aRede aRede aRede
aRede
Dia Internacional da Síndrome de Down (21/03)

RC Coluna

21 de março de 2018 02:59

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Coluna RC desta terça-feira (24/04)

Inauguração Oficina do Corpo – Clínica Esportiva

Coluna RC desta sexta-feira (20/04)

Coluna RC desta quinta-feira (19/04)
Coluna RC desta quarta-feira (18/04)
Coluna RC desta terça-feira (17/04)
Nova Luxe Decorações (14/04)
PUBLICIDADE

A coluna RC com o intuito de informar e incluir na sociedade princesina temas de relevância, traz pelo segundo ano consecutivo uma singela homenagem àqueles que lutam diariamente para vencer os estigmas da Síndrome de Down. Hoje mais de 40 países comemoram o Dia Internacional da Síndrome de Down, data criada pela Organização das Nações Unidas para chamar a atenção sobre uma condição que afeta, aproximadamente, uma em cada 700 pessoas no mundo todo. Os portadores da Síndrome de Down quando precocemente estimulados, preferencialmente desde bebês, podem desenvolver potencialidades que garantem sua inclusão em várias atividades produtivas. A inclusão, por sua vez, abre as portas para uma vida socialmente acolhedora, o que propicia autonomia e a possibilidade de independência, inclusive econômica. Isso é essencial e muito importante. Temos hoje muitas pessoas com Down com atividades produtivas em diversas áreas de atuação em nossa cidade. O preconceito é um limite. Fecha portas e impede que se veja e que se entenda a potencialidade de cada pessoa. Em visita a Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Ponta Grossa a coluna RC conferiu diversas atividades realizadas na instituição e, com o sensível registro do mago das fotografias Laertes Soares, celebra essa data voltada a inclusão dos portadores da Síndrome de Down. Lembre-se sempre, que ser diferente é normal.

 

“A APAE de Ponta Grossa iniciou suas atividades em 1966, completando 52 anos em 2018. Ao longo do caminho tem prestado serviço educacional, cultural, saúde e assistencial aos alunos com deficiência intelectual e múltiplas deficiências. Os educando com Síndrome de Down, tem chegado à nossa escola para atendimento neuropsicomotor cada vez mais cedo. Ao chegarem, recebem estímulos no programa de Estimulação Essencial, onde uma equipe de terapeutas e educadores especiais busca desenvolver estímulos, respeitando a individualidade de cada criança. A APAE acompanha muitas histórias de pessoas com Síndrome de Down que obtiveram sucesso realizando seus sonhos de ir para o mercado de trabalho. Todo esse trabalho realizado na APAE de Ponta Grossa conta com muito amor, respeito e dedicação de toda a Equipe Multiprofissional”

Josneide Kalempa Panazzolo - Diretora da Escola Profª Maria de Lourdes Canziani.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização