Procon Ponta Grossa inova e terá polo avançado do TJPR

Convênio firmado com o Cejusc (Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania) do Tribunal de Justiça do Paraná deve agilizar a resolução de processos entre empresas e consumidores

O Procon da Prefeitura de Ponta Grossa, órgão vinculado à Secretaria Municipal de Cidadania e Segurança Pública (SMCSP), formalizou na tarde de ontem (13) uma parceria com o Tribunal de Justiça do Paraná para a criação de um polo avançado do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania. A medida tem com objetivo fortalecer a atuação do Procon na resolução de conflitos, assim como agilizar os procedimentos envolvendo consumidores e empresas no município. 

De acordo com o coordenador do Procon, Leonardo Werlang, a intenção é de que a parceria torne a atuação ainda mais efetiva, além de contribuir para maior celeridade na resolução de disputas. “Essa é uma iniciativa inovadora em relação a atuação do Procon na proteção e defesa do consumidor. Com essa parceria, nós teremos funcionários capacitados em mediação e resolução de conflitos e todo o processo poderá ser feito de forma mais rápida, auxiliando não só o consumidor, mas também o Procon e o Poder Judiciário. Atualmente, por exemplo, quando não há acordo entre as partes, é necessário que o Procon forneça cópias do processo administrativo ao consumidor, que deverá dar início a um processo junto ao Juizado Especial para que seja aberto um processo e a realização de audiências de conciliação e instrução e julgamento. Com o convênio, a audiência do próprio Procon servirá como a audiência de conciliação em substituição ao do Juizado Especial (JEC), com o prosseguimento do processo de forma automática entre Procon e Judiciário. Os acordos firmados no Procon poderão também ser homologados pelo JEC e caso haja descumprimento por parte do fornecedor, o termo pode ser executado nos próprios autos do processo.”, aponta Werlang. 


Como funciona hoje?

O consumidor que não tem sua demanda atendida pelo fornecedor no pré-atendimento, é encaminhado para uma audiência de conciliação.

Paras os casos em que não haja acordo ou haja descumprimento de acordo por parte do fornecedor, o processo administrativo é encaminhado para sanção e o consumidor é obrigado a procurar o poder judiciário.

Esse processo além de judicializar a reclamação, onera o consumidor e não traz uma solução célere.


Como vai funcionar?

Com o Convênio e a consequente capacitação de funcionários e acesso ao sistema Projudi, o Procon Ponta Grossa realizará a audiência de conciliação e, ao final, pode emitir um termo de audiência que poderá ser homologado e executado pelo juízo competente.

Além disso aumenta a celeridade processual na medida que o processo poderá ser julgado o mérito de forma antecipada ou designada direto audiência de instrução e julgamento, a critério do poder judiciário.

Com informações da Assessoria de Imprensa

Litoral do PR tem diversidade de atrações

Litoral do PR tem diversidade de atrações...

Queda de poste deixa moradores sem energia elétrica

Queda de poste deixa moradores sem energia elétrica...

Confira o seu horóscopo para esta quinta-feira (15/08)

Confira o seu horóscopo para esta quinta-feira (15/08)...

UEPG inaugura Espaço do Estudante Indígena

UEPG inaugura Espaço do Estudante Indígena...

Docentes suspendem greve e aulas na UEPG voltam no dia 19

Docentes suspendem greve e aulas na UEPG voltam no dia 19...

Coluna RC desta quinta-feira (15/08)

Coluna RC desta quinta-feira (15/08)...

Construtora investe R$ 10 mi em projetos de infraestrutura

Construtora investe R$ 10 mi em projetos de infraestrutura...

Polícia do PR prende donos de rede de pet shops

Polícia do PR prende donos de rede de pet shops...

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Capa da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM

Charge da edição desta quarta-feira (14/08/2019) do JM...

A corrosão da política

A corrosão da política...

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado

Aliel Machado concorre ao prêmio de melhor deputado...

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades

Empresários pedem retirada de PL sobre bares e faculdades...

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos

PR é pioneiro na autonomia de gestão de áreas dos portos...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS