Copel investe R$ 90 milhões em subestações móveis

A iniciativa prevê a aquisição de 15 unidades, que serão entregues ao longo dos próximos dois anos

A Copel adquiriu cinco novas subestações móveis para atender a população paranaense. As unidades fazem parte de um programa de modernização do atendimento móvel que vai investir R$ 90 milhões para garantir o fornecimento de energia de forma eficiente e dinâmica. A iniciativa prevê a aquisição de 15 unidades, que serão entregues ao longo dos próximos dois anos.

As subestações móveis são estruturas portáteis que podem ser deslocadas para atender diferentes regiões. Em caso de desligamento de parte da rede para a realização de obras de melhoria e ampliação, por exemplo, as novas unidades são conectadas e permitem que o trabalho seja feito sem que os consumidores sejam desligados. “Com essas subestações, a Copel consegue reforçar o atendimento nas regiões que mais estiverem precisando e garante ainda mais qualidade no fornecimento de energia aos consumidores”, diz o diretor de distribuição da Companhia, Maximiliano Andres Orfali.

As unidades adquiridas possuem 30MVA (megavolt-ampère) de potência e operam em 138kV e 69kV, o que significa que podem substituir a maior parte das subestações da rede de distribuição no Estado.

Elas foram enviadas inicialmente para o Boqueirão e o Pinheirinho (em Curitiba), Pato Branco, Realeza e Mamborê, onde serão usadas para atendimento de obras programadas e reforços temporários ao sistema. No entanto, as estruturas podem ser enviadas para qualquer região de atendimento da Copel que precise de fornecimento móvel.

“Em casos emergenciais, essas subestações também podem atuar para evitar desligamentos ou minimizá-los. Na prática, isso significa energia com mais confiabilidade e uma atuação mais rápida para restabelecer o fornecimento aos consumidores”, afirma o superintendente de Serviços Operacionais, Diego Augusto Correa.

NOVAS AQUISIÇÕES

As novas subestações móveis adquiridas pela Copel são carretas únicas, em que todo o equipamento fica instalado em um único chassi. O óleo do transformador é vegetal, o que reduz riscos de contaminação ambiental e de incêndio.

Essas unidades móveis fazem parte da primeira aquisição com sistema de monitoramento online embarcado, o que significa que possuem dispositivos de medição remota em tempo real de diversos dados, como gases e temperatura, facilitando o controle e a gestão dos equipamentos. Com o software de monitoramento é possível identificar com precisão a “saúde” do transformador e antecipar anormalidades e problemas.

Além das unidades já entregues, na próxima etapa a Copel vai adquirir mais quatro subestações que podem ser monitoradas remotamente e serão divididas em módulos (diferentes partes), o que facilita o deslocamento. Há um módulo que opera em alta tensão (138kV, religável em 69kV); o outro, em média tensão (34,5, religável em 13,8kV), além do transformador. Como cada módulo será instalado em chassis separados, as estruturas podem ser usadas de forma individual e independente.

Na última fase do programa de renovação, serão fornecidas mais seis estruturas móveis de 7MVA para operar em 34,5 kV e 13,8kV. Essas unidades vão atender subestações menores, que compõem a imensa maioria das instalações de subestação da Companhia.

Informações da Agência Estadual de Notícias.

Paraná investe R$ 6,37 bilhões em saúde em meio a pandemia

Paraná investe R$ 6,37 bilhões em saúde em meio a pandemia...

Capa da edição desta quarta-feira (24/02/2021) do JM

Capa da edição desta quarta-feira (24/02/2021) do JM...

UBS fica sem sistema após furto de fios de cobre

UBS fica sem sistema após furto de fios de cobre...

PG soma sete novas mortes por covid-19 em novo boletim

PG soma sete novas mortes por covid-19 em novo boletim...

Exército conhece projeto de PG para Escola de Sargentos

Exército conhece projeto de PG para Escola de Sargentos...

Confira as vagas de emprego desta quarta-feira (24/02)

Confira as vagas de emprego desta quarta-feira (24/02)...

Audiência fica sem acordo e transporte pode ter greve

Audiência fica sem acordo e transporte pode ter greve...

Curso de Direito da UEPG abre primeira turma de Mestrado

Curso de Direito da UEPG abre primeira turma de Mestrado...

O ensino híbrido enfim é uma realidade

O ensino híbrido enfim é uma realidade...

Confira a Coluna RC desta terça-feira (23-02)

Confira a Coluna RC desta terça-feira (23-02)...

Confira seu horóscopo para esta terça-feira (23/02)

Confira seu horóscopo para esta terça-feira (23/02)...

Família pede ajuda para encontrar cadela desaparecida

Família pede ajuda para encontrar cadela desaparecida...

Motorista fica preso às ferragens após acidente na BR-376 em PG

Motorista fica preso às ferragens após acidente na BR-376 em PG...

Equipe da Guarda Municipal evita tragédia no Borato

Equipe da Guarda Municipal evita tragédia no Borato...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS