AMCG apoia ações para fomentar o empreendedorismo regional

Programa Paraná Produtivo oferece capacitação na área de empreendedorismo

Esta será a primeira de uma série de capacitações voltada às mulheres empreendedoras
Esta será a primeira de uma série de capacitações voltada às mulheres empreendedoras -

Allyson Santos

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Educação financeira para mulheres empreendedoras. Esse é o tema do curso de capacitação gratuito voltado ao público do Programa Paraná Produtivo, que conta com apoio do Governo do Estado e da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG). Em parceria com a Aliança Empreendedora, o público feminino da região dos Campos Gerais poderá participar deste workshop online. Será na próxima quarta-feira, dia 10 de agosto, às 19 horas. As inscrições já podem ser feitas online.

Esta será a primeira de uma série de capacitações voltada às mulheres empreendedoras. “Iniciamos recentemente o trabalho do Programa Paraná Produtivo em nossa região. Estamos buscando pelo desenvolvimento sustentável em todas as áreas”, destaca a coordenadora executiva do Programa, e diretora da AMCG, Katiane Pires, ressaltando a importância das capacitações.

Outras propostas

O público feminino da região já contou com proposta voltada ao empreendedorismo e empoderamento, promovida pela AMCG. O “Eu Quero Mais”, projeto de valorização da mulher e igualdade entre os sexos, passou por 15 municípios dos Campos Gerais. “Levávamos oficinas presenciais a mulheres em situação de vulnerabilidade”, recorda Katiane, contabilizando centenas de pessoas envolvidas. “Com a modalidade virtual, podemos atingir muito mais. E levar informação de qualidade a este público”, avalia, incentivando a participação das mulheres empreendedoras.

Paraná Produtivo

O Governo do Estado entregou, no último mês de junho, os planos de desenvolvimento regional integrado aos 19 municípios dos Campos Gerais que fazem parte da Região 8 do Programa Paraná Produtivo, cujas cidades polos são Telêmaco Borba, Castro e Ponta Grossa. Os documentos contêm estratégias e ações para estruturar e potencializar a economia da região, com foco no desenvolvimento produtivo integrado entre os municípios.

A entrega foi feita pela secretária estadual do Planejamento e Projetos Estruturantes, Louise Garnica, em evento que aconteceu em Ponta Grossa, acompanhado do superintendente do Paraná Projetos, Deyvitt Augusto Leal. Louise destacou que o objetivo do programa Paraná Produtivo é identificar os potenciais das regiões paranaenses e planejar o desenvolvimento dos municípios. “A ideia é fortalecer o que a região tem de melhor e estimular a geração de empregos e renda e a diminuição das desigualdades regionais”, disse.

Os municípios da Região dos Campos Gerais que receberam os planos são: Arapoti, Cândido de Abreu, Carambeí, Castro, Imbaú, Ipiranga, Ivaí, Jaguariaíva, Ortigueira, Palmeira, Piraí do Sul, Ponta Grossa, Porto Amazonas, Reserva, São João do Triunfo, Sengés, Telêmaco Borba, Tibagi e Ventania.

Municípios buscam protagonismo

Para o prefeito de Piraí do Sul e presidente da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG), Henrique Carneiro, o Paraná Produtivo vem ao encontro do que propõe os municípios: o desenvolvimento e o protagonismo regional. “Pela ampla participação dos gestores nas oficinas do programa, percebemos o anseio por esse desenvolvimento regional. Nossa região é riquíssima, com o protagonismo em diversas produções agropecuárias, como soja, trigo, leite, mel, tomate e tabaco. Estamos na liderança, não só no Estado, mas no País. Com o programa, esperamos ampliar e melhorar nossas cadeias produtivas. Os eixos do programa Paraná Produtivo com certeza vão colaborar para este fim”, comentou.

Com informações da Assessoria de Imprensa

Conteúdo de marca

Quero divulgar right