Banda de PG recria presépio contemporâneo em clipe

A música é uma composição dos anos 60 da escritora negra Carolina Maria de Jesus, do livro 'O quarto de despejo'

Nesta semana o projeto Diálogos Culturais lançou o clipe da música 'O pobre e o rico', recriando um presépio contemporâneo nas ruas de Ponta Grossa. “Nossa proposta é explorar os significados do natal. Percebemos que as pessoas conhecem os símbolos, mas nem sempre aquilo que eles representam. Neste sentido, ao aproximar a história pro nosso tempo, fica clara a mensagem que ela possui”, afirma Zek Ramos, diretor da iniciativa.

A música é uma composição dos anos 60 da escritora negra Carolina Maria de Jesus, do livro 'O quarto de despejo'. Leopoldo Stadler, produtor musical, comenta que “o arranjo e a instrumentação foram pensadas para reconstruir a música focando no mesmo público que Carolina atingia, só que num contexto atual, levando sua mensagem com uma roupagem nova”.  Ele acredita que parcerias como esta tornam a cena musical mais saudável. “O colaborativismo é um dos meios que facilita a vida do artista, tanto pela troca de experiência quanto pelo sentimento de não estar sozinho”, afirma.

O clipe apresenta três reis vindo de lugares diferentes que se unem para presentear uma criança. Para o vídeo, o projeto convidou a Banda Amutuá, formada pelos músicos Letícia Carvalho, Camila Oliveira e Luiz Oliveira. Eles acreditam na relevância histórica, política e social da iniciativa. “É dar um espaço que nos foi barrado por motivos que estão incrustados dentro do racismo. Mostrar o trabalho de artistas negros é dar visibilidade a uma outra forma e perspectiva de ver e vivenciar o mundo”, aponta Luiz. A música ainda conta com a participação dos instrumentistas Higor Santana e Ana Paula Alves Antonio.

Gravado em Itaiacoca, no Calçadão e proximidades do Jardim Carvalho, o visual impactante da ambientação e figurino ganham destaque. Os trajes foram feitos de material reciclado, lembrando da profissão de Carolina Maria de Jesus, ex-catadora de papel. A figurinista Evlin Frandoloso lembra das três etapas de criação, “reunindo material mental, físico e a execução que começou com as orientações do Zek, pela pesquisa sobre a compositora e pela busca de referências sobre reciclagem”. Ela também mostrou ousadia ao manipular serragem e cimento, “para se adequar na proposta que se relacionasse com a floresta, a terra e o cenário urbano”, completa.

Douglas Kahl, produtor do clipe, ressalta que o maior desafio foi planejar esta obra para que ela cumprisse o objetivo de se fundir à letra de Carolina de maneira que as duas linguagens se tornassem uma. “A cada cena planejada e executada era um aprendizado diferente”, diz. “O clipe precisava falar por si e tocar, de maneira positiva, a audiência. Além disso aspectos técnicos foram de extrema importância para que o resultado final se tornasse agradável”, finaliza.

O vídeo está disponível no canal do YouTube e no site do projeto.

Vencedores do Oscar 2020 serão conhecidos neste domingo

Vencedores do Oscar 2020 serão conhecidos neste domingo...

Charge da edição deste fim de semana (08, 09 e 10/02/2020) do JM

Charge da edição deste fim de semana (08, 09 e 10/02/2020) do JM...

Agência do Trabalhador de PG realiza 9,6 mil atendimentos

Agência do Trabalhador de PG realiza 9,6 mil atendimentos...

Justiça manda vereadores de Piraí do Sul devolverem R$ 471 mil

Justiça manda vereadores de Piraí do Sul devolverem R$ 471 mil...

Preço justo no EstaR

Preço justo no EstaR...

Indicadores apontam economia do Paraná em ascendência

Indicadores apontam economia do Paraná em ascendência...

KIA lança o hatch 'Rio' e amplia linha da marca no Brasil

KIA lança o hatch 'Rio' e amplia linha da marca no Brasil...

Corte no orçamento da Receita Federal agrava as crises fiscal

Corte no orçamento da Receita Federal agrava as crises fiscal...

Capa da edição deste fim de semana (08, 09 e 10/02/2020) do JM

Capa da edição deste fim de semana (08, 09 e 10/02/2020) do JM...

Programa 'Decola' está com inscrições abertas

Programa 'Decola' está com inscrições abertas...

Natureza no entorno de casa no litoral inspira ambientes

Natureza no entorno de casa no litoral inspira ambientes...

Pequenos negócios geraram 91% dos empregos no PR

Pequenos negócios geraram 91% dos empregos no PR...

Vereador propõe que motorista pague apenas tempo usado no EstaR

Vereador propõe que motorista pague apenas tempo usado no EstaR...

“Nunca se esqueça das suas origens”, diz Aliel Machado

“Nunca se esqueça das suas origens”, diz Aliel Machado...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS