A morte no pedágio e a deterioração das rodovias

O acidente com morte na praça de pedágio, na BR-277, na madrugada de quarta-feira (13), evidencia que algo está errado na gestão das rodovias que faziam parte do Anel de Integração. Com o fim das concessões em novembro do ano passado e sem previsão de implantação de um novo pedágio, importantes estradas federais e estaduais estão desprovidas de segurança. Estão, de igual forma, se deteriorando.

Nessa quinta-feira (14), o Tribunal de Contas do Estado do Paraná (TCE-PR) demonstrou preocupação com o estado de abandono das rodovias estaduais e federais que faziam parte do Anel de Integração. O assunto foi levantado pelo presidente, conselheiro Fabio Camargo, a partir da notícia da morte de um motorista de caminhão que bateu na estrutura onde era cobrado anteriormente o pedágio, em São Luiz do Purunã. A estrutura não possui iluminação e o acidente aconteceu à noite.

Na sessão, em que foi aprovado um processo de Homologação de Recomendações aos órgãos envolvidos com a questão das estradas, o conselheiro relator, Fernando Guimarães, afirmou ter pedido uma investigação à sua Inspetoria de Controle Externo sobre o ocorrido, embora ressalvando que as instalações das praças de pedágio seriam patrimônio do governo federal, a quem caberia removê-las. Mesmo assim, Guimarães criticou a demora nas providências que antecederam o fim do pedágio, a falta de guinchos e a demora do governo federal em promover o processo licitatório das novas concessionárias.

É um problema que os governos estadual e federal têm a obrigação de resolver. Em outra esteira, novos sinais de advertência são dados em relação à nova modelagem de pedágio proposta pelo Governo Federal para as estradas paranaenses. Desta vez, técnicos do Instituto Tecnológico de Transportes e Infraestrutura da Universidade Federal do Paraná (ITTI/UFPR) chamaram a atenção para a possibilidade de a proposta onerar economias locais, prejudicar a competitividade das empresas, além de isolar muitos municípios atingidos pelas praças de pedágio.

Técnicos apresentaram um estudo sobre os impactos da nova modelagem de cobrança, abordando pontos como o degrau tarifário sem justificativa técnica; os descontos tarifários limitados pelos aportes; as faixas de desconto inibidoras de tarifas baixas; tarifas oneradas pela garantia cambial e o risco de abuso nas receitas estimadas. 

Mercados e lojas de shoppings de PG não abrem domingo

Mercados e lojas de shoppings de PG não abrem domingo ...

José Mauro Ferreira é eleito presidente da Petrobras

Ele é formado em Química Industrial, com mestrado em Engenharia dos Materiais pelo Instituto Militar ...

A Páscoa da paz

A Páscoa da paz ...

Telêmaco prevê orçamento de R$ 410 milhões para 2023

Município realizou audiência pública para abordar a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) referente ...

Irati expõe planejamento para inovação e infraestrutura

Secretário de Tecnologia, Inovação e Planejamento, João Antônio Almeida Júnior, apresentou ações da ...

Saúde regional debate projetos para ampliar abrangência

Secretários destacaram programas do Estado e questões regionais, como a abertura do Hospital Regiona ...

Prefeitura de Ventania garante aquisição de quatro veículos

Automóveis devem otimizar ações realizadas pelos setores de Educação e Saúde ...

Ipiranga pretende fomentar a agricultura familiar

Prefeito Douglas Modesto solicitou novos recursos para o setor durante reunião em Curitiba ...

Palmeira oficializa entrada no Mapa do Turismo brasileiro

Ferramenta reúne cidades que adotam o turismo como estratégia de desenvolvimento e identifica necess ...

Forbes lista Sicredi entre os 5 melhores bancos do país

Forbes lista Sicredi entre os 5 melhores bancos do país ...

Oferta de emprego atrai milhares de pessoas em PG

Oferta de emprego atrai milhares de pessoas em PG ...

Novas caixas d’água beneficiam 120 pessoas em Prudentópolis

Prefeito Osnei Stadler assinou Termo de Compromisso e Responsabilidade junto à Sanepar ...

Sanches Neto vence eleição e é reeleito reitor da UEPG

Atual reitor da universidade pública ficará à frente da Instituição por mais quatro anos; seu novo v ...

Confira a coluna RC desta quinta-feira (14/04)

Confira a coluna RC desta quinta-feira (14/04) ...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

REDES SOCIAIS