UEPG inaugura Espaço do Estudante Indígena

Os 25 acadêmicos indígenas poderão estudar, fazer reunião e ter uma troca de experiências culturais

Os estudantes indígenas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) têm a partir de hoje (14) um lugar de estudos e convivência no campus Uvaranas. No Espaço do Estudante Indígena, inaugurado ontem (13) pela Pró-reitoria de Assuntos Estudantis e Diretoria de Ações Afirmativas, 25 acadêmicos poderão estudar, acessar internet, fazer reuniões e trocar experiências culturais. 

O estudante de agronomia, Joel Anastácio, afirma que a demanda por um espaço é antiga. “A gente sempre sentia a necessidade dos indígenas terem um lugar na universidade, então esta conquista é resultado de muita luta”, diz. Ele comenta que agora os estudantes terão um lugar apropriado para desenvolver trabalhos técnico-científicos, mas também atividades da própria cultura indígena. “Como temos várias etnias, o espaço contribui para troca de conhecimento, o que fortalece nossa união e a nossa luta pela causa indígena”, complementa.

O espaço, que já abrigou uma cantina, foi revitalizado, recebeu pintura, móveis e computadores. O reitor disse que a casa, organizada e pronta para funcionamento, é uma realização extremamente importante para a gestão porque dá voz às minorias. “Hoje, os estudantes têm voz e um endereço dentro da Universidade”. O reitor enfatizou que o período de permanência do estudante deve ser o mais digno possível dentro da instituição. “Este espaço é uma forma de respeitar a diversidade. A cultura indígena tem outra lógica de funcionamento e este ato é simbólico porque demonstra um desejo de respeitá-la”.

A Pró-reitora de Assuntos Estudantis, Ione Jovino, destacou que a UEPG desenvolve estratégias de visibilidade da cultura e da língua indígenas. “No início do ano, incluímos textos em kaygangue e guarani do Manual do Calouro e também na divulgação do Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná”, diz Jovino. Além disso, a UEPG produz um material institucional com locução e legendas nas línguas indígenas, gravados pelos próprios alunos da instituição.

O reitor destacou também a criação da nova escola de línguas da UEPG, que será inaugurada em breve ao lado da agência da Caixa Econômica no centro de Ponta Grossa. “Teremos inglês, francês, italiano, mas também kaygangue e guarani. Temos que oportunizar que pessoas da região e estrangeiros possam conhecer a nossa cultura”, enfatiza.


Permanência

Para Letícia Fraga, que representa a UEPG na Comissão Universidade para o Índio (CUIA), a permanência precisa ser pensada junto com o ingresso do aluno. “O número de formados é pequeno em relação aos ingressantes. Esta casa contribui para este índice aumente e para que os alunos concluam seus estudos, tenham uma realização profissional e contribuam para as suas comunidades”. Fraga enfatiza que o estudante indígena tem muito potencial e a instituição precisa abrir oportunidades. “Universidade tem muito a ganhar com isso e deve estar aberta a aprender o que estes alunos têm a nos ensinar”.  

A integrante da CUIA Estadual Ivana Freitas Barbosa afirma que a iniciativa cria um espaço de resistência e inclusão para as minorias e, sobretudo, para os estudantes indígenas. “O vestibular indígena do estado do Paraná é modelo para o Brasil e para o exterior, porém, além do ingresso, é preciso ter uma política de permanência, por isso é com muita satisfação que vejo a UEPG criando este espaço de socialização”, complementa Ivana.

A Pró-reitora de Assuntos Estudantis, Ione Jovino, destacou que a UEPG desenvolve estratégias de visibilidade da cultura e da língua indígenas. “No início do ano, incluímos textos em kaygangue e guarani do Manual do Calouro e também na divulgação do Vestibular dos Povos Indígenas do Paraná”, diz Jovino. Além disso, a UEPG produz um material institucional com locução e legendas nas línguas indígenas, gravados pelos próprios alunos da instituição.


Acompanhamento

Durante a abertura do evento, Silmara Carneiro e Silva, Diretora de Ações Afirmativas da Prae, apresentou um resumo das ações desenvolvidas pela diretoria, entre elas a matrícula especial dos estudantes indígenas realizada no início do ano letivo e Ciclo de Apoio Acadêmico Ao Estudante Indígena. “Tivemos em 2019 a primeira acolhida ao estudante indígena na qual adotamos as rodas de conversa como metodologia por ser uma abordagem horizontal mais aberta”, diz.

Docentes suspendem greve e aulas na UEPG voltam no dia 19

Docentes suspendem greve e aulas na UEPG voltam no dia 19...

Coluna RC desta quinta-feira (15/08)

Coluna RC desta quinta-feira (15/08)...

Construtora investe R$ 10 mi em projetos de infraestrutura

Construtora investe R$ 10 mi em projetos de infraestrutura...

Polícia do PR prende donos de rede de pet shops

Polícia do PR prende donos de rede de pet shops...

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

A corrosão da política

A corrosão da política...

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado...

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades...

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos...

Celulares no cadeião de PG

Celulares no cadeião de PG...

Estado e União formalizam parceria para nova concessão de rodovias

Estado e União formalizam parceria para nova concessão de rodovias...

Pequenos produtores recebem tratores no Agroleite

Pequenos produtores recebem tratores no Agroleite...

Polícia combate grupo estrangeiro por agiotagem

Polícia combate grupo estrangeiro por agiotagem...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS