Jovem é morto dias antes de salvar o pai que tem leucemia

O adolescente teria sido confundido com o irmão que vinha sofrendo ameaças e tem passagens pela polícia.

O adolescente teria sido confundido com o irmão que vinha sofrendo ameaças e tem passagens pela polícia.
O adolescente teria sido confundido com o irmão que vinha sofrendo ameaças e tem passagens pela polícia. -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O adolescente teria sido confundido com o irmão que vinha sofrendo ameaças e tem passagens pela polícia

Um jovem de 16 anos, que iria doar a medula óssea ao pai que está internado com leucemia, foi morto a tiros, no bairro Tranqueira, em Almirante Tamandaré, na região metropolitana de Curitiba (RMC). O crime aconteceu na noite desta quarta-feira (24).

A reportagem da Banda B esteve no local e conversou com a mãe do jovem identificado como Matheus Farias. Segundo ela, Matheus teria sido confundido com outro filho dela que já vinha sofrendo ameaças nos últimos dias.

“Mataram meu filho inocente, não tenho nem palavras. Eles queriam um outro filho meu. Ele correu, fazia uns três quatro dias que eles vinham na porta. O Matheus não tinha nada com isso. Morreu inocente”, lamentou a mãe.

De acordo com o relato da mulher e as primeiras informações, o alvo dos atiradores, que chegaram na Rua Manoel Vaz de Lara em um Chevette Preto, era o irmão de 23 anos de Matheus, que tem várias passagens pela polícia.

A mãe lembra que Matheus queria estudar e ajudar a salvar a vida do pai com leucemia.

“Ele iria doar a medula óssea para pai, mas esse cara interrompeu a vida do meu filho. Ele era meu companheiro”, contou a mãe emocionada.

Os suspeitos fugiram do local. A Polícia Civil investiga o caso.

As informações são da Banda B, parceira doPortal aRede.