PG tem 40% dos imóveis com atraso no IPTU 2019

O contribuinte que não regularizar o pagamento do tributo dentro do exercício financeiro vigente estará inscrito em Dívida Ativa a partir de janeiro

Faltando menos de um mês para o encerramento do exercício financeiro 2019, a Secretaria da Fazenda está contabilizando mais de 54 mil cadastros inadimplentes com o pagamento do IPTU e taxa de coleta de lixo deste ano. Com base nos 138 mil cadastros não isentos do imposto, isso representa 40% dos imóveis do município, e por esse motivo a Prefeitura deixou de receber mais de R$ 24 milhões, de janeiro a novembro. Apesar do índice de inadimplência estar em 22% em decorrência das medidas de Justiça Fiscal aplicadas desde 2017, os valores em atraso fazem falta aos cofres do Município, que aplica mais de 50% da receita nas áreas de Saúde e Educação.

“Com a valorização em premiação dos bons pagadores e o fim de programas de regularização que acabavam estimulando a inadimplência, temos mantido o índice em patamares muito menores que em 2017, por exemplo, onde a inadimplência passava de 40%. Mesmo assim, são recursos que fazem falta no orçamento municipal, que é elaborado com essa previsão de receita. Essa arrecadação ainda custeia a coleta de lixo, que não deixou de passar nenhum dia na frente desses imóveis inadimplentes. Ou seja, a Prefeitura acaba tendo que remanejar de outras áreas para manter o serviço em funcionamento”, alerta o secretário da Fazenda, Cláudio Grokoviski.

Para regularizar os valores em atraso, é possível emitir pelo Portal do Contribuinte a guia para pagamento à vista, com o valor corrigido com juros e multa, ou aderir ao programa de parcelamento permanente na Praça de Atendimento, dividindo o valor corrigido em até 48 vezes, desde que a parcela não seja inferior a um Valor de Referência (VR - R$ 81,11). O contribuinte que iniciar o próximo exercício financeiro com valores pendentes referentes ao pagamento do tributo em 2019 será inscrito em Dívida Ativa. A partir disso, a Prefeitura pode recuperar os valores devidos através de protesto ou execução fiscal. 


Informações da assessoria de imprensa

Fazer mais do mesmo

Fazer mais do mesmo...

PG promove 'Mini Feirão da Qualificação' no Terminal Central

PG promove 'Mini Feirão da Qualificação' no Terminal Central...

Coluna RC desta quinta-feira (12/12)

Coluna RC desta quinta-feira (12/12)...

Pegaí comemora os 287 mil livros disponibilizados até 2019

Pegaí comemora os 287 mil livros disponibilizados até 2019...

Polícia encontra foragidos da Justiça nas ruas de PG

Polícia encontra foragidos da Justiça nas ruas de PG...

Médicos que reaproveitavam materiais cirúrgicos são presos

Médicos que reaproveitavam materiais cirúrgicos são presos...

Governo libera R$ 168 mi para investimentos em saúde pública

Governo libera R$ 168 mi para investimentos em saúde pública...

Familiares identificam corpo achado em riacho

Familiares identificam corpo achado em riacho...

Sesc Estação Saudade será inaugurada dia 16

Sesc Estação Saudade será inaugurada dia 16...

Copom reduz juros básicos para 4,5% ao ano

Copom reduz juros básicos para 4,5% ao ano...

Homem é encontrado morto dentro de arroio em PG

Homem é encontrado morto dentro de arroio em PG...

Guardas Mirins comemoram finalização das atividades

Guardas Mirins comemoram finalização das atividades...

Coluna RC traz evento da Temae Japanese Food

Coluna RC traz evento da Temae Japanese Food...

Médicos são suspeitos de reaproveitar lixo hospitalar

Médicos são suspeitos de reaproveitar lixo hospitalar...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS