Paraná define salário mínimo de R$ 1,3 mil em fevereiro

Podendo chegar a R$ 1.599,40 dependendo da categoria, aumento está acima do reajuste nacional

Os trabalhadores do Paraná começam 2020 com uma excelente notícia. O reajuste do salário mínimo regional do Estado será de 5,86% este ano - 1,75 ponto percentual acima do reajuste feito à nível nacional. O reajuste eleva o piso para R$ 1.383,80 na categoria 1 (o maior do país), podendo chegar a R$ 1.599,40 de acordo com a categoria. O percentual maior que o índice nacional foi aprovado nesta segunda-feira (13), em votação no Conselho Estadual do Trabalho.

As classes trabalhadoras que recebem o piso estadual se enquadram nas especificações de quatro grupos e não se aplica aos empregados que têm o piso salarial definido em lei federal, convenção ou acordo coletivo de trabalho, e aos servidores públicos.

Na categoria dos trabalhadores agropecuários, florestais e da pesca, o piso sobe para R$ 1.383,80. Para o setor de serviços administrativos, serviços gerais, de reparação e manutenção e vendedores do comércio em lojas e mercados, o salário aumenta para R$ 1.436,60. Esta categoria engloba também a classe de trabalhadores domésticos.

Para os empregados na produção de bens e serviços industriais, o piso vai para R$ 1.487,20. Para o último grupo, na categoria de técnicos de nível médio, o piso passa a ser R$ 1.599,40.

“O reajuste do piso é o compromisso do nosso governo em valorizar os trabalhadores. Mantivemos o percentual maior para aumentar o poder aquisitivo dos trabalhadores abrangidos por essa lei. Isso vai se refletir no movimento do comércio e nos serviços”, enfatiza o governador Carlos Massa Ratinho Junior, que assinará decreto para oficializar o reajuste.

“O mínimo regional, que já entra na folha de janeiro, é uma referência para a negociação das categorias sindicalizadas e uma garantia para as categorias que não têm sindicato”, lembra o secretário de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost. “É uma missão do Governo do Paraná trabalhar em prol da classe trabalhadora, fazendo com que a geração de empregos no Paraná continue em alta”, reforça.

Pela primeira vez na história o reajuste do mínimo regional do Paraná vale desde o primeiro dia do ano, ou seja, o novo valor deverá ser pago em fevereiro. Também pela primeira vez, o percentual de aumento ficou acima do reajuste federal. De acordo com a lei 18766/2016, o piso paranaense é reajustado pelo mesmo percentual aplicado para o reajuste do Salário Mínimo Nacional, baseado na variação do INPC do ano anterior, com aplicação adicional, a título de ganho real, da variação do PIB nacional observada dois anos antes.

PG reúne 2,5 mil professores para abertura do ano letivo

PG reúne 2,5 mil professores para abertura do ano letivo...

Após manifesto, Sindicato quer diminuição de 20% dos comissionados

Após manifesto, Sindicato quer diminuição de 20% dos comissionados...

Inscrições para o 2º Cross Duathlon estão encerradas

Inscrições para o 2º Cross Duathlon estão encerradas...

Alep retoma trabalhos com apresentação de balanço do Governo

Alep retoma trabalhos com apresentação de balanço do Governo...

Confira seu horóscopo para esta terça-feira (04/02)

Confira seu horóscopo para esta terça-feira (04/02)...

Vagas na Agência do Trabalhador para terça-feira (04/02)

Vagas na Agência do Trabalhador para terça-feira (04/02)...

Coluna RC desta terça-feira (04/02)

Coluna RC desta terça-feira (04/02)...

Charge da edição desta terça-feira (04/02/2020) do JM

Charge da edição desta terça-feira (04/02/2020) do JM...

Valorizar o Centro Histórico

Valorizar o Centro Histórico...

Capa da edição desta terça-feira (04/02/2020) do JM

Capa da edição desta terça-feira (04/02/2020) do JM...

Plano Diretor define diretrizes para expansão do aeroporto

Plano Diretor define diretrizes para expansão do aeroporto...

Klabin abre vagas de trabalho em agências da região

Klabin abre vagas de trabalho em agências da região...

O Comércio Exterior e as consequências do efeito 'coronavírus'

O Comércio Exterior e as consequências do efeito 'coronavírus'...

Agricultura familiar terá mais R$ 1 bilhão

Agricultura familiar terá mais R$ 1 bilhão...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS