PUBLICIDADE

PG fortalece ações e amplia empregabilidade da população

Secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional de Ponta Grossa, Paulo Pinto, detalha planos do Poder Executivo

Paulo Pinto concedeu entrevista ao Portal aRede e ao Jornal da Manhã nesta terça-feira (21)
Paulo Pinto concedeu entrevista ao Portal aRede e ao Jornal da Manhã nesta terça-feira (21) -

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG), através da Agência do Trabalhador, realiza trabalhos para melhorar a qualificação profissional na cidade, é o que destaca o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional de Ponta Grossa, Paulo Pinto, em entrevista ao Portal aRede e ao Jornal da Manhã realizada nesta terça-feira (21).

O secretário explica que a Agência se tornou o principal meio para empregar a população em Ponta Grossa. “Temos visto uma melhoria na distribuição de candidatos para as vagas, o que também foi notado pelas empresas da cidade”, afirma. Paulo conta que para isso, é feito uma série de diálogos com empresários, para entender o que eles buscam nos profissionais para preencher as vagas. “Buscamos nos adaptar às necessidades de cada setor, para ser assertivo na distribuição do trabalhador. É um trabalho de prospecção que iniciamos em toda a cidade”, diz o secretário.

De acordo com Paulo Pinto, entre 2021 e 2024, aproximadamente 745 mil candidatos foram atendidos pela Agência em Ponta Grossa. “Foram mais de 220 mil pessoas atendidas por ano. Ao todo, mais de 11 mil candidatos foram colocados no mercado de trabalho”, diz.

AGÊNCIA - Atualmente, a Agência do Trabalhador de Ponta Grossa disponibiliza cursos para qualificação de profissionais. De acordo com Paulo, foram investidos aproximadamente R$ 300 mil em cursos de qualificação, em parceria com o Senai e Senac.

“Através de pesquisas, concluímos que candidatos semianalfabetos e mais velhos acabam não conseguindo emprego, para isso buscamos criar oportunidades para eles. Estamos buscando recolocar estas pessoas no mercado de trabalho”, conta o secretário. 

Ele ainda explica que a Prefeitura realizará o projeto ‘Conecta T.I.’, que dará oportunidades para alunos, de cursos desta área, para dialogarem com empresários e consigam oportunidades de emprego. “Ainda queremos expandir para outras áreas, como por exemplo a criação do ‘Conecta Agro’, ‘Conecta Comércio’, entre outros”, afirma.

INDÚSTRIAS - Desde 2021, houve a abertura de aproximadamente 20 empresas em Ponta Grossa, conforme dados trazidos pelo secretário. “Neste período foram investidos R$ 6,6 bilhões, apenas no ano passado foram R$ 3,5 bilhões”, completa. Paulo ainda explica que o investimento deve ser notado nos próximos anos, com a conclusão de empresas que estão em fase de construção.

O secretário ainda conta que no Parque Empresarial Manoel Machuca Junior foram investidos R$ 6 milhões. “Novas empresas se instalarão no local, o que deve gerar inúmeros empregos diretos e indiretos”, afirma.

De acordo com Paulo, Ponta Grossa possui vantagens que propiciam o crescimento industrial. “A posição geográfica, a facilidade de acesso a recursos hídricos, energia elétrica e de gás são fatores importantes”, finaliza.

Confira abaixo a entrevista completa do secretário ao Portal aRede:

Grupo aRede.
 

Com supervisão de Rodolpho Bowens.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MAIS DE DINHEIRO

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

DESTAQUES

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MIX

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE