Sogra manda matar nora por não aceitar caso com filho dela

Segundo a polícia, o assassino, Andres Munõz, que já se encontra preso, confessou ter recebido R$ 300 de Tereza para cometer o crime

Segundo a polícia, o assassino, Andres Munõz, que já se encontra preso, confessou ter recebido R$ 300 de Tereza para cometer o crime
Segundo a polícia, o assassino, Andres Munõz, que já se encontra preso, confessou ter recebido R$ 300 de Tereza para cometer o crime -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Segundo a polícia, o assassino, Andres Munõz, que já se encontra preso, confessou ter recebido R$ 300 de Tereza para cometer o crime

A venezuelana Tereza de Jesus Hernandez Beomon, de 37 anos, encomendou a morte da vizinha Yeimy Yenileth Vargas Rodríguez, que tinha 27 anos e também era venezuelana, por não aceitar o relacionamento da vítima com seu filho adolescente de 16 anos. A informação foi divulgada pela delegada-adjunta Déborah Barreiros, da Delegacia Especializada em homicídios e Sequestros (DEHS), em coletiva na sede da especializada.

Segundo a delegada, o autor do homicídio, Andres Munõz, que já se encontra preso, confessou ter recebido R$ 300 de Tereza para cometer o crime. Com esse dinheiro, Andres viajou para Boa Vista (RO), onde acabou sendo encontrado e preso.