Indústria, comércio e agronegócio geram R$ 8,3 bi em riquezas

Indicadores apontam um crescimento de 2,44% na economia municipal em 2017. Indústria corresponde a 60% do total gerado 

Mesmo em um ano em que a economia nacional ‘patinou’, Ponta Grossa apresentou um leve crescimento nas suas atividades econômicas, em todos os setores. Levantamento realizado pela Prefeitura de Ponta Grossa, através da Secretaria de Fazenda, revelado à reportagem do Jornal da Manhã e Portal aRede, mostra que a economia da cidade teve uma evolução nominal de 2,44% em 2017. O Valor Adicionado (VA) do município, que corresponde à soma de todas as riquezas geradas na indústria, no comércio e setor primário (ramo agrícola) atingiu a marca de R$ 8,34 bilhões – em 2016 a divisa foi de R$ 8,13 bilhões. No ano passado, o Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil, segundo o IBGE, cresceu 1%, e somou R$ 6,6 trilhões. O Valor Adicionado é um índice que compõe o PIB municipal. 

A indústria mantém sua posição de destaque, como o segmento que mais gerou riquezas. No acumulado dos 12 meses, o VA do setor somou 5,02 bilhões, montante que cresceu 1,47% se comparado aos R$ 4,95 bilhões acumulados em 2016. “Isso é fruto da industrialização como um todo na cidade, que desde o início da gestão do Prefeito Marcelo Rangel, foi ampliado. Houve a instalação empresas novas, como a Ambev, a ampliação da Tetra Pak, e tem o crescimento do Madero, por exemplo, que auxiliaram para que o município não tivesse queda”, esclarece Claudio Grokoviski, secretário Municipal da Fazenda. O município é reconhecido como o que tem o maior ‘PIB industrial’ do interior do Paraná.

O comércio foi o ramo que mais cresceu no ano passado. Os R$ 2,72 bilhões de 2016 foram ampliados para R$ 2,85 bilhões no ano passado, o que representa um incremento de 4,87% - em valores correntes, pouco mais de R$ 100 milhões. Já a produção primária teve uma elevação de R$ 437 milhões há dois anos, para R$ 454 milhões no ano passado, ou seja, uma elevação 3,89%. “Então os três setores cresceram. Essa alta de 2,44% foi motivada por esse equilíbrio”, relata o secretário municipal. 

Ao observar o PIB, Grokoviski acredita que essa alta nominal do município está dentro de uma média nacional. Ainda sobre o Valor Adicionado, o secretário lembra que este é um índice bastante importante em âmbito estadual, já que ele é um dos índices que compõe o Índice de Participação dos Municípios no ICMS – quando mais o município gera em riquezas, mais ele recebe do imposto municipal. Nesse índice, Ponta Grossa superou Maringá em 2017 e nesse ano a perspectiva é de que também passe Foz do Iguaçu, passando a receber valores superiores a esses municípios. 


Valor Adicionado

Conforme define o IBGE, o Valor Adicionado é uma variável derivada, que traduz conceitos econômico-contábeis. Ele opera com dois referenciais, o Valor Bruto da Produção (VBP), que se refere ao ramo agropecuário, e também ao Valor Adicionado (VA) nos outros setores, como indústria, comércio, serviços, que corresponde aos custos e despesas operacionais menos o somatório das depreciações e amortizações dos ativos, impostos e taxas, e terrenos.


Crescimento do VA por setores

Valor Adicionado  2016         2017         Variação

Indústria                 R$ 4,95 bi R$ 5,02 bi 1,47%

Comércio                 R$ 2,72 bi R$ 2,85 bi 4,87%

Prod. Primária         R$ 437 mi R$ 454 mi 3,89%

Total                         R$ 8,13 bi R$ 8,34 bi 2,44%

Litoral do PR tem diversidade de atrações

Litoral do PR tem diversidade de atrações...

Queda de poste deixa moradores sem energia elétrica

Queda de poste deixa moradores sem energia elétrica...

Confira o seu horóscopo para esta quinta-feira (15/08)

Confira o seu horóscopo para esta quinta-feira (15/08)...

UEPG inaugura Espaço do Estudante Indígena

UEPG inaugura Espaço do Estudante Indígena...

Docentes suspendem greve e aulas na UEPG voltam no dia 19

Docentes suspendem greve e aulas na UEPG voltam no dia 19...

Coluna RC desta quinta-feira (15/08)

Coluna RC desta quinta-feira (15/08)...

Construtora investe R$ 10 mi em projetos de infraestrutura

Construtora investe R$ 10 mi em projetos de infraestrutura...

Polícia do PR prende donos de rede de pet shops

Polícia do PR prende donos de rede de pet shops...

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

A corrosão da política

A corrosão da política...

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado...

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades...

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS