Liminar negada à VCG cita prioridade à Saúde em PG

Decisão do desembargador do TJ-PR cita prejuízos ao setor privado e escalonamento do comércio

O Tribunal de Justiça do Estado do Paraná (TJ-PR), na tarde dessa segunda-feira (8), negou a liminar da Viação Campos Gerais (VCG), que pedia um subsídio de R$ 2,5 milhões mensais para a Prefeitura de Ponta Grossa enquanto durar o estado de calamidade pública. A disputa judicial iniciou em 15 de maio e teve novo capítulo na decisão do desembargador Luiz Mateus Lima.

Ambas as partes acenaram com entendimentos distintos acerca do pedido liminar. Em sua decisão, o desembargador cita que “além de o reflexo das medidas restritivas necessárias ao enfrentamento da pandemia de Covid-19 não ter se projetado só sobre a Viação Campos Gerais Ltda., as atenções e esforços da Administração Pública devem estar voltados, primordialmente, ao atendimento do interesse público de preservar a saúde”.

Outro ponto na decisão do magistrado é de quem “tem-se que o comércio de Ponta Grossa/PR está funcionando com o esquema de escalonamento, das 10h00min às 16h00min, o que, em juízo perfunctório, retira a necessidade imediata de concessão de auxílio financeiro emergencial para evitar a paralisação da prestação do serviço público de transporte coletivo de passageiros”, complementa, com a conclusão de indeferimento do “pedido de antecipação dos efeitos da tutela recursal”.

Para a VCG, a decisão não tirar a responsabilidade do Município. “A liminar foi negada, mas isso não implica dizer que o Desembargador Luiz Mateus Lima afastou a responsabilidade do Município de Ponta Grossa em relação à manutenção da operação do Sistema de Transporte Coletivo”, citou a Viação em nota.

“Cabe ressaltar que o Município é o titular do serviço e havendo grave desequilíbrio como o que tem ocorrido desde o início da pandemia, mais cedo ou mais tarde, o reequilíbrio do contrato de concessão ocorrerá na medida em que há obrigação contratual e legal neste sentido”, complementa a concessionária do transporte público.

Para o procurador geral de Ponta Grossa João Paulo Deschk, que representa o Município, “subsidiar uma atividade que não foi parada, só houve um decréscimo do volume de negociação, (faz com que) nós concordamos e entendemos ser a mais correta decisão do TJ porque não há orçamento previsto”. E, complementa. “Isso precisaria passar por lei, além de que todo orçamento hoje é dedicado para a saúde”.

Partes avaliam futuro

A VCG coloca que as ações da Justiça devem ser o mais rápido possível. “Ao contrário do entendimento do Desembargador, de que não há razão para uma medida imediata, vale dizer que a situação do Sistema de Transporte Coletivo de Ponta Grossa só tem se agravado e medidas duras deverão ser tomadas daqui para frente”. Para o procurador do Município, decisões parecidas - como do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), em Cascavel - mostram que a responsabilidade e foco do poder público deverá ser no combate à Covid-19 e medidas de mesma competência.

Promotores pedem revisão de reabertura de setores no PR

Promotores pedem revisão de reabertura de setores no PR...

Projeto de Aliel quer transparência nos dados sobre a Covid-19

Projeto de Aliel quer transparência nos dados sobre a Covid-19...

PG é destaque nacional em ação contra o Covid-19

PG é destaque nacional em ação contra o Covid-19...

Confira seu horóscopo para esta Segunda-feira (08/06)

Confira seu horóscopo para esta Segunda-feira (08/06)...

Câmara dirige ‘Moção de Aplauso’ a aRedeShopping

Câmara dirige ‘Moção de Aplauso’ a aRedeShopping...

Confira seu horóscopo para este Domingo (07/06)

Confira seu horóscopo para este Domingo (07/06)...

Obras na Fernandes Pinheiro devem começar na segunda

Obras na Fernandes Pinheiro devem começar na segunda...

Paraná tem mais 533 casos e 13 mortes por Covid

Paraná tem mais 533 casos e 13 mortes por Covid...

Confira seu horóscopo para este Sábado (06/06)

Confira seu horóscopo para este Sábado (06/06)...

Obras e empregos

Obras e empregos...

Capa da edição deste fim de semana (06, 07 e 08/06/2020) do JM

Capa da edição deste fim de semana (06, 07 e 08/06/2020) do JM...

Está na hora de recuperar o fôlego do seu negócio

Está na hora de recuperar o fôlego do seu negócio...

Lei poderá travar desenvolvimento do aeroporto de PG

Lei poderá travar desenvolvimento do aeroporto de PG...

PG lidera envio de soja para o porto de Paranaguá

PG lidera envio de soja para o porto de Paranaguá...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS