Valores como expressão cívica é tema de atividade

Vamos Ler

06 de setembro de 2017 12:52

Dhiego Tchmolo

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Ervas medicinais viram entrevista em escola de Imbituva

Quinto ano desenvolve cinco atividades com o Jornal da Manhã

Turma cria espaço coletivo para acesso à leitura

Obra de Monteiro Lobato é destaque na Expocultura
Folclore é destaque em escola de Tibagi
Escola de PG trabalha com empreendedorismo
Conheça os premiados do concurso do Vamos Ler
PUBLICIDADE

Virtudes como amor, amizade e tolerância foram expostos aos estudantes dos 5º anos da Escola Minervina França Scudlareck, em Ponta Grossa.

Valores. Uma expressão que ganhou novos contornos nos últimos séculos, mas que sempre remete a qualidades do ser humano no trato consigo mesmo e com os semelhantes. Trabalhar o assunto em sala de aula é um dos elementos que os professores buscam para tocar em temas que estão além das disciplinas escolares, visando à formação não apenas intelectual dos alunos, mas também e cívica.

Para trabalhar os preceitos acerca dos valores, as professoras Bilmara Silvestre e Maria Renata Ienar, dos 5º anos A e B da Escola Municipal Minervina França Scudlareck, utilizaram de diversos recursos em sala de aula. “Através de dinâmica e diálogo dos próprios alunos, (trabalhamos valores) mostrando que através do amor, amizade, simplicidade, tolerância, etc., podemos melhorar como pessoa, mostrar ao outro momentos positivos e se reconhecer no outro”, comenta a professora Bilmara.

Com estes pressupostos, os estudantes puderam colocar suas representações sobre valores na ponta do lápis e transferir sua noção do tema ao caderno. Em uma destas produções, uma aluna traduziu os valores em uma virtude humana: a de criar amigos “Amizade é um amor que não se comunica. O amor pede, a amizade dá. O acaso nos dá parentes, a escola nos dá amigos. A amizade é um livro aberto a felicidade”.

Posteriormente os estudantes puderam comentar sobre o que aprenderam durante a aula em frente a toda a sala. Eles discursaram e puderam complementar a atividade no cartaz fixado ao quadro (confira no player acima). Para finalizar, Bilmara define toda a produção e conhecimento adquirido na sala de aula com uma frase: “É loucura odiar todas as rosas porque uma te espetou”.

Confira o blog escolar da Escola Minervina França Scudlareck e fique por dentro de todas as produções dos 5º anos da instituição de ensino. É só acessar aqui.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização