A crise e o transporte

O Município não vai abrir os cofres para socorrer a Viação Campos Gerais, concessionária do transporte público em Ponta Grossa. E assim como a empresa que recorreu à Justiça para garantir um subsídio superior a R$ 2 milhões, a Prefeitura também ingressou com uma ação para que a empresa continua fornecendo o serviço, sob pena de, não realizá-lo, incorrer na quebra de contrato.

A pandemia não atingiu apenas um segmento específico do setor produtivo. Todas as empresas passam por dificuldades financeiras e muitas delas estão se reinventando para vencer a crise. O que não pode é dinheiro público, segundo o prefeito Marcelo Rangel, necessário para a saúde pública, ser direcionado para ajudar na operacionalização do transporte público. Para isso, já existe o dinheiro do próprio usuário.

A concessionária cita que segundo a lógica tarifária estabelecida pela Lei Municipal nº 7.018/2002, o valor da tarifa (R$ 4,43) multiplicado pelo número de passageiros estimado (1.939.877/mês) deveria ser suficiente para o custeio do transporte coletivo. É evidente que alguma variação sempre há no número de passageiros, pois a estimativa raramente se concretiza, mas a perda de usuários não costuma alcançar uma grandeza tal que inviabilize a prestação do serviço.

Ainda segundo argumentação da concessionária, a pandemia de covid-19 teve um impacto catastrófico no número de passageiros, reduzindo-o em cerca de 70%, como logo adiante será demonstrado, queda sem precedente que torna inviável a continuidade da prestação do serviço, obrigando a concessionária a socorrer-se do Poder Judiciário, dada a omissão do Poder Executivo.

Rangel não quer saber de dinheiro público para socorrer a VCG e lembrou que em dezembro do ano passado, foi apresentado o projeto para a universalização do transporte coletivo de Ponta Grossa. A medida é inédita no país em cidades com mais de 300 mil habitantes e deverá ser implementada no Município. Este assunto deverá ganhar fôlego novamente.

Egresso da UEPG desenvolve 'torre' que inativa coronavírus

Egresso da UEPG desenvolve 'torre' que inativa coronavírus...

Mais de 3 mil estabelecimentos foram fiscalizados no Paraná

Mais de 3 mil estabelecimentos foram fiscalizados no Paraná...

Sanepar realiza obras de interligação no domingo

Sanepar realiza obras de interligação no domingo...

O comércio não pode ser penalizado

O comércio não pode ser penalizado...

É preciso cortar o mal do coronavírus pela raiz

É preciso cortar o mal do coronavírus pela raiz...

Em PG, UTI estão com 100% de ocupação

Em PG, UTI estão com 100% de ocupação...

Capa do JM desta sexta-feira (05/03/21) do JM

Capa do JM desta sexta-feira (05/03/21) do JM...

Fiocruz confirma circulação de novas variantes no Paraná

Fiocruz confirma circulação de novas variantes no Paraná...

Estado repassa R$ 823 milhões aos municípios em fevereiro

Estado repassa R$ 823 milhões aos municípios em fevereiro...

Confira as vagas de emprego desta sexta-feira (05/03)

Confira as vagas de emprego desta sexta-feira (05/03)...

Paraná apresenta 5.386 novos casos de Covid e 110 óbitos

Paraná apresenta 5.386 novos casos de Covid e 110 óbitos...

Construtora Prestes está entre as 40 maiores do país

Construtora Prestes está entre as 40 maiores do país...

Procon orienta sobre bloqueio de ligações de telemarketing

Procon orienta sobre bloqueio de ligações de telemarketing...

Empresários do comércio querem venda por delivery

Empresários do comércio querem venda por delivery...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS