Coopegera pretende fomentar a ovinocultura regional

Equipe pretende ampliar atuação e organizar a cadeia produtiva dos Campos Gerais

Equipe pretende ampliar atuação e organizar a cadeia produtiva dos Campos Gerais
Equipe pretende ampliar atuação e organizar a cadeia produtiva dos Campos Gerais -

Da Redação

@Siga-me
Google Notícias facebook twitter twitter telegram whatsapp email

Equipe pretende ampliar atuação e organizar a cadeia produtiva dos Campos Gerais

O plano de fomento da produção de ovinos na região foi apresentado aos gestores da Associação dos Municípios dos Campos Gerais (AMCG) na manhã desta quarta-feira (29). Com mais de 150 associados, a Cooperativa dos Produtores de Ovinos e Caprinos dos Campos Gerais (Coopegera) pretende ampliar atuação e ser referência na produção, além de organizar a cadeia produtiva regional. “Nossa entidade foi fundada em 2016. Já avançamos, mas ainda temos muito a crescer”, aponta o presidente, Thiago Osatczuk.

Na região, o município de Ipiranga deu início ao plano de fomento. Foi o primeiro a firmar convênio com a Cooperativa. Com a proposta, os produtores garantem a qualificação e o monitoramento da produção. “Ipiranga já está bem avançada na produção de ovinos”, destaca o prefeito Douglas Modesto. “Estamos com projeto piloto no município, mas em tratativas com outros da região para que possamos ampliar”, antecipa o presidente da Cooperativa.

Para a ampliação, a Coopegera busca o apoio da AMCG. “Nós pretendemos fomentar, já que o projeto busca desenvolvimento sustentável dos nossos municípios”, antecipa o presidente e prefeito de Piraí do Sul, Henrique Carneiro, destacando que a qualidade da produção, a geração de novos empregos e a possibilidade de investimentos.

Diretor técnico da Coopegera, Izaltino Cordeiro dos Santos destaca a potencialidade do consumo da carne de ovinos e caprinos no mundo, e as possibilidades para os Campos Gerais. “A carne é de ótima qualidade e com baixo teor de gordura”, explica. “A procura vem aumentando exponencialmente em todo o mundo”, completa.

Durante a apresentação do projeto na reunião da Associação, também estiveram presentes o presidente da Associação Paranaense de Criadores de Ovinos, a Ovinopar, Pedro Rocha, o secretário de Agricultura de Ipiranga, Faustino Pereira, e o empresário Augusto Lopata. “O Lopata é um dos nossos investidores. Ele está construindo no município de Reserva um frigorífico para o abate destes animais”, conta Osatczuk. O Frigoville já conta com inspeção federal e pode iniciar funcionamento já exportando seus produtos.

Com informações da Assessoria de Imprensa

Conteúdo de marca

Quero divulgar right