Alunos voltam a se manifestar contra PM no campus da UEPG

Moção de repúdio à instalação do módulo da Polícia Militar em Uvaranas foi elaborada durante etapa preparatória regional do Encontro Nacional da Educação

A instalação de um módulo da Polícia Militar dentro do campus Uvaranas da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), a partir da reforma de um prédio já existente na estrutura original, continua gerando reações contrárias de algumas entidades representativas da instituição de ensino superior. Uma carta elaborada no dia 9 de março, após a etapa preparatória regional do III Encontro Nacional da Educação (ENE), manifesta repúdio pela implantação deste esquema de segurança.

Assinada por trabalhadores e estudantes de graduação e pós-graduação a moção destaca o “repúdio à forma como setores da gestão universitária compreendeu os processos decisórios e políticas de combate e prevenção à violência no âmbito da universidade”. No mesmo documento, eles reconhecem os problemas de segurança que afetam toda a comunidade universitária, mas contestam “o processo decisório pouco transparente e democrático que evitou o debate público sobre o tema”.

O grupo também se declarou contrário à cessão de um prédio da UEPG para funcionar como sede da polícia por entender que essa “medida caminha na contramão das políticas de segurança pública do Estado e representa agressão à autonomia da universidade”. Como alternativa para o combate à violência no campus, problema que já atinge alunos, professores e funcionários há vários anos, o documento alega que “isso é resultado de um conjunto de ações articuladas fundadas na abertura à comunidade do entorno, no acolhimento das diferenças, na aproximação ativa com os movimentos sociais e na conexão universitária na luta contra as desigualdades”.

Apesar do protesto do grupo, as obras no prédio que abrigará o módulo policial já estão bastante adiantadas. A expectativa é que o serviço comece a funcionar no campus Uvaranas já a partir da segunda quinzena de abril. Além de atender à comunidade universitária, os policiais que ficarão nesta estrutura também poderão prestar atendimento a toda a comunidade que mora nas imediações. O custo da reforma foi de aproximadamente R$ 70 mil, com emenda do deputado federal Aliel Machado (PSB). A assessoria de imprensa da UEPG informou que não vai se manifestar sobre o teor da carta.

Moção vem à tona após ‘carta-ameaça’

Embora o documento tenha sido elaborado no dia 9 de março, ele começou a ter mais repercussão nas redes sociais a partir do compartilhamento pela página oficial da Seção Sindical dos Docentes da Universidade Estadual de Ponta Grossa (SindUEPG) no Facebook, nesta quinta-feira (21). A divulgação do documento coincidiu com a carta encontrada em um dos banheiros da instituição com ameaça de massacre de alunos, a exemplo do que aconteceu em Suzano (SP) e na cidade de Christchurch, na Nova Zelândia. A Polícia Civil já instaurou inquérito para investigar o caso.

Aliel e Bolsonaro se unem para ajudar família de Castro

Aliel e Bolsonaro se unem para ajudar família de Castro...

Governador conhecerá cadeia do leite da região nesta quinta

Governador conhecerá cadeia do leite da região nesta quinta...

VBP supera R$ 600 bi e será 2º maior da história

VBP supera R$ 600 bi e será 2º maior da história...

Referência para o Brasil

Referência para o Brasil...

Organizar o sistema prisional é pensar na segurança de todos

Organizar o sistema prisional é pensar na segurança de todos...

Capa da edição desta quinta-feira (15/08/2019) do JM

Capa da edição desta quinta-feira (15/08/2019) do JM...

Vagas na Agência do Trabalhador para quinta-feira (15/08)

Vagas na Agência do Trabalhador para quinta-feira (15/08)...

Marco das startups deve ser encaminhado ao Congresso

Marco das startups deve ser encaminhado ao Congresso...

Piracanjuba confirma aporte de R$ 110 mi no Paraná

Piracanjuba confirma aporte de R$ 110 mi no Paraná...

Charge da edição desta quinta-feira (15/08/2019) do JM

Charge da edição desta quinta-feira (15/08/2019) do JM...

IMM renova convênio para capacitação de detentos

IMM renova convênio para capacitação de detentos...

Clube de Robótica busca promover inclusão

Clube de Robótica busca promover inclusão...

Reconhecimento facial pode ser implantado nas escolas do PR

Reconhecimento facial pode ser implantado nas escolas do PR...

Procon Ponta Grossa inova e terá polo avançado do TJPR

Procon Ponta Grossa inova e terá polo avançado do TJPR...
Comentários

Deixe uma resposta

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Últimas Notícias

Capa do Dia

CHARGE DO DIA

REDES SOCIAIS