Câmara acumula discussões sobre economia de gastos

Membros buscam redução de subsídios e também a diminuição do orçamento, mas propostas não devem avançar tão cedo. Redução de vereadores é o maior 'avanço' sobre o tema.

A redução do números de vereadores em Ponta Grossa – de 23 para 19 – levantou uma discussão sobre a efetividade da proposta em relação à economia que ela pode trazer aos cofres públicos. Alguns dos membros da Casa alegam que a diminuição de cadeiras não trará economia direta, já que o repasse orçamentário da Prefeitura ao Legislativo é o mesmo. Com isso, alguns vereadores criaram iniciativas – ainda que tímidas – com o objetivo de reduzir os gastos financeiros.

Uma das propostas, por exemplo, é a de diminuir o subsídio dos vereadores. A bandeira é levantada por Felipe Passos (PSDB) desde que chegou à Câmara, em 2017. O vereador chegou a buscar a viabilização através de um projeto, mas acabou barrando no regimento interno da Casa: somente membros da Mesa Executiva podem apresentar projetos de emenda à Lei Orgânica Municipal (LOM) – documento válido para a alteração.

A alternativa encontrada foi coletar assinaturas nas ruas para protocolar, na Justiça, um projeto de iniciativa popular – o documento sugere a redução de 50% do subsídio dos vereadores, atualmente fixado em cerca de R$ 10 mil. Para isso é necessário o apoio de 5% dos eleitores votantes no último pleito – ou seja, cerca de 10 mil assinaturas. O vereador já iniciou o trabalho de coleta, mas não sabe dizer quantas pessoas já assinaram.

“O Brasil vive um momento em que a diminuição dos gastos públicos é necessária. Na situação que vivemos no país, temos que trabalhar para reduzir. A alternativa que encontrei foi a iniciativa popular, já que não sou membro da Mesa Executiva”, explicou.

Outra iniciativa é a de redução da porcentagem do orçamento anual que a Prefeitura de Ponta Grossa transmite à Câmara. Atualmente fixado em 2,68%, o repasse deu ao Legislativo um valor de R$ 25,2 milhões para custeio das atividades deste ano (o orçamento do município em 2019 é de R$ 940,9 milhões).

No entanto, uma proposta do vereador George Luiz de Oliveira (PMN) pretende fazer com que a porcentagem repassada seja de 2%. A sugestão está descrita no projeto de lei nº 14/2019, protocolado em fevereiro – ainda quando a Câmara não tinha aprovado a redução de vereadores. Segundo George, o valor é suficiente para os gastos do Legislativo.  

“Os 2% são mais que suficientes. O orçamento municipal aumentou muito nos últimos anos e tornou isso possível. Com a proposta também acabamos com esse lobby de devolver dinheiro para a Prefeitura, que se torna uma forma de promoção da Mesa Executiva”, disse. Ao final do ano, o valor não gasto pelo Legislativo é devolvido ao Executivo.

Na visão do presidente da Câmara, Daniel Milla (PV), o valor de 2% sugerido por George não é o suficiente para suprir os gastos anuais. “A Câmara tem uma previsão de gastar 2,34% do orçamento municipal, um pouco acima do que propõe o projeto de lei. É claro que os repasses podem ser diminuídos, até porque estamos fazendo uma contenção de gastos. Mas o percentual de redução é pequeno e não chegaria aos 2% previstos na proposta”, afirmou Milla. Além disso, o presidente da Casa acredita que a medida é inconstitucional, já que alterações como estas devem ser realizadas somente através de projetos de emenda à LOM – e que devem ser apresentados pela Mesa Executiva.

PG terá 19 vereadores a partir de 2021

Uma das mais recentes decisões que podem afetar os gastos do Legislativo foi a diminuição do número de vereadores. Na segunda-feira (13), a Câmara aprovou em 2ª discussão a proposta de emenda à LOM 03/2018, de autoria de Jorge da Farmácia (PDT), que garantiu a redução de cadeiras a partir da próxima legislatura. O número cairá dos atuais 23 para 19. A proposta foi aprovada por unanimidade e, por pouco, não resultou em uma redução ainda maior. Os vereadores chegaram a ter maioria – 13 favoráveis e 10 contrários – na sugestão proposta por uma emenda modificativa que deixava a Câmara com 15 vereadores. No entanto, ela não atingiu o número necessário de votos para ser aprovada: 16 aprovações, que correspondem a dois terços da Câmara.

Revitalização do Alagados é estimada em R$ 30 milhões

Revitalização do Alagados é estimada em R$ 30 milhões...

Inteligência competitiva no Agronegócio: fator decisivo entre sucesso e fracasso

Inteligência competitiva no Agronegócio: fator decisivo entre sucesso e fracasso...

Capa da edição desta sexta-feira (16/08/2019) do JM

Capa da edição desta sexta-feira (16/08/2019) do JM...

Rodovias sem radares

Rodovias sem radares...

PR apresenta oportunidades do Parque de Vila Velha

PR apresenta oportunidades do Parque de Vila Velha...

Audiência pública discute ações para o Parque de Vila Velha

Audiência pública discute ações para o Parque de Vila Velha...

Vagas na Agência do Trabalhador para sexta-feira (16/08)

Vagas na Agência do Trabalhador para sexta-feira (16/08)...

Ratinho Junior exalta potencial leiteiro dos Campos Gerais

Ratinho Junior exalta potencial leiteiro dos Campos Gerais...

Bombeiros reforçam trabalho preventivo sobre queimadas

Bombeiros reforçam trabalho preventivo sobre queimadas...

Bolsonaro suspende uso de radares nas rodovias federais

Bolsonaro suspende uso de radares nas rodovias federais...

Julgamentos e fóruns são atrações do Agroleite na sexta

Julgamentos e fóruns são atrações do Agroleite na sexta...

Empresas da cadeia do leite são reconhecidas com Troféu

Empresas da cadeia do leite são reconhecidas com Troféu...

Fundação ABC lança Plataforma Sigma

Fundação ABC lança Plataforma Sigma...

Bolsonaro analisará vetos a projeto de abuso de autoridade

Bolsonaro analisará vetos a projeto de abuso de autoridade...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS