CMPC anuncia a compra da Iguaçu por R$ 945 mi

Companhia anuncia que chegou a um acordo para a aquisição da empresa brasileira Iguaçu Celulose e Papel S.A., produtora de celulose, papel e sacos de papel, presente no Paraná e Santa Catarina

A CMPC anuncia a compra da Iguaçu Celulose e Papel S.A., tradicional empresa de produção de celulose, papel e sacos de papel, dos estados do Paraná e Santa Catarina, reforçando sua investida na produção de embalagens biodegradáveis e amigáveis ao meio ambiente, por entender que este é o futuro do setor. Com essa aquisição, a CMPC passa a operar no Brasil com suas três linhas de atuação – a de embalagens sustentáveis (biopackaging) soma-se aos negócios de Celulose, com a unidade industrial de Guaíba, e de Papéis Tissue, com a Softys.

A compra aumentará a capacidade de produção anual de sacos de papel da CMPC para cerca de 1,5 bilhão de unidades, consolidando-se como o segundo player global nesta área.

A aquisição da Iguaçu, acordada no valor de R$ 945,7 milhões, incluindo o pagamento de dívidas existentes, faz parte da estratégia da CMPC de se tornar cada vez mais uma referência mundial no mercado de embalagens sustentáveis, uma vez que as plantas da nova empresa do Grupo são dedicadas à fabricação de sacos de papel, papel e celulose.

“As embalagens provenientes de fibras naturais são as embalagens do futuro, pois trata-se de produtos amigáveis ao planeta, recicláveis e por vezes desintegráveis, com uma baixa emissão de carbono. Por isso, continuar crescendo neste segmento é tão relevante para a CMPC e suas metas de sustentabilidade”, explica o CEO das Empresas CMPC, Francisco Ruiz-Tagle.

As instalações adquiridas da Iguaçu têm capacidades anuais de fabricação de agregados de 105 mil toneladas de celulose; 120 mil toneladas de Papel Sack-Kraft; 21 mil toneladas de papéis especiais, além de linhas de conversão para produzir 500 milhões de unidades de sacolas de papel por ano; localizadas nos Estados do Paraná (Piraí do Sul e São José dos Pinhais) e de Santa Catarina (Campos Novos). A aquisição inclui a base florestal da empresa, que conta com 11.821 hectares de área produtiva.

Esta compra se soma às aquisições realizadas pela CMPC em seu negócio de Biopackaging no Peru e no México e aos significativos investimentos para modernizar suas unidades no Chile.

 

Sobre Iguaçu

A Iguaçu Celulose e Papel S.A foi criada em 1943, como uma pequena empresa madeireira localizada no interior de Santa Catarina. Na década de 1970 ingressou no negócio de celulose e papel com a aquisição, em 1971, da fábrica da Celupel S.A, no mesmo estado. No ano seguinte, foi adquirida a unidade industrial de Campos Novos, também em Santa Catarina.

Para ter matéria-prima para a produção de papéis do tipo kraft, foi adquirida outra unidade industrial, no município de Piraí do Sul, a aproximadamente 190 km de Curitiba, no Paraná. Paralelamente, também comprou uma unidade industrial na cidade de São José dos Pinhais, produtora de papelão duplex e outros papéis especiais, a partir de celulose branqueada de fibra curta.

 

Sobre a CMPC 

A CMPC Brasil tem sua unidade industrial localizada em Guaíba, no Rio Grande do Sul, faz parte do grupo chileno CMPC e produz, por ano, cerca de 1,9 milhão de toneladas de celulose – matéria-prima biodegradável utilizada na fabricação de produtos de higiene pessoal (tissue), de embalagens e de vários outros itens presentes no cotidiano das pessoas. Maior indústria do estado, conforme o índice VPG (Valor Ponderado de Grandeza), a companhia é responsável pela criação de 45 mil empregos diretos, indiretos e induzidos na economia gaúcha, com 6,6 mil profissionais atuando em suas operações industriais, florestais e portuárias. Presente no Brasil desde 2009, a empresa é uma representante da bioeconomia e tem suas operações baseadas no conceito da economia circular, transformando 100% resíduos sólidos do processo industrial em 15 novos produtos, desde matéria-prima para produção de cimento e painéis de madeira até corretivo de pH do solo e fertilizantes orgânicos. O grupo CMPC completou 100 anos de atuação no mundo em 2020 e conta atualmente com mais de 17 mil colaboradores em 45 unidades industriais de oito países da América Latina. 


As informações são da assessoria de imprensa

Vila Velha tem aumento no número de visitantes em março

Aumento de turista no Parque, saltou de 105 turistas em março de 2021, para 3708 no mês passado ...

Projeto voluntário estimula leitura e arte há 15 anos

Encontros do Bando da Leitura não pararam na pandemia e voltaram de forma presencial todas as sextas ...

Publicação Legal - 09/04/2022

Publicação Legal - 09/04/2022 ...

Miguel Sanches Neto se mostra confiante para reeleição

Ele é candidato pela chapa ‘Sempre UEPG’, junto do vice Ivo Mottin Demiate; liderança é o atual reit ...

Prefeitura renova contrato com a Cidatec por mais 90 dias

Nova licitação segue em andamento, já que uma das empresas concorrentes entrou com um recurso contra ...

Câmara vota Plano Diretor e Programa de Demissão

Além disso, vereadores debatem o Plano de Mobilidade Urbana, a proibição do passaporte da vacina con ...

Diretoria da nova gestão do Sindilojas toma posse

José Loureiro Neto segue como presidente. Ele foi reeleito por aclamação e empossado por Darci Piana ...

Como repaginar seu visual e o que ele revela sobre você

Coluna Estilo e Moda por Silvana Hass desta semana (09/04) ...

MM reinaugura filiais instaladas em unidades do Tozetto

MM reinaugura filiais instaladas em unidades do Tozetto ...

PG é destaque em evento com mais de 100 cidades inteligentes

Encontro estadual, que aborda tecnologias e soluções para desenvolver as cidades, terminou na última ...

Programas estaduais dão apoio para famílias de Prudentópolis

Benefícios como o Casa Fácil Paraná, Cartão Comida Boa, aluguel social, entre outros, auxiliam a pop ...

Prefeitura de Carambeí amplia o programa ‘Troca Verde’

Iniciativa oferece a possibilidade de troca de lixo reciclável por frutas e verduras ...

Jaguariaíva debate manutenção da Vara do Trabalho na cidade

Administração municipal se mobiliza para evitar possível fechamento ...

Lideranças regionais vão debater o novo pedágio

Lideranças regionais vão debater o novo pedágio ...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

REDES SOCIAIS