Bullying: da vítima ao espectador

Por Maísa Pannuti

O bullying é um tipo particular de violência, caracterizado por agressões sistemáticas, repetitivas e intencionais, contra um ou mais indivíduos que se encontram em desigualdade de poder, gerando sofrimento para as vítimas, agressores e comunidade. Ele pode ocorrer de várias formas, bem como de maneiras combinadas, dentre elas, o bullying verbal, físico, material, psicológico, sexual e, um tipo muito específico, que é o virtual ou cyberbullying.

Este último é praticado por meio de ferramentas digitais e provocam traumas e sofrimento inimagináveis, uma vez que a propagação das difamações pelo efeito multiplicador das postagens é praticamente instantânea, não havendo possibilidade de exclusão dos conteúdos. Além disso, extrapola os muros da escola e expõe a vítima ao escárnio público, gerando danos na autoestima e na identidade, de modo que, o que poderia ser de caráter privado, torna-se público.

A análise sobre o bullying não pode ficar restrita apenas ao agressor, devendo sempre ser considerada a tríade de participantes: o agressor, que é aquele que vitimiza; a vítima, que é quem sofre repetidamente as consequências dos comportamentos agressivos; e os espectadores, que são aqueles que assistem às práticas, seja presencialmente ou de forma virtual, muitas vezes se calando por medo de sofrer represálias e serem as novas vítimas.

Todas as formas de bullying precisam ser combatidas, assim como todos os envolvidos precisam de orientação e de ajuda. É importante considerar que não é apenas a vítima que deve receber apoio, os agressores também necessitam de orientação, assim como os espectadores, que desempenham um papel muito importante, sendo fundamental desenvolver a responsabilidade de que, ao presenciar uma cena de bullying, não se deve calar.

Os danos para quem sofre, para quem pratica e, mesmo para quem testemunha a violência, muitas vezes podem ser irreparáveis, devendo ser destacados: baixo rendimento acadêmico, problemas de autoestima, sensação de impotência, desenvolvimento de condutas delinquenciais, problemas psicossomáticos e transtornos emocionais graves (depressão; anorexia; bulimia; transtornos de ansiedade; ideação suicida; e suicídio).

Alguns sinais de alerta podem ser observados nos envolvidos no bullying: no caso das vítimas, muitas vezes, começam a apresentar baixo rendimento escolar, assim como fingem estar doentes para faltar à aula; outras, sentem-se mal justamente perto da hora de sair de casa. Na escola, podem ficar isoladas e apresentar postura retraída em sala de aula, mostrando-se tristes, deprimidas ou aflitas.

Já os agressores também podem apresentar alguns indicativos, tais como pouca habilidade social e falta de empatia ao realizarem brincadeiras de mau gosto, às quais podem evoluir para gozações, risos provocativos, hostis e desdenhosos, assim como tentativas de dominação dos outros por meio de ameaças diretas ou indiretas, insultos, apelidos pejorativos e agressões físicas.

É necessário que pais e educadores observem atentamente as crianças e os adolescentes, uma vez que, por meio de observação atenta, escuta ativa e um canal sempre aberto ao diálogo, será possível perceber eventuais dificuldades e mudanças de comportamento, assim como identificar interesses e padrões de socialização.

A prevenção e o combate ao bullying são de responsabilidade de todos, devendo começar pelo exemplo que os adultos devem ser para crianças e adolescentes. Eles aprenderão a respeitar as diferenças se conviverem em um ambiente pautado pelo respeito, solidariedade, generosidade e cooperação, no qual as diferenças são vistas como elementos que enriquecem a sociedade, livres de qualquer tipo de preconceito.

De nada adianta a simples punição aos agressores, ou apenas a proteção às vítimas, se a comunidade não se conscientizar de que o bullying é um fenômeno social e multifatorial e que, por isso, deve ser combatido desde sua raiz, o que implica o engajamento de todos na construção de uma sociedade mais plural e aberta à diversidade.

*Maísa Pannuti, psicóloga, mestre e doutora em Educação, é especialista em Psicologia no Centro de Inovação Pedagógica, Pesquisa e Desenvolvimento (CIPP) 

 

Banda de PG é destaque em Revista Internacional

Grupo musical Hoovaranas foi citado na Rolling Stone da França. Banda vem sendo destaque nacional, s ...

Publicidade Legal - 07/04/2022

Publicidade Legal - 07/04/2022 ...

Pais vão à Câmara e pedem melhorias na Saúde de PG

Mobilização também apresentou um abaixo-assinado sobre o retorno do 'PAI' no Hospital da Criança. ...

Vereadores de PG aprovam projeto que extingue a CPS

Parlamentares também aprovaram proposta que regulamenta a tecnologia 5G na cidade ponta-grossense. ...

Estado repassa R$ 352 mi a municípios da região em 2022

Estado repassa R$ 352 mi a municípios da região em 2022 ...

Abertas as inscrições para Festival Universitário da Canção

Inscrições para composições e musicais inéditas estão abertas para o evento que acontece em junho ...

Plauto Miró destina emenda para pavimentação de PG

Recursos serão utilizados para a realização de obras no Distrito Industrial da cidade; prefeita Eliz ...

Mais de 77,2 mil contribuintes enviaram o IR na região

Mais de 77,2 mil contribuintes enviaram o IR na região ...

Capa da edição desta quinta-feira (07/04/2022) do JM

Capa da edição desta quinta-feira (07/04/2022) do JM ...

A extinção da CPS e a racionalização de gastos

A extinção da CPS e a racionalização de gastos ...

Câmara de Piraí do Sul aprova R$ 4 milhões em investimentos

Recursos serão aplicados em uniformes escolares, manutenção de ruas e na aquisição de implementos ag ...

PG assegura mais R$ 17,8 milhões para pavimentação

Ao todo, 14 bairros de Ponta Grossa serão contemplados com os novos investimentos. ...

Sicredi chega a Roraima e atua em todos os estados brasileiros

Sicredi chega a Roraima e atua em todos os estados brasileiros ...

Feira do Peixe continua no formato digital em 2022

Feira do Peixe continua no formato digital em 2022 ...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

REDES SOCIAIS