Justiça suspende decisão e passagem volta a R$ 4,30 na sexta-feira

Tribunal de Justiça do Paraná acata pedido de suspensão feito pela Viação Campos Gerais. Preço será retomado nesta sexta-feira (22).

O desembargador Luiz Taro Oyama, da 4ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR), acatou um pedido da Viação Campos Gerais (VCG) e suspendeu a decisão judicial que invalidou o aumento da passagem do transporte público municipal de Ponta Grossa. A medida faz com que o valor do bilhete de ônibus retorne aos R$ 4,30 a partir desta sexta-feira (22), descartando o preço de R4 3,80 que estava em circulação desde o dia 12 de novembro.

A decisão é mais um capítulo da novela que envolve o valor da passagem em Ponta Grossa. Após decreto em Diário Oficial no mês de setembro, o preço do bilhete de ônibus passou a custar R$ 4,30 – aumento de R$ 0,50 em relação ao valor anterior. Com uma ação popular, o deputado federal Aliel Machado (PSB) solicitou a suspensão do reajuste à Justiça, alegando que o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PR) determinou a realização de mudanças no sistema de transporte público municipal – que não foram cumpridas na íntegra.

No dia 11 de novembro, a juíza Luciana Virmond Cesar, da 2ª vara da Fazenda Pública da Comarca de Ponta Grossa, acatou o pedido do deputado e suspendeu o reajuste, fazendo com que o valor baixasse para os R$ 3,80 a partir do dia 12. A VCG entrou com um agravo de instrumento no Tribunal de Justiça para reverter a decisão, conquistando uma vitória judicial nesta quinta-feira (21).

A medida do TJ-PR tem caráter imediato, de acordo com a assessoria de imprensa da VCG, e por este motivo não necessita de um novo decreto para que o valor entre em funcionamento. No entanto, como é inviável recolher todos os veículos do transporte público municipal para reajustar a tarifa, o novo preço da passagem será ajustado somente na sexta-feira (22), passando a valer desde a primeira hora de circulação dos ônibus.

Na decisão desta quinta, o desembargador afirmou que existe relevância na fundamentação da VCG que não se pode condicionar o reajuste nas tarifas de transporte, garantido por contrato, aos pedidos do TCE-PR de alterações no sistema – já que a decisão prejudicaria a concessionária do transporte público por conta de uma ação que não vem sendo aplicada na íntegra pela Prefeitura de Ponta Grossa. O deputado Aliel Machado tem 15 dias, a partir da data de notificação, para emitir uma resposta oficial sobre a decisão.


Deputado irá recorrer da decisão

Em nota, o deputado afirmou que respeita a decisão do TJ-PR e lembrou que o mérito da ação ainda não foi julgado. A publicação encaminhada à imprensa garante que Aliel Machado irá “recorrer da decisão e continuar lutando na Justiça por mais transparência e para que o cumprimento à Lei 7.018 seja observado, o que hoje não ocorre”. O deputado ainda lembrou vitórias judiciais em relação ao transporte público, como a redução da tarifa em 2017, o congelamento do atual reajuste de fevereiro a setembro deste ano, e agora com mais uma suspensão do novo reajuste por dez dias. O comunicado ainda reforça que Aliel Machado “não é contra o reajuste, que é necessário em qualquer setor”. “Mas defendemos que ele deve ser concedido com transparência, sem prejudicar a população e os empresários”, diz.

As queixas contra o INSS

As queixas contra o INSS...

Fluxo de passageiros nos voos comerciais em PG cresce 150%

Fluxo de passageiros nos voos comerciais em PG cresce 150%...

Alunos das escolas de Tibagi recebem kits escolares

Alunos das escolas de Tibagi recebem kits escolares...

Colégio Lobo Ponta Grossa abre novo pré-vestibular anual

Colégio Lobo Ponta Grossa abre novo pré-vestibular anual...

Adolescente é apreendido com LSD em Ponta Grossa

Adolescente é apreendido com LSD em Ponta Grossa...

Zoonoses retira gatos de casa no Jardim Canaã

Zoonoses retira gatos de casa no Jardim Canaã...

Rapaz pega 21 anos de cadeia por feminicídio em PG

Rapaz pega 21 anos de cadeia por feminicídio em PG...

Em PG, vítima de radialista relata “momentos de terror”

Em PG, vítima de radialista relata “momentos de terror”...

Colisão fecha a BR-376 e deixa três pessoas feridas

Colisão fecha a BR-376 e deixa três pessoas feridas...

Engavetamento envolve cinco veículos em Oficinas

Engavetamento envolve cinco veículos em Oficinas...

Educação recebe doações de notebooks da DAF Trucks

Educação recebe doações de notebooks da DAF Trucks...

OAB-PR ingressa com ação contra o INSS por falhas em atendimentos

OAB-PR ingressa com ação contra o INSS por falhas em atendimentos...

Capa da edição desta sexta-feira (07/02/2020) do JM

Capa da edição desta sexta-feira (07/02/2020) do JM...

Sebrae apresenta plano de inovação à construção civil

Sebrae apresenta plano de inovação à construção civil...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS