Unisol – Uma universidade solidária para Ponta Grossa

Por Edson Armando Silva

Um canal permanente de comunicação e interação com a comunidade científica de Ponta Grossa para conhecer profundamente as dificuldades do município e os gargalos no processo de desenvolvimento e, assim, fazer a Prefeitura trabalhar em conjunto com universidades e faculdades da cidade para apresentar e implementar soluções criativas.

Em síntese, essa é a ideia principal da Unisol, proposta central do plano de governo do Partido dos Trabalhadores que será apresentado nestas eleições municipais de 2020.

É importante dizer que, a partir desse conceito, todas as comunidades de Ponta Grossa podem ser atendidas, pois a Unisol não se restringe a espaços acadêmicos teóricos. A intenção é utilizar a competente produção científica local, reconhecida internacionalmente, para atender todos os bairros e vilas.

A Unisol vai criar oportunidades de geração de trabalho e renda na agroecologia, na agroindústria familiar, no aproveitamento de resíduos sólidos, na formação de identidades locais e na criação de laços de solidariedade que permitirão o aproveitamento dos recursos existentes. 

Para isso acontecer, as comunidades poderiam se organizar em torno de projetos de transferência de tecnologia abrindo campos de estágio e extensão do conhecimento produzido nas universidades e faculdades que existem na cidade, o que também beneficiaria o ensino superior local. A Unisol também contemplaria os servidores municipais e lideranças comunitárias com qualificação permanente.

Uma das questões cruciais é a origem dos recursos financeiros para fazer a Unisol acontecer. Todos sabem que a situação fiscal da Prefeitura de Ponta Grossa é extremamente delicada. Dívidas, limite prudencial do funcionalismo, problemas de arrecadação e outros dilemas impedem voos mais altos no que diz respeito a investimentos.

No entanto, a Unisol poderá apontar caminhos inclusive para esses desafios. A Prefeitura, a princípio, não necessitaria dispor parte de seu orçamento para o funcionamento da Unisol, mas apenas abrir esse espaço de diálogo com as instituições de ensino superior induzindo-as e incentivando-as a produzir conhecimento voltado para os problemas da cidade.

Além disso, um fundo municipal de pesquisa, com recursos angariados através de projetos junto aos governos estadual e federal, além de arrecadação junto ao setor privado, fomentaria iniciativas de pesquisa e extensão voltadas para o desenvolvimento local.

Ganham com isso as universidades e faculdades, a indústria, o comércio e o setor de serviços se beneficiam e as pessoas que precisam de trabalho e renda encontram um caminho para viver com mais dignidade. Com poucos recursos como bolsas, espaços de estágio e alguns equipamentos, uma explosão criativa de iniciativas a gerar cooperativas de trabalho, empresas juniores, microempresas, pode acontecer. 

Além disso, o conhecimento produzido e sistematizado pode levar a implementação de políticas públicas com maior eficiência e orientar o desenvolvimento da cidade.

A ideia da Unisol parte do entendimento de que as instituições de ensino superior não servem apenas para dar formação aos nossos jovens. Elas servem para difundir tecnologia, transformar conhecimento em riquezas, propagar saberes que promovem a solidariedade e o bem-estar e preparam o futuro para novas gerações. O sonho de promover o desenvolvimento da cidade incluindo todos os cidadãos é possível, mesmo numa época de crise que se apresenta no futuro próximo. Basta tomarmos em nossas mãos os desafios que a história nos apresenta agora.

Edson Armando Silva, professor universitário e pré-candidato a prefeito de Ponta Grossa pelo PT


Charge da edição desta quinta-feira (27/08/2020) do JM

Charge da edição desta quinta-feira (27/08/2020) do JM...

A importância do debate

A importância do debate...

Agência do Trabalhador de PG tem novo chefe

Agência do Trabalhador de PG tem novo chefe...

Capa da edição desta quinta-feira (27/08/2020) do JM

Capa da edição desta quinta-feira (27/08/2020) do JM...

A verdade 50 anos atrasada

A verdade 50 anos atrasada...

Copel vai exportar energia para Argentina e Uruguai

Copel vai exportar energia para Argentina e Uruguai...

Tatra Trucks vai fabricar caminhões de guerra em PG

Tatra Trucks vai fabricar caminhões de guerra em PG...

Artistas de PG já podem solicitar auxílio da Lei Aldir Blanc

Artistas de PG já podem solicitar auxílio da Lei Aldir Blanc...

Multa para venda de spray a menores é de R$ 6,5 mil

Multa para venda de spray a menores é de R$ 6,5 mil...

ACIPG e Fomento Paraná disponibilizaram R$ 750 mil em crédito

ACIPG e Fomento Paraná disponibilizaram R$ 750 mil em crédito...

Dez empresas estão na fase final do 'Capital Empreendedor'

Dez empresas estão na fase final do 'Capital Empreendedor'...

Paraná ultrapassa três mil mortes por coronavírus

Paraná ultrapassa três mil mortes por coronavírus...

Fomento Paraná retoma oferta de microcrédito

Fomento Paraná retoma oferta de microcrédito...

Governo do Paraná entrega 110 novas viaturas à Segurança

Governo do Paraná entrega 110 novas viaturas à Segurança...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS