UEPG lança campanha de incentivo à vacinação

Objetivo é conscientizar comunidade universitária a se imunizar contra os principais vírus 

A Universidade Estadual de Ponta Grossa lançou nessa quarta-feira (11) uma campanha de incentivo à vacinação. A mobilização, sob coordenação das professoras de epidemiologia, Pollyanna Borges, e de Controle de Infecção, Dagmar Gaspar, vai recomendar aos estudantes, professores, funcionários e agentes universitários que revisem suas carteiras de vacinação. A 3ª Regional de Saúde e a Secretaria Municipal de Saúde apoiam a iniciativa que visa estimular a comunidade acadêmica a completar a carteira de imunização.

“A UEPG, através de sua equipe de saúde, tem feito um trabalho constante de prevenção de doenças entre alunos, professores e servidores. Esta campanha é mais uma intervenção nossa, agora para orientar sobre vacinas”, explica o reitor Miguel Sanches Neto. De acordo com recomendação da Pró-reitoria de Graduação, as coordenações de curso vão reforçar junto a professores e alunos a conscientização sobre a importância da verificação das imunizações realizadas. A conferência das carteiras dos servidores e professores será realizada nos ambulatórios central e de Uvaranas.De acordo com o vice-reitor, Everson Krum, a UEPG está atenta ao retorno de casos de doenças que podem ser prevenidas com vacinação. “Decidimos fazer uma ampla campanha de análise das carteiras de vacinação de estudantes, professores e agentes universitários, com o objetivo de estimular que todos verifiquem suas carteiras e procurem as unidades básicas para atualizar e, se for o caso, receber vacinas”.A instituição distribuirá para toda a comunidade acadêmica material informativo sobre siglas, faixas etárias de imunização e cobertura de cada vacina. Além disso, a UEPG está divulgará amplamente os nomes e endereços das  unidades de saúde  que podem ser procuradas pela comunidade acadêmica.

Atenção especialA verificação da imunização contra o sarampo está entre os focos de atenção da equipe devido ao avanço dos casos no Brasil, em especial São Paulo e Paraná. A professora Dagmar Gaspar lembra que a imunização varia por faixa etária de acordo com as mudanças que ocorreram nos calendários vacinais no Brasil. “De 1 a 29 anos devem constar duas doses de vacina contra sarampo, 30 a 49 anos uma dose. Os profissionais de saúde duas doses independente da idade”, alerta Gaspar.A professora Pollyanna Borges afirma que a UEPG tem grande impacto social na região dos Campos Gerais e, ao se envolver na mobilização da comunidade interna em prol da vacinação, mais uma vez mostra seu compromisso social e reafirma sua missão de formar acadêmicos que “exerçam a cidadania e assumam o compromisso com a construção de uma sociedade ambientalmente responsável”.Em relação ao momento de surto de sarampo vivido pelo Brasil, a professora esclarece que o último boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde recomenda a ampla divulgação nos diversos meios de comunicação. “O objetivo é informar profissionais de saúde, população e comunidade geral sobre o sarampo, o que mais uma vez reforça esse movimento interno que a UEPG se dispõe a participar”, afirma Borges.

Sobre a VacinaA vacina contra o sarampo está disponível nos serviços SUS como rotina em todas as Unidades Básicas de Saúde que têm sala de vacinas. É administrada no calendário nacional de imunização aos 12 meses de vida da criança na vacina Tríplice viral (proteção contra caxumba, sarampo, rubéola), e aos 15 meses com a vacina Tetraviral (caxumba, sarampo, rubéola e catapora).Há alguns anos o Ministério da Saúde e o Estado do Paraná realizaram campanhas e imunizaram com doses de Dupla viral (sarampo e rubéola) as pessoas que não tinham sido vacinadas. Atualmente, a recomendação do Ministério da Saúde é que todas as pessoas entre 1 e 29 anos recebam duas doses de vacina. Se a pessoa já tem uma dose, fará outra. Se nunca foi vacinada terá que fazer as duas doses.Na faixa etária entre 30-59 anos, todos os brasileiros devem ter uma dose de sarampo pelo menos. “Para bebês que têm entre 6 meses de vida e menos que 1 ano, está sendo feita a primeira dose contra sarampo, mas, não eliminará a necessidade da vacina de 12 e 15 meses depois. Por fim, todos os trabalhadores da saúde devem ter na carteirinha dois registros de vacina contra sarampo”, enfatiza Borges.

A professora recomenda que as pessoas procurem suas carteiras de vacinação e confiram se há algum registro de vacina contra o sarampo. “Vale tríplice, tetra e dupla viral, com doses de acordo com seu perfil etário e trabalhista”, conclui.

Com informações da Assessoria de Imprensa

GM comemora 16 anos de atuação em Ponta Grossa

GM comemora 16 anos de atuação em Ponta Grossa...

Salão de Turismo dos Campos Gerais será em outubro

Salão de Turismo dos Campos Gerais será em outubro...

Crianças vivem dias mágicos na Feira do Livro em Ponta Grossa

Crianças vivem dias mágicos na Feira do Livro em Ponta Grossa...

Confira seu horóscopo para esta quinta-feira (12/09)

Confira seu horóscopo para esta quinta-feira (12/09)...

Sanepar realiza interligações de rede no Jardim Carvalho

Sanepar realiza interligações de rede no Jardim Carvalho...

PG amplia atendimentos para animais de rua

PG amplia atendimentos para animais de rua...

PG poderá ter localização de viaturas do Samu em tempo real

PG poderá ter localização de viaturas do Samu em tempo real...

CPS inicia pavimentação na Vila Rio Branco e bairro Ronda

CPS inicia pavimentação na Vila Rio Branco e bairro Ronda...

Trabalhadores dos Correios de PG aderem à greve nacional

Trabalhadores dos Correios de PG aderem à greve nacional...

Incidência da dengue no país aumenta 600% em um ano

Incidência da dengue no país aumenta 600% em um ano...

Arborização no Complexo Ambiental chega a 600 árvores

Arborização no Complexo Ambiental chega a 600 árvores...

Campos Gerais têm natureza, tropeirismo e cultura europeia

Campos Gerais têm natureza, tropeirismo e cultura europeia...

Coral Infantil Instituto Vida faz sua primeira apresentação

Coral Infantil Instituto Vida faz sua primeira apresentação...

Quadrinista de Ponta Grossa ganha prêmio nacional

Quadrinista de Ponta Grossa ganha prêmio nacional...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS