PUBLICIDADE

Escola João Maria amplia projetos sustentáveis

Com recursos obtidos em premiação do SESI, Escola Municipal João Maria Cruz ganhou ainda mais força para expandir suas ações sustentáveis

Com recursos obtidos em premiação do SESI, Escola Municipal João Maria Cruz ganhou ainda mais força para expandir suas ações sustentáveis
Com recursos obtidos em premiação do SESI, Escola Municipal João Maria Cruz ganhou ainda mais força para expandir suas ações sustentáveis -

Com recursos obtidos em premiação do SESI, Escola Municipal João Maria Cruz ganhou ainda mais força para expandir suas ações sustentáveis

O projeto ‘Eu sou João, eu sou Maria, cuido do mundo e da família’, da Escola Municipal João Maria Cruz, já está entre os dez melhores do Paraná no ‘Prêmio Sesi Peça por Peça 2021’. A colocação garantiu recursos importantes, que agora são utilizados para expandir ainda mais as ideias sustentáveis dos professores, funcionários e alunos, integrando escola e comunidade.

A iniciativa reúne uma série de práticas sustentáveis para o dia a dia da escola, como horta orgânica, coleta e uso racional da água, coleta de óleo usado, reciclagem de tampinhas, caixas de leite, vermicomposteira, caixa de compostagem, entre outras. Com os R$3 mil recebidos pela conquista, foram adquiridos equipamentos como um novo irrigador por gotejamento com temporizador, carrinhos de mão, extratores de ervas daninhas, entre outras ferramentas.

Aprendizado na prática

A pedagoga Livair Aparecida dos Santos diz que a ação é uma oportunidade para que os alunos percebam o conteúdo que estudam no currículo, que vai desde a aprendizagem do ciclo da água até a compostagem de cascas de frutas para servir de adubo para as plantas.

“Só com a horta da escola é possível explorar muitas situações curriculares, desde as fases de desenvolvimento da planta, crescimento da semente, a organização dos canteiros, preservação do meio ambiente, tudo a partir do projeto”, ilustra a pedagoga.

A estudante Hadassa Panuci aprendeu que não se pode jogar lixo na água e nem no solo, pois assim as plantas e os peixes morrem. “No projeto da escola eu aprendi que se a gente jogar óleo na água, por exemplo, contamina tudo e mata todos os peixes, porque assim eles não conseguem respirar”, disse a pequena.

Prêmio final

O próximo objetivo é conseguir uma boa colocação na etapa final do Troféu Sesi Peça por Peça 2021, que premia a escola com a melhor iniciativa sustentável para a transformação do ambiente escolar em todo o Estado do Paraná. A escola vencedora levará R$5 mil como prêmio. Para a comunidade da Escola João Maria Cruz, será uma nova oportunidade para que o projeto continue e se expanda ainda mais.

A diretora da unidade, Eliana Gualberto Carvalho, diz que o objetivo central é fazer com que os alunos sejam multiplicadores do projeto, levando os ensinamentos para a vida toda, inclusive dentro de casa. “Com a conquista do prêmio em julho, conseguimos mobilizar ainda mais a escola, os alunos, os funcionários, e isso é muito importante para que todos entendam que além de proteger o meio ambiente, estamos também ajudando o próximo, pois todos os materiais que são reciclados e coletados pela escola e pelos alunos, são destinados a entidades que desenvolvem ações sociais para pessoas em situação vulnerável”, finaliza a diretora.

Com recursos obtidos em premiação do SESI, Escola Municipal João Maria Cruz ganhou ainda mais força para expandir suas ações sustentáveis
Com recursos obtidos em premiação do SESI, Escola Municipal João Maria Cruz ganhou ainda mais força para expandir suas ações sustentáveis Escola João Maria amplia projetos sustentáveis Escola João Maria amplia projetos sustentáveis
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MAIS DE PONTA GROSSA

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

DESTAQUES

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MIX

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE