Governo investe R$ 1 milhão na proteção da fauna silvestre

Entre as Iniciativas Pró-Fauna estão a manutenção de centros para apoio e a gestão compartilhada da fauna silvestre com os municípios.

O Governo do Estado está investindo R$ 1 milhão em um conjunto de ações para a preservação da fauna silvestre. Os recursos serão aplicados em iniciativas pró-fauna, voltadas para a gestão e conservação de espécies presentes no bioma paranaense e na educação ambiental.

Entre as Iniciativas Pró-Fauna está a implantação e a manutenção de Centros de Apoio a Fauna Silvestre (Cafs) e de Centros de Triagem de Animais Silvestres (Cetas), estrategicamente distribuídos no Estado. Os equipamentos são resultados de parcerias com apoiadores da causa, implantados para o recebimento, triagem, tratamento, reabilitação e destinação de fauna silvestre nativa e exótica apreendida em todo o Estado.

Além desses centros, há outras medidas e projetos já em andamento. Alguns exemplos são o Prode-Fauna – para promover a gestão de fauna silvestre compartilhada com os municípios – e o cadastramento de áreas de soltura e de reabilitação de animais silvestres, que integram o programa Voo Livre.

De acordo com o secretário estadual do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, o investimento se deu em virtude da urgência de mudança de comportamento em relação à gestão e ao manejo dos animais em situação de risco e de ilegalidade. “São esforções compartilhados e empenhados entre o Instituto Água e Terra e demais atores desse processo para melhorar efetivamente a situação da fauna vitimada”.

O presidente do Instituto Água e Terra, Everton Luiz da Costa Souza, ressalta que o órgão ambiental ainda estuda outras formas de apoio financeiro a estes centros. A ideia, diz ele, é que novos Cafs sejam implantados de forma estratégica no Estado, ampliando a fiscalização de ilícitos praticados contra a fauna, sobretudo o tráfico de animais.

Souza cita, ainda, que o funcionamento dos Cafs e dos Cetas previstos conta com o estabelecimento de diferentes tipos de parcerias que estão em vias de formalização, especialmente com prefeituras e instituições de ensino e pesquisa que detêm os cursos de Medicina Veterinária e Biologia.

“Para atuar com estes centros, o Instituto Água e Terra fará o cadastramento de áreas de soltura de animais silvestres, as chamadas Asas, e de áreas de reabilitação de animais silvestres, as Aras, no âmbito do Programa Voo Livre, programa lançado recentemente”.


Na prática

Os Cafs e Cetas são centros parceiros, planejados e distribuídos estrategicamente no Paraná, para tratamento da fauna silvestre vitimada pelo comércio ilegal, tráfico, cativeiro irregular e de maus-tratos. Essas parcerias ampliam a ação dos escritórios regionais do Instituto Água e Terra e do Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde.

Estão previstas inicialmente a implantação e a manutenção de cinco Cafs e de um Cetas mediante de recursos aprovados junto ao Fundo Estadual de Meio Ambiente (Fema), além de outros recursos provenientes do Programa de Conversão de Multas e de condicionantes do licenciamento ambiental, ainda em estudo para implantação.

Conforme destaca a bióloga Paula Vidolin, doutora em Conservação da Natureza e coordenadora do Setor de Fauna do Instituto Água e Terra, os recursos previstos contemplam, ainda, a implantação de um sistema estadual de marcação individual dos animais silvestres apreendidos, possibilitando a rastreabilidade após a destinação final das espécies.


PRODE-FAUNA 

Programa de Defesa da Fauna Silvestre visa promover a gestão de fauna silvestre compartilhada com os municípios, oferecendo alternativas para a execução das ações de fiscalização, apreensão, resgate e destinação, além da capacitação de equipes técnicas das áreas de manejo de fauna, dentro e fora do seu ambiente natural, para um atendimento mais eficaz.

De acordo com Paula, alguns municípios têm manifestado a preocupação e o interesse de agir e adotar providências em relação às necessidades da fauna silvestre. Nesse sentido, o IAT definiu alguns arranjos locais, considerando cenário favorável para a gestão de fauna compartilhada com o Estado, sobretudo para a implantação e manutenção dos Cafs ou Cetas ou para Aras e Asas.

A partir desse diálogo surgiu o Cetas Metropolitano, um projeto-piloto de implantação e manutenção do Centro de Triagem de Animais Silvestres que atenderá, principalmente, Curitiba e Região Metropolitana – apenas os municípios envolvidos na parceria. Em breve, o instituto deve divulgar o formato e critérios de funcionamento.

No projeto consta a criação, em caráter experimental, do Atendimento Móvel de Animais Silvestres (Amas), especialmente sinantrópica, cujas interações e o convívio com a população humana são vistos de forma negativa. O Amas tem como objetivo a execução de atividades de suporte ao resgate e retirada de fauna silvestre que esteja em risco ou causando risco à população.

A partir da obtenção e avaliação dos resultados deste projeto-piloto, a ideia é estender o modelo de gestão compartilhada para todo o Estado do Paraná.

PG confirma 12 novos casos de Coronavírus

PG confirma 12 novos casos de Coronavírus...

Presidente do Operário testa positivo para a Covid-19

Presidente do Operário testa positivo para a Covid-19...

Servidores do PR fazem devolução do Auxílio Emergencial

Servidores do PR fazem devolução do Auxílio Emergencial...

Quatro funcionários do gabinete de Bakri estão com a Covid-19

Quatro funcionários do gabinete de Bakri estão com a Covid-19...

Médico de 33 anos morre de coronavírus em Curitiba

Médico de 33 anos morre de coronavírus em Curitiba...

Polícia Civil adia provas do concurso público 2020

Polícia Civil adia provas do concurso público 2020...

CCR RodoNorte inicia obras de interseções na BR 277

CCR RodoNorte inicia obras de interseções na BR 277...

Piraí do Sul implementa 'toque de recolher' das 22h às 6h

Piraí do Sul implementa 'toque de recolher' das 22h às 6h...

Confira a Coluna RC desta Terça-Feira (23-06)

Confira a Coluna RC desta Terça-Feira (23-06)...

Confira seu horóscopo para esta Terça-feira (23/06)

Confira seu horóscopo para esta Terça-feira (23/06)...

A praga e possíveis soluções – uma proposta de ação

A praga e possíveis soluções – uma proposta de ação...

Alerta máximo em PG

Alerta máximo em PG...

Charge da edição desta terça-feira (23/06/2020) do JM

Charge da edição desta terça-feira (23/06/2020) do JM...

Produção agropecuária segue em alta no Paraná

Produção agropecuária segue em alta no Paraná...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS