Castro completa 319 anos; shows gratuitos marcam celebração | aRede
PUBLICIDADE

Castro completa 319 anos; shows gratuitos marcam celebração

Parque de Exposições Dario Macedo recebe rodeios e mais dois shows neste domingo (19)

Município é referência no Estado e mantém ciclo de desenvolvimento
Município é referência no Estado e mantém ciclo de desenvolvimento -

Allyson Santos

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

O município de Castro completa 319 anos de história neste domingo (19). Para celebrar o aniversário de uma das cidades mais velhas do Paraná, a programação da 4ª Festa do Peão de Boiadeiro segue à todo vapor. Das 17h às 22, o Parque de Exposições Dario Macedo recebe as finais dos rodeios. Em seguida, a partir das 22h30, ocorrem os shows com os artistas João Carreiro e Luan Pereira. A entrada é franca para todos os públicos.

A entrada é franca para todos os públicos
A entrada é franca para todos os públicos |  Foto: Divulgação
  

Destaque estadual

Considerada a “Cidade Mãe do Paraná”, Castro foi o primeiro município instituído na Província do Estado, em 1857. Alguns anos depois, em 1894, tornou-se a Capital paranaense por três meses, durante a Revolução Federalista. Desde então, coleciona títulos, como o de maior produtor de calcário agrícola da América Latina e de Capital Nacional do Leite.

Essas conquistas só foram possíveis graças ao povo castrense, que tem raízes na imigração europeia. Na década de 1930, chegaram ao município os alemães. Duas décadas depois, vieram os holandeses. Com o passar dos anos, somaram-se a esses dois povos pioneiros os imigrantes poloneses, russos, ucranianos, italianos, árabes e japoneses.

Junto com os índios e os africanos que já habitavam o território, todos ajudaram a construir Castro dos tempos atuais, considerada uma das maiores produtoras agropecuárias do Paraná e uma das principais bacias leiteiras do país em produtividade e qualidade genética. Além disso, a cidade destaca-se na fabricação de móveis e alimentos.

Ao lado de toda essa riqueza material, sobressai-se o patrimônio sociocultural, resultante da convivência harmônica entre as diversas etnias que transformaram Castro em um pólo étnico na Região dos Campos Gerais.

PUBLICIDADE

Conteúdo de marca

Quero divulgar right

PUBLICIDADE