Brasil: a metáfora da barbárie

Por Mário Sérgio de Melo

Outro dia, num texto sobre o crime-tragédia Brumadinho, o Professor de História Luis Fernando Cerri escreveu o seguinte comentário: “Brumadinho, infelizmente, virou uma metáfora do que está acontecendo - economicamente, politicamente, socialmente - no Brasil como projeto de nação e de civilização.” Que tristeza ter de reconhecer quão certas estão estas palavras: nosso imenso país, tão vasto, promissor e rico, nos dá mostras de que se encontra num deplorável caminho de desestruturação social, um marcante retrocesso civilizatório.

E não é só Brumadinho. O show midiático da prisão dos bodes expiatórios assassinos de aluguel de Mariele Franco, enquanto os mandantes permanecem irrevelados, protegidos por membros dos órgãos que os investigam, é outra dura evidência do cinismo que vivemos. A incivilidade do assassinato da cidadã Mariele revela que o crime banalizou-se nas altas esferas do poder, e é ocultado pelas autoridades que deveriam investigá-lo. Talvez estivéssemos num regime mais honesto se fôssemos uma ditadura onde os opositores são sumariamente executados, e não viveríamos a farsa deste regime em que se executam as vozes contrárias e imputamos o crime à índole hedionda de bodes expiatórios.

Mas as farsas de Brumadinho e de Mariele não são as únicas a nos revelar a hipocrisia e o desatino de nossos tempos. Que dor ver o maior estadista que o Brasil já teve, o metalúrgico sindicalista que o destino alçou ao papel de líder dos brasileiros simples e com capacidade de discernir, e projetou-o mundialmente por seu empenho na soberania do país e na diminuição dos abismos sociais, ser tratado como bandido, humilhado, caluniado e privado de direitos humanitários mais básicos, que não são negados nem ao maior facínora. Lula é agora odiado por parcela do povo que tentou emancipar, que reage com reflexos condicionados, como cães amestrados.

O país perdeu a noção, perdeu o rumo. A chacina na escola de Suzano, na Grande São Paulo, em que jovens transtornados invadem o antigo colégio para premeditadamente executar professores e alunos, aparentemente movidos por algum tipo de ressentimento e vingança, é a apoteose da patologia que tomou conta do país. Esta patologia mostrou seus primeiros sintomas em 2013, agravou-se em 2016 e atingiu estado crítico em 2018, quando não surtiram efeito frases como “se a apologia da tortura não é suficiente para tocar seu coração, então todos os outros argumentos são inúteis”, que circulou na web. Apesar dos alertas, o Brasil elegeu para governantes fantoches entreguistas a serviço dos interesses estrangeiros que desejam rapinar o país e seu povo.

Mas a História nos mostra que é errando que a Humanidade aprende. Indiscutivelmente evoluímos, ou estaríamos ainda nas cavernas. Mas precisamos cometer erros, que depois nos parecem absurdos, até enxergar o caminho certo. São retrocessos efêmeros, depois seguimos adiante. Que estes colossais erros que temos cometido nos acordem, que deixemos de ser gado tangido, com convicções manipuladas pelas baixezas da grande mídia e das redes sociais.

Que os brasileiros voltem a acreditar no sonho de uma nação soberana, justa, pacífica e honrada.

 

Mário Sérgio de Melo é Geólogo, Professor do Departamento de Geociências da UEPG

 

Confira o seu horóscopo para esta segunda-feira (20/05)

Confira o seu horóscopo para esta segunda-feira (20/05)...

Decoração ameniza doenças respiratórias em idosos

Decoração ameniza doenças respiratórias em idosos...

Confira o seu horóscopo para este domingo (19/05)

Confira o seu horóscopo para este domingo (19/05)...

Homens de PG fazem sucesso com bigodes estilosos 

Homens de PG fazem sucesso com bigodes estilosos ...

A maior manifestação da educação da história brasileira

A maior manifestação da educação da história brasileira...

Partidos precisarão de quase 10 mil votos para eleger vereador

Partidos precisarão de quase 10 mil votos para eleger vereador...

Lideranças sugerem revisão na lei de doação de terrenos

Lideranças sugerem revisão na lei de doação de terrenos...

Amparo às universidades

Amparo às universidades...

Construtora KZ lança novo projeto no Jardim Carvalho

Construtora KZ lança novo projeto no Jardim Carvalho...

Capa da edição deste fim de semana (18, 19 e 20/05/2019) do JM

Capa da edição deste fim de semana (18, 19 e 20/05/2019) do JM...

Charge da edição deste fim de semana (18, 19 e 20/05/2019) do JM

Charge da edição deste fim de semana (18, 19 e 20/05/2019) do JM...

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tibagi promove reunião

Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Tibagi promove reunião...

Rede estadual de ensino atende mais de 4 mil alunos estrangeiros

Rede estadual de ensino atende mais de 4 mil alunos estrangeiros...

Temperatura vai despencar em PG nos próximos dias

Temperatura vai despencar em PG nos próximos dias...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS