aRede aRede aRede
aRede
Vamos Ler inicia atividades com proposta inovadora

Vamos Ler

11 de março de 2017 11:45

Dhiego Tchmolo

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Troca de livros é realizada em escola de Castro

Charge é gênero central de atividades em Jaguariaíva

Caracterização é recurso para estudo sobre pronomes de tratamento

Interdisciplinaridade une impressos e geometria
Debate sobre a Páscoa envolve turma de Jaguariaíva
Veracidade das notícias é tema de debate em 5º ano
JM e Vamos Ler integram atividades em Jaguariaíva
Objetivo é foco nas mídias digitais/
PUBLICIDADE

Cinco municípios integrarão o programa que dará ênfase para o trabalho com mídias digitais em sala de aula.

O mundo moderno conta com aparatos tecnológicos que transformaram a informação e a notícia em elementos cada vez mais presentes no cotidiano das pessoas. Há um século atrás, o jornal impresso dominava amplamente a forma como a população se informava sobre o que acontecia em suas cidades, países e no mundo. Hoje, dispositivos móveis que cabem no nosso bolso trazem a informação que antes estava restrita aos leitores de jornais e para os poucos que tinham acesso ao rádio.

As crianças e jovens dos dias de hoje já nasceram nessa revolução tecnológica e, com ela, têm amplo domínio sobre as ferramentas digitais. É pensando nessa mudança de perspectiva que o Vamos Ler – Geração Digital, iniciativa do portal aRede, completa seu 10º ano com uma proposta inovadora.

Durante os últimos nove anos, o Vamos Ler sempre avançou nos trabalhos juntos às escolas com os jornais impressos, onde os alunos poderiam conhecer e desenvolver atividades com as matérias presentes na edição do Jornal da Manhã. Nos últimos anos, as mídias digitais começaram a ser utilizadas na sala de aula, abrindo novos horizontes para os alunos.

Em 2017, o Vamos Ler – Geração Digital inova e segue uma linha baseada exclusivamente nas mídias digitais. Inovando e ousando, o projeto coloca os alunos frente à importância de analisar e filtrar o conteúdo digital para ‘driblar’ questões como informações falsas e a agilidade singular que canais de informação na internet oferecem para seus leitores.

Serão cinco municípios atendidos neste ano – com a possibilidade de inclusão de novos parceiros: Ponta Grossa, Jaguariaíva, Imbituva, Tibagi e Carambeí. As atividades serão desenvolvidas exclusivamente com alunos do 5º ano da rede municipal, do Ensino Fundamental I. Serão mais de 1,5 mil alunos atendidos em toda a região.

Apenas em Ponta Grossa o Vamos Ler integrará mais de 800 alunos. As atividades no maior município dos Campos Gerais serão divididos em dois semestres, assim como em Jaguariaíva. Nas demais cidades parceiras, o conteúdo será desenvolvido durante o ano. Há, ainda, outras turmas das redes municipais e estadual de ensino que poderão integrar o projeto durante o desenvolvimento do projeto, de acordo com o interesse e disponibilidade.

Programa completa primeira década de atividades em 2017

O Vamos Ler iniciou em 2008 como um programa idealizado pelo Jornal da Manhã que buscava aliar mídia e educação nas escolas. Com uma proposta autêntica, conquistou prêmios de destaque como o primeiro ‘Prêmio Mundial para Jornal Escolar sobre Liberdade de Imprensa’, através de uma turma de 5º ano de Ponta Grossa, em 2010; no ano seguinte, o programa recebeu ‘Menção Especial’, na categoria ‘Conectando com o Celular’, no ‘Prêmio Jovens Leitores 2011’; e, ainda, conquistou ‘Concurso Nacional de Jornais Escolares’ promovido pela Associação Nacional de Jornais (ANJ), com um jornal intitulado ‘Quarto Poder’.

Foram vários municípios da região dos Campos Gerais englobados, com metodologias diferentes ano após ano. Em 2017, no aniversário de 10 anos do programa, o Vamos Ler busca resgatar toda sua trajetória através de noções de inovação e renovação, trazendo a reflexão aos alunos da rede municipal e expandido para um novo desafio nos próximos anos.

PUBLICIDADE
MIX - 26/04/2018 02:23h

Renan pede Beth em casamento

Clara se diverte com Gael durante um passeio. Patrick afirma a Clara que, com as informações que re...

 
0
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização