Conta de luz deve ter bandeira verde até o fim do ano

Diretor-geral do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) citou volume dos reservatórios. Bandeira verde entra em vigor a partir de 16 de abril

Cinco dias após o presidente Jair Bolsonaro anunciar o fim de bandeira de escassez hídrica na conta de luz e a entrada em vigor da bandeira verde a partir de 16 de abril, o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) informou que ela deve vir pra ficar. Novas mudanças não são esperadas até o fim de ano. Isso significa que provavelmente as tarifas não voltarão a sofrer acréscimos em 2022.

"Essa é a expectativa", disse nesta segunda (11) Luiz Carlos Ciocchi, diretor-geral do ONS. A entidade é responsável por coordenar e controlar as operações de geração e transmissão de energia elétrica do Sistema Interligado Nacional (SIN).

O sistema de bandeiras tarifárias é o que define o real custo da energia. Quando as condições de geração de energia não são favoráveis, é preciso acionar as usinas termelétricas, elevando os custos. Assim, cobranças adicionais têm por objetivo cobrir a diferença e também funcionam para frear o consumo.

Quando vigora a bandeira verde, não há acréscimos na conta de luz. Já na bandeira amarela, o consumidor paga um adicional de R$ 0,01874 para cada quilowatt-hora (kWh). A bandeira vermelha é dividida: no patamar 1, o acréscimo é de R$ 0,03971 e no patamar 2 é de R$ 0,09492.

No ano passado, foi criada a bandeira de escassez hídrica, que fixa um acréscimo de R$ 14,20 a cada 100 kWh consumidos. Ela estava vigente há sete meses, desde setembro. Segundo o governo federal, a medida era necessária para compensar os custos da geração de energia, que ficaram mais caros em consequência do período seco em 2021, apontado como o pior em 91 anos.

Ciocchi afirmou que, com o volume de chuvas registrado desde o fim do ano passado, a atual situação dos reservatórios das usinas hidrelétricas permitirá ao país atravessar o restante do ano de forma mais tranquila e segura do que em 2021. "Sudeste e Centro-Oeste terminam o período de chuvas no melhor nível desde 2012", observou.

Segundo o diretor-geral da ONS, a geração térmica deverá se limitar às usinas inflexíveis, que são aquelas que não podem parar e que possuem uma capacidade em torno de 4 mil MW (megawatts). Nos piores momentos da crise hídrica de 2021, as térmicas respondiam por mais de 20 mil MW.

Atualmente, as hidrelétricas são responsáveis por cerca de 65% da geração de energia no país. A matriz brasileira vem sendo modificada nos últimos anos com o crescimento de novas fontes renováveis, como eólica, que já representa aproximadamente 9% do total.

Apesar da recuperação das usinas hidrelétricas, Ciocchi considera ter sido acertada a decisão do governo de contratar térmicas emergenciais no ano passado. Elas deverão garantir, até dezembro de 2025, a reserva de energia que era considerada necessária para uma recuperação de longo prazo. "Na hora que tomamos a decisão, existia uma incerteza muito grande. Tínhamos duas escolhas: o arrependimento de contratar e o arrependimento de não contratar", pontuou.


As informações são da Agência Brasil

Prudentópolis aplicará mais de R$ 4,6 mi em pavimentação

Iniciativa deve revitalizar aproximadamente 2,5 quilômetros de estradas ...

Capacitação remota eleva produtividade da indústria

Capacitação remota eleva produtividade da indústria ...

Contratações do crédito rural alcançam R$ 209 bilhões

Contratações do crédito rural alcançam R$ 209 bilhões ...

Feira do Peixe inicia nesta terça (12), em formato digital

Feira do Peixe inicia nesta terça (12), em formato digital ...

Confira a coluna RC deste sábado (09/04)

Confira a coluna RC deste sábado (09/04) ...

Operário inicia contra o Tombense caminhada na Série b

Operário inicia contra o Tombense caminhada na Série b ...

Vacinação contra gripe segue nas Unidades de Saúde

Não há a necessidade de agendamento, já que as aplicações serão por livre demanda ...

Copa AMCG de Futsal começará no mês de maio

Congresso Técnico foi realizado na manhã desta quarta-feira (6) em Telêmaco Borba ...

UEPG recebe acervo de obras do ex-pracinha Alfredo Klas

Mais de 390 exemplares de obras do acervo pessoal de Klas, estarão disponíveis para estudantes, pesq ...

Carnês do IPTU chegam aos Correios para distribuição

Prazos de vencimento da cota única, 1ª e 2ª parcela do IPTU foram alterados para 29 de abril ...

Projeto resgata laços afetivos entre detentas e famílias

As mulheres beneficiadas passaram por estudo de caso, escuta ativa, produção de vídeos, palestras de ...

Polícia prende quatro pessoas por tráfico de drogas em PG

Abordagem ocorreu nesta sexta-feira (08), no Jardim Aroeira ...

Vila Velha tem aumento no número de visitantes em março

Aumento de turista no Parque, saltou de 105 turistas em março de 2021, para 3708 no mês passado ...

Projeto voluntário estimula leitura e arte há 15 anos

Encontros do Bando da Leitura não pararam na pandemia e voltaram de forma presencial todas as sextas ...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

REDES SOCIAIS