X
aRede aRede
(X)
Publicidade

Romulo Cury

Administrador | Romulo Cury | 18/01/2017 as 10:06h

RC entrevista: homens de sucesso

A coluna RC trará, quinzenalmente às quartas-feiras, um breve perfil e bate papo com homens que se destacam em suas áreas profissionais aliando seu sucesso ao que fazem fora dos seus escritórios, estabelecimentos comerciais e consultórios. Traremos um pouco das preferências, gostos e o perfil de homens que constroem o sucesso da cidade e através dele, ampliar os horizontes dos nossos leitores. Para iniciar 2017 com muito sucesso na coluna diária e repleta de novidades, trazemos um pouco da intimidade do Advogado Angelo Eduardo Ronchi, um expoente da advocacia princesina. No auge profissional aos seus 35 anos, Angelo é casado e tem uma filha. Desde a infância a escolha do Direito era algo certeiro em sua vida. Junto com o direito veio a necessidade de extravasar e ele encontrou um hobby nada comum. Confira o bate papo com esse brilhante profissional e descubra como ele equilibra a exaustiva vida que o Direito lhe exige.


RC: Comente aos nossos leitores um pouco da sua formação profissional. 

ANGELO - Minha formação acadêmica iniciou-se na UEPG com a graduação em Direito no ano de 2005. Posteriormente, me especializei em Direito Processual Civil pela UNISUL de Santa Catarina e em Direito do Trabalho e Processo do Trabalho pela UNIDERP do Rio de Janeiro. Atualmente curso especialização em Direito Empresarial e Advocacia Empresarial também na UNIDERP. Lecionei por cerca de seis anos as matérias de Direito Civil e Direito Empresarial nas Faculdades FATEB (em Telêmaco Borba) e CESCAGE (em Ponta Grossa). Apesar de uma passagem importante pela docência, desde o início da minha formação meus esforços sempre estiveram direcionados para a advocacia, especificamente na área empresarial, que é o ramo em que atuo desde o início da minha carreira. Desde o ano de 2003 integro o staff do escritório João Paulo Nascimento & Associados – Advogados e Consultores, do qual sou sócio, tendo ingressado como estagiário quando ainda estava na faculdade.

RC: Existe um segredo para o sucesso?

ANGELO - Fazer o que se gosta deixa tudo muito mais fácil, mais leve, aí as conquistas profissionais são mera consequência.  

 

RC: Qual o seu maior desafio profissional até o momento? 

ANGELO - Sinceramente, o desafio é diário. O exercício da advocacia exige um esforço árduo e permanente. A vida dos empresários e das empresas ocorre em um ritmo verdadeiramente frenético, decisões precisam ser tomadas com segurança e em um curto espaço de tempo, fatores que diariamente impõe a necessidade de estar sempre pronto para poder orientar os clientes em meio ao bombardeio de obrigações que lhe são impostas e pela avalanche de alterações legislativas que enfrentamos em nosso país. Minha função neste cenário é dar segurança para que o cliente possa tomar decisões de forma consciente, sabendo dos riscos envolvidos e da extensão das suas eventuais consequências. É aí que reside a importância da minha atuação, em ver que a assessoria prestada gera frutos evitando problemas sempre que possível ou, quando inevitáveis, resolvendo-os de forma eficaz!

 

RC: Como você extravasa a rotina? Pratica algum hobby? 

ANGELO - Não é nenhum segredo que a advocacia é uma profissão extremamente estressante e da qual é muito difícil se desligar “depois do horário”. O nível de atuação e comprometimento exige uma grande dedicação. Há cerca de sete anos encontrei um esporte no qual consegui a façanha de desligar, ainda que por pouco tempo, dos desafios cotidianos, o Tiro ao Prato! É importante destacar que isso só foi possível porque a nossa cidade conta com um dos clubes de tiro esportivo mais bem estruturados do Brasil, o Clube de Caça e Pesca do Paraná. O tiro ao prato possui várias modalidades, das quais eu pratico duas especificamente: o trap americano e a fossa olímpica. Em ambas o objetivo é acertar o tiro em um alvo em movimento, o prato. O prato tem 10 centímetros de diâmetro e é lançado em voo por uma máquina própria a uma velocidade de cerca de 80km/h no trap americano e 110km/h na fossa olímpica. O tiro esportivo é um esporte regulamentado e rigorosamente fiscalizado pelo Exército Brasileiro, pois para sua prática, neste caso, é necessária a utilização de armas de fogo calibre 12. Posso te dizer que é um hobby e um esporte de competição ao mesmo tempo, pois participo de campeonatos de nível estadual e nacional.

  

RC: Que relação você faz entre seu hobby e sua rotina profissional? Em que eles se assemelham? 

ANGELO - O tiro ao prato é um esporte que exige a união de técnica e concentração, sendo que a concentração é o mais importante na minha opinião. É justamente nessa necessidade de grande concentração que consegui minha válvula de escape, pois a prática do tiro me impõe constantes desafios, numa luta sem fim contra os meus próprios limites. Acertar ou errar o alvo é uma questão de detalhe. Essa necessidade de manter o foco exclusivamente no tiro é semelhante à da advocacia. Também na rotina profissional qualquer distração pode gerar problemas, daí o porquê de manter-me focado no trabalho quando estou no trabalho e no tiro quando estou competindo. Para mim uma coisa complementa a outra para enfrentar os desafios que surgem.   

 

RC: E para encerrar um conselho aos leitores da coluna RC. 

ANGELO - Independentemente da atividade de profissional, é necessário e essencial, que cada um tenha a sua válvula de escape, pois isso é imprescindível para manter as coisas equilibradas. 


Publicidade

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

Bom Dia Astral 18/01/2019 ás 00:05h
Romulo Cury 18/01/2019 ás 00:05h
Ponta Grossa 17/01/2019 ás 22:00h
Cotidiano 17/01/2019 ás 21:18h
Ponta Grossa 17/01/2019 ás 21:12h
Ponta Grossa 17/01/2019 ás 20:25h
Esporte 17/01/2019 ás 19:39h
Homem-cerveja 17/01/2019 ás 18:40h
ao vivo 17/01/2019 ás 18:26h
Ponta Grossa 17/01/2019 ás 18:21h
Publicidade

VÍDEOS

Cotidiano | 17/01/2019 ás 11:40h

Vídeo mostra momento em delegada reage a assalto

Cotidiano 17/01/2019 ás 08:27h
Publicidade

PONTA GROSSA

Ponta Grossa | 17/01/2019 ás 18:05h

Grupo de Ponta Grossa é o primeiro a chegar para JMJ

Ponta Grossa 17/01/2019 ás 15:01h
Ponta Grossa 17/01/2019 ás 11:09h
Ponta Grossa 17/01/2019 ás 10:40h
Ponta Grossa 17/01/2019 ás 07:40h
Publicidade

COTIDIANO

Cotidiano | 17/01/2019 ás 16:20h

Doações de sangue crescem em todo Estado

Cotidiano 17/01/2019 ás 15:19h
Cotidiano 17/01/2019 ás 14:42h
Cotidiano 17/01/2019 ás 14:16h
Publicidade

CAMPOS GERAIS

Campos Gerais | 17/01/2019 ás 17:34h

Viagem à China gera mal-estar no PSL; Aline se defende

Campos Gerais 17/01/2019 ás 14:01h
Campos Gerais 17/01/2019 ás 09:40h
Campos Gerais 17/01/2019 ás 09:10h
Campos Gerais 16/01/2019 ás 16:28h
Publicidade

MIX

Mix | 17/01/2019 ás 13:40h

Regina Duarte se revolta com governo Bolsonaro

Publicidade

ESPORTE

Esporte | 17/01/2019 ás 08:50h

Copa SP tem confrontos das quartas definidos

Publicidade

INSANA

Insana | 17/01/2019 ás 11:25h

Funcionária é indenizada por trabalhar aos domingos

Insana 15/01/2019 ás 13:10h
Insana 10/01/2019 ás 14:09h
Publicidade

VAMOS LER

Vamos Ler | 06/12/2018 ás 13:14h

Alunas realizam entrevistas durante premiação em Castro

AGRONEGÓCIO

Agronegócio | 15/01/2019 ás 20:05h

Fesuva terá espaço maior para expositores e público

Publicidade

ROMULO CURY

Romulo Cury | 18/01/2019 ás 00:05h

Coluna RC desta sexta-feira (18/01)

BOM DIA ASTRAL

Bom Dia Astral | 18/01/2019 ás 00:05h

Confira seu horóscopo para esta sexta-feira (18/01)

EMPREGOS

Empregos | 17/01/2019 ás 00:06h

Vagas na agência do Trabalhador para esta quinta (17/01)

Publicidade

MAIS LIDAS

Ponta Grossa | 14/01/2019 ás 14:27h

Mulher fica em estado grave após ser apedrejada

Cotidiano 17/01/2019 ás 08:27h
Campos Gerais 15/01/2019 ás 08:30h
Cotidiano 14/01/2019 ás 10:40h
Ponta Grossa 12/01/2019 ás 08:30h
Publicidade
Publicidade