O trânsito em números

É importante a sociedade analisar atentamente os números disponibilizados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e a partir de diferentes ações procurar humanizar o trânsito. A violência é alta. Em 10 anos, os desastres nas ruas e estradas do País já deixaram mais de 1,6 milhão de feridos nos últimos dez anos, ao custo direto de quase R$ 3 bilhões para o Sistema Único de Saúde (SUS). Tem muita gente internada por este motivo. Tem centenas de hospitais lotados de vítimas de atropelamentos e colisões.

No Paraná, neste mesmo período, foram realizados 89.464 com gastos equivalentes a R$169.855.492,29. São 28.426 óbitos no Estado. Números de Ponta Grossa são desconhecidos. Os índices mostram que os acidentes de trânsito constituem um grave problema de saúde pública e que provoca sobrecarga nos serviços de assistência, em especial nos prontos-socorros e nas alas de internação dos hospitais.

E Ponta Grossa, por suas particularidades, tem potencialidades para produzir todos os tipos de acidentes. A cidade se desenvolveu sem planejamento, tem vias estreitas e terreno acidentado. Soma-se a isso o grande entroncamento rodoviário composto pelas rodovias BR-376 e 373 e Pr-151. O município recebe veículos, motos, ônibus e caminhões de todo o Brasil.

Para o coordenador da Câmara Técnica de Medicina de Tráfego do CFM, José Fernando Vinagre, é preciso reconhecer o importante aprimoramento da legislação ao longo dos anos e também o aumento na fiscalização, especialmente após a Lei Seca. No entanto, é necessário avançar nas estratégias para tornar o trânsito brasileiro mais seguro.

A cada hora, em média, cerca de 20 pessoas dão entrada em um hospital da rede pública de saúde com ferimento grave decorrente de acidente de transporte terrestre. Ao avaliar o volume total de vítimas graves do tráfego nos últimos dez anos (1.636.878), é possível verificar que 60% desses casos envolveram vítimas com idade entre 15 e 39 anos, sendo menor a frequência nas faixas etárias que vão de zero a 14 anos (8,2%) e em maiores de 60 anos (8,4%). Outra constatação: quase 80% das vítimas eram do sexo masculino.

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

A corrosão da política

A corrosão da política...

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado...

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades...

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos...

Celulares no cadeião de PG

Celulares no cadeião de PG...

Estado e União formalizam parceria para nova concessão de rodovias

Estado e União formalizam parceria para nova concessão de rodovias...

Pequenos produtores recebem tratores no Agroleite

Pequenos produtores recebem tratores no Agroleite...

Polícia combate grupo estrangeiro por agiotagem

Polícia combate grupo estrangeiro por agiotagem...

Receita Estadual combate inadimplência no IPVA

Receita Estadual combate inadimplência no IPVA...

Agroleite espera por Ratinho Junior, Bolsonaro e ministra

Agroleite espera por Ratinho Junior, Bolsonaro e ministra...

Vagas na Agência do Trabalhador para quarta-feira (14/08)

Vagas na Agência do Trabalhador para quarta-feira (14/08)...

Itaipu tem maior produtividade da história em julho

Itaipu tem maior produtividade da história em julho...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS