bolsonaro aos Campos Gerais. Com a organização de movimentos sociais, partidos políticos, sindicatos e demais entidades, o ‘Vaza Bolsonaro!’ ocorrerá na Praça Barão de Guaraúna, na região central de Ponta Grossa.

A manifestação regional, que também deve contar com integrantes de Campo Magro, Castro, Curitiba, Palmeira e Telêmaco Borba, afirma que “os Campos Gerais e o Paraná não fecham com Bolsonaro. Entendemos que suas lamentáveis motociatas não matam a fome de brasileiros e nem garantem a nutrição de mais da metade da população que vive em situação de insegurança alimentar”, explica.

As entidades envolvidas são: Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST); Movimento Popular por Moradia (MPM); Partido Comunista do Brasil (PCdoB), Partido Democrático Trabalhista (PDT), Partido Socialismo e Liberdade (PSOL),Juventude Combate e Liberdade (JCL), Combate Feminista, Movimento Raíz da Liberdade (PSOL), Coletivo 4P Poder Para o Povo Preto, Partido dos Trabalhadores (PT), Mandato Coletivo do PSOL, Associação dos Professores do Paraná (APP  Sindicato), Sindicato dos Comerciários, Sindicato dos Petroleiros do Paraná e Santa Catarina, Central Única dos Trabalhadores (CUT PR), Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Carnes Derivados e Alimentação de Ponta Grossa (STIMLACA), União da Juventude Socialista (UJS), União Paranaense dos Estudantes (UPE) e União Paranaense dos Estudantes Secundaristas (UPES).

Mudança da lei poderá afetar moradia popular

Mudança da lei poderá afetar moradia popular ...

Manipulação da Verdade: Fake News

Manipulação da Verdade: Fake News ...

Ômicron faz 17 mil paranaenses buscarem 1ª dose da vacina

Ômicron faz 17 mil paranaenses buscarem 1ª dose da vacina ...

Presidente da OAB/PG recebe liderança do Conselho Federal

Presidente da OAB/PG recebe liderança do Conselho Federal ...

Projeto 'Reaprenda'' contempla 300 presos de Ponta Grossa

Projeto 'Reaprenda'' contempla 300 presos de Ponta Grossa ...

Homem é flagrado com 'pote de crack' em praça no centro de PG

Homem é flagrado com 'pote de crack' em praça no centro de PG ...

PG inicia vacinação de crianças contra a Covid-19 nesta sexta

PG inicia vacinação de crianças contra a Covid-19 nesta sexta ...

Senac oferece cursos de qualificação em PG

Senac oferece cursos de qualificação em PG ...

Violência em PG não é responsabilidade da FNL

Violência em PG não é responsabilidade da FNL ...

Suspeito de furto de cabos de energia é preso em PG

Suspeito de furto de cabos de energia é preso em PG ...

DAF produz novo CF rígido em PG e começa a exportar

DAF produz novo CF rígido em PG e começa a exportar ...

Sesa confirma 2 mortes de H3N2 em Ponta Grossa

Sesa confirma 2 mortes de H3N2 em Ponta Grossa ...

Professor de PG lista dicas para alunos planejarem estudos

Professor de PG lista dicas para alunos planejarem estudos ...

Exportações do agronegócio paranaense crescem 13,9%

Exportações do agronegócio paranaense crescem 13,9% ...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

REDES SOCIAIS