Dicas para a redação do ENEM

A proximidade do ENEM reatualiza anualmente o receio e a insegurança da maioria dos estudantes no que diz respeito à redação. Muito dessa insegurança é resultado da pouca prática textual escrita – em moldes próximos ao solicitado no exame – da maioria dos participantes.

Como diz o poeta João Cabral de Melo Neto, “para aprender da pedra, frequentá-la”. Portanto, para ser um redator competente, é necessário que a pessoa se predisponha a praticar a escrita com certa constância e disciplina. No caso da redação, tal prática irá garantir uma mínima intimidade com essa modalidade da linguagem e isso tornará mais fácil a expressão das ideias do redator num momento de tensão.

Outro aspecto a ser considerado na hora da produção do texto é seu aspecto formal. Geralmente, pede-se que o candidato componha uma redação com até trinta linhas e tal número acaba se constituindo numa orientação para que o estudante estruture o seu texto em cinco ou, pelo menos, quatro parágrafos. Essa disposição de parágrafos facilita a organização da ideias e a percepção, por parte do redator e do corretor, do percurso textual introdução desenvolvimento conclusão.

Uma questão formal que causa grande “ruído” na escrita é a falta de legibilidade da letra, pois há caligrafias de candidatos que desafiam a experiência e ampla capacidade de decodificação dos corretores. Além disso, não merecem o sentido etimológico da palavra caligrafia (bela escrita). Caso você se identifique com esse tipo de situação, procure utilizar letras de forma – caprichando nelas, é claro – a fim de evitar o condicionamento, na sua escrita, da letra cursiva ilegível. Além disso, obedeça o recuo da primeira linha de cada parágrafo e nunca pule linhas entre eles.

Ainda partindo de um ponto de vista formal, o estudante pode estruturar seu primeiro parágrafo de acordo com o número máximo de linhas projetadas para cada um deles. Considere-se, então, um parágrafo inicial com sete linhas, no qual as três iniciais possuem a função de introduzir objetivamente o tema com uma contextualização concisa. Essa introdução pode já sugerir, ou até mesmo explicitar, a opinião do redator em relação ao tema proposto, construindo, através dos elementos de coesão adequados, um relação de sentido que facilitará a percepção de unidade do texto.

As quatro linhas seguintes do primeiro parágrafo seriam dedicadas à exposição – por tópicos – dos argumentos que o redator utilizará no desenvolvimento de seu texto. Nesse sentido, o redator pode optar por dois tópicos argumentativos, cada um deles exposto em duas linhas; dessa maneira teria-se uma organização formal que já estaria a serviço do encadeamento de ideias do redator.

É claro que os elementos de coesão devem ser bem utilizados a fim de manter uma relação de sentido eficiente entre essas três partes citadas. Em certo sentido, esse redator já teria, inclusive, a própria disposição do seu texto final, pois os dois tópicos argumentativos seriam retomados respectivamente nos dois parágrafos seguintes. Ou seja, o segundo parágrafo do texto retomaria, objetivamente, um dos tópicos argumentativos expostos no primeiro parágrafo.

Agora transformado também em TÓPICO FRASAL, esse argumento deverá ser explicado, justificado, ilustrado com dados da realidade que possam ser percebidos por todos e, se possível, referendado por outros autores A mesma coisa ocorreria com o terceiro parágrafo que retomaria o segundo tópico argumentativo exposto inicialmente e que deveria passar por todo o processo envolvendo o parágrafo anterior.

Por fim, o redator deverá elaborar uma conclusão relacionada ao tema e, de preferência, aos dois argumentos expostos. É necessário também, segundo a exigência do exame, que essa conclusão contenha uma proposta de intervenção plausível e objetiva, mesmo que simples. Esse é, no entanto, um assunto para uma outra conversa.

Nedilson Santos
[email protected]
*Autor é professor de Literatura e Produção Textual do Colégio Marista Glória, da Rede de Colégios do Grupo Marista.

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

A corrosão da política

A corrosão da política...

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado...

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades...

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos...

Celulares no cadeião de PG

Celulares no cadeião de PG...

Estado e União formalizam parceria para nova concessão de rodovias

Estado e União formalizam parceria para nova concessão de rodovias...

Pequenos produtores recebem tratores no Agroleite

Pequenos produtores recebem tratores no Agroleite...

Polícia combate grupo estrangeiro por agiotagem

Polícia combate grupo estrangeiro por agiotagem...

Receita Estadual combate inadimplência no IPVA

Receita Estadual combate inadimplência no IPVA...

Agroleite espera por Ratinho Junior, Bolsonaro e ministra

Agroleite espera por Ratinho Junior, Bolsonaro e ministra...

Vagas na Agência do Trabalhador para quarta-feira (14/08)

Vagas na Agência do Trabalhador para quarta-feira (14/08)...

Itaipu tem maior produtividade da história em julho

Itaipu tem maior produtividade da história em julho...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS