PUBLICIDADE

Homem morre queimado após tentar matar família em incêndio

João Pedro Correia de Lima, de 26 anos, estava internado em estado grave no Hospital Universitário

João Pedro Correia de Lima, de 26 anos
João Pedro Correia de Lima, de 26 anos -

O homem de 27 anos acusado de tentar matar esposa e filhos em um incêndio na noite de quarta-feira (30), em Ponta Grossa, morreu no início da tarde de hoje (1º). João Pedro Correia de Lima, de 26 anos, estava internado em estado grave no Hospital Universitário Regional dos Campos Gerais (HU-UEPG). A mulher de 23 anos foi direcionada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Santana com queimaduras graves nas mãos e pernas – as três crianças envolvidas não tiveram nenhum ferimento.

De acordo com informações coletadas pelo Portal aRede, um vigia estaria passando pela região, quando visualizou uma mulher e três crianças em frente de uma casa. Na sequência, ela abordou o segurança e disse que seu marido teria tentado matar ela e seus três filhos e, após, colocou fogo em seu próprio corpo. No decorrer da ocorrência, moradores da região prestaram socorro às vítimas e foram até a residência. Vizinhos teriam ‘estourado’ a porta da casa e no interior da residência estaria o homem já caído ao chão, com o corpo em chamas.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MAIS DE COTIDIANO

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

DESTAQUES

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

MIX

HORÓSCOPO

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE