Furtos e roubos caem em todas as regiões do Paraná em 2020

Redução foi de 10,1% na modalidade criminosa praticada sem violência e de 31,8% em roubos, segundo balanço da Secretaria de Estado da Segurança Pública

Os furtos e roubos caíram em todas as regiões no Paraná entre os anos de 2019 e 2020. A redução foi de 10,1% na modalidade criminosa praticada sem violência (de 155.070 para 139.284) e de 31,8% em roubos (de 48.734 para 33.238), segundo balanço divulgado nesta terça-feira (23) pela Secretaria de Estado da Segurança Pública.

Os dados foram consolidados pelo Centro de Análise, Planejamento e Estatística (CAPE) a partir dos registros dos boletins de ocorrências das polícias Militar e Civil. Eles abrangem análises dos 399 municípios do Paraná a partir das Áreas Integradas de Segurança Pública (AISP).

Este resultado é fruto da preparação das forças policiais mesmo em um ano de inúmeras dificuldades provocadas pela pandemia do novo coronavírus. “A redução destes crimes no Estado é reflexo de um trabalho de planejamento contínuo, com mais viaturas nas ruas e policiais mais bem preparados”, afirmou o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. “A nossa preocupação maior, além da redução dos números, é trazer mais segurança para os paranaenses”.

Para o comandante-geral da PM, coronel Hudson Leôncio Teixeira, o trabalho de planejamento e integração com as demais forças de segurança foram preponderantes para a diminuição dos índices criminais. “Este resultado é fiel ao planejamento que os batalhões têm feito. Nos pautamos nas estatísticas fornecidas pela secretaria e pela própria PMPR, ou seja, as viaturas e as forças são aplicadas nos horários e locais com maior incidência. Com essas operações e patrulhamentos, houve a redução significativa”, destacou.

O delegado-geral da Polícia Civil, Silvio Jacob Rockembach, acrescentou que o profissionalismo e a dedicação dos policiais resultam em investigações qualificadas. “Isso coíbe a prática de crimes. Somada a isso, a integração com outras forças de segurança contribui para a melhoria da segurança pública em todo o Estado. Outro fator importante para a redução é a atuação sistêmica de todas as unidades da Polícia Civil, a integração e a troca de informações permanente”, ressaltou.


Roubos

Foram 15.496 roubos a menos no Paraná em 2020. As áreas que registraram as maiores quedas foram a 8ª AISP de Laranjeiras do Sul (-43,2%), a 13ª AISP de Toledo (-37,4%), a 21ª AISP de Cornélio Procópio (-36,6%), a 7ª AISP de Guarapuava (-35,9%), a 1ª AISP de Curitiba (-34,8%), a 17ª AISP de Maringá (-33,9%), a 19ª AISP de Rolândia (-33,2%), a 4ª AISP de Ponta Grossa (-32,3%) e a 2ª AISP de São José dos Pinhais (-32,3%).

A área de Laranjeiras do Sul, que contempla Cantagalo, Goioxim, Laranjal, Laranjeiras do Sul, Marquinho, Nova Laranjeiras, Palmital, Porto Barreiro, Rio Bonito do Iguaçu e Virmond, viu o índice cair de 111 casos (2019) para 63 (2020).

A queda mais tímida nesta modalidade foi na 22ª AISP de Telêmaco Borba (-12,8%), de 811 para 707 casos. Essa área contempla dez cidades: Cândido de Abreu, Curiúva, Figueira, Imbaú, Ortigueira, Reserva, Sapopema, Tibagi, Ventania e Telêmaco Borba.

O levantamento apontou que os meses de janeiro e fevereiro foram os que tiveram o maior número de ocorrências de roubos em 2020, com 3.803 e 3.909, respectivamente. Ainda assim, o número foi inferior aos mesmos meses de 2019, com 4.022 em janeiro e 4.091 em fevereiro. Agosto (2.262) e dezembro (2.203) apresentaram os melhores resultados.


Furtos

O balanço mostra que a 14ª AISP (Campo Mourão), que contempla 27 cidades, foi a que teve a maior queda nesta modalidade criminal (-25,8%). Houve diminuição em 21 regiões e um pequeno aumento na 2ª AISP (São José dos Pinhais), na casa de 3%. Em todo o Estado foram 15.786 ocorrências a menos do que em 2019.

Sete áreas ficaram abaixo da variação média do Paraná: a 16ª AISP de Paranavaí (-8,8%), a 4ª AISP de Ponta Grossa (-8,5%), a 17ª AISP de Maringá (-8,3%), a 20ª AISP de Londrina (-5,2%), a 1ª AISP de Curitiba (-5,2%) e a 21ª AISP de Cornélio Procópio (-2,07%).

Também neste caso janeiro e fevereiro registraram a maior quantidade de ocorrências de furtos, com 14.347 e 13.746, respetivamente. A partir do mês de março de 2020, os números passaram a cair. Junho (10.359) e agosto (9.933) foram os meses que tiveram o menor número de ocorrências.


Capital

Curitiba, cidade mais populosa da 1ª AISP, também apresentou redução nas ocorrências de furtos e roubos em 2020 no comparativo com o ano anterior. A queda foi de 34,8% nas ocorrências de roubo e de 5,2% no crime de furto.


Categorias

A redução mais expressiva categorizada foi relacionada a furtos e roubos em ambientes públicos. Em 2019 foram 33,9 mil ocorrências de furto, 35,3% a mais que as 21,9 mil registradas no ano passado. Em relação a roubos a diminuição foi de 35,2%, de 34,2 mil (2019) para 22,1 mil (2020).

Nessa categoria, a 12ª AISP, que compreende Foz do Iguaçu e os municípios da região Oeste, foi a que apresentou maior redução nos roubos. Foram 857 ocorrências em 2020, contra 1,4 mil em 2019, diferença de 39%.

Também foram registradas 14,3 mil situações de furtos a residências a menos no Estado em 2020. No ano passado houve 30,4 mil ocorrências, contra 44,7 mil em 2019, redução de 31,9 %. Já as ocorrências de roubo a residências tiveram queda de 16,3%, de 3,7 mil (2019) para 3,1 mil (2020).

Houve redução, ainda, em furtos e roubos no comércio. A redução nas ocorrências de furtos foi de 26,6% (de 20,9 mil em 2019 para 15,4 mil no ano passado). Em relação a roubos, a diferença foi de 24,4% (de 6.661 ocorrências para 5.230).

O Paraná teve queda expressiva também no número de furtos e roubos de veículos. A redução na primeira modalidade foi de 24,7% e na segunda de 22,9%. A AISP de Foz do Iguaçu foi que apresentou maior redução de furtos: 496 veículos em 2020 e 832 em 2019, redução de 40,3%. Com relação a roubo de veículos, a maior queda foi na 13ª AISPs de Toledo (-47,8%), de 228 para 119.

Feto é achado em estação da Sanepar em PG

Feto é achado em estação da Sanepar em PG...

Programa prevê prazo para regularização de dívidas

Programa prevê prazo para regularização de dívidas...

Confira seu horóscopo desta quarta-feira (22/09)

Confira seu horóscopo desta quarta-feira (22/09)...

Moradores de rua se envolvem em briga no centro de PG

Moradores de rua se envolvem em briga no centro de PG...

PR anuncia vacinação de 12 a 17 anos com comorbidades

PR anuncia vacinação de 12 a 17 anos com comorbidades...

Acidente entre van e dois caminhões fere 12 na BR-373

Acidente entre van e dois caminhões fere 12 na BR-373...

Paraná lança rede inédita de museus universitários

Paraná lança rede inédita de museus universitários...

Confira as vagas de emprego desta quarta-feira (22/09)

Confira as vagas de emprego desta quarta-feira (22/09)...

PG abre novo agendamento de 2ª dose da Astrazeneca

PG abre novo agendamento de 2ª dose da Astrazeneca...

Santa Casa recebe aparelho de ultrassonografia

Santa Casa recebe aparelho de ultrassonografia...

Estado amplia capacidade de público em eventos

Estado amplia capacidade de público em eventos...

Capa da edição desta quarta-feira (22/09/2021) do JM

Capa da edição desta quarta-feira (22/09/2021) do JM...

O Paraná e a revolução do 5G

O Paraná e a revolução do 5G...

Assembleia aprova projeto de transferência de renda

Assembleia aprova projeto de transferência de renda...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS