22 de dezembro de 2014 

Ponta Grossa

RACIONAMENTO

Ponta Grossa adota rodízio do abastecimento de água

Gabriel Sartini | Ponta Grossa | 07/02/2014 às 17:36h  | 

Em função do alto consumo de água tratada motivado pelas temperaturas elevadas, a Sanepar continuará o rodízio do abastecimento em Ponta Grossa nos próximos dias. A medida é necessária para manter o nível de segurança de reservação de água tratada do sistema e minimizar as situações de desabastecimento na cidade.

A partir das 20 horas desta sexta-feira (7), até as 8 horas da manhã de sábado (8), o fornecimento de água tratada ficará interrompido para as seguintes regiões: Santa Paula, Santa Paula Velha, Vila Raquel, Dom Bosco, Panorama, Shangrilá, Santa Terezinha, Vila Ricci, Jardim Canaã, Vila Real, Monte Belo, Roma, Atenas, Jardim Itapoá, Gralha Azul, Parque Nossa Senhora das Graças, Jardim Esplanada, Sabará, Bom Sucesso, Da Labona, Santa Luzia, Borato, Cristo Rei, Vila Romana, Santa Edwiges e Piriquitos.

Na sequência, a interrupção do fornecimento de água tratada ocorrerá a partir das 14 horas até as 14 horas do dia seguinte, seguindo o cronograma divulgado pela empresa, abrangendo também as regiões e vilas adjacentes das citadas.

Sábado (8) – Centro, Jardim Carvalho, Vila Liane, Vila Margarida, Monteiro Lobato, Palmeirinha, Catarina Miró, Baraúna, Santa Lúcia, Santa Mônica, Tânia Mara, Vila Mezomo, Jardim Recreio, Jardim Independência

Domingo (9) – Uvaranas, Ana Rita, Jardim Gianna, Jardim Conceição, Paraíso, La Fiori, Jardim Pontagrossense, São Marcos, Castanheira, Pimentel, Lagoa Dourada, Londres, Rio Verde, Núcleo 31 de março, Jardim Florença

Segunda-feira (10) – Oficinas, Colônia Dona Luiza, Distrito Industrial, Cará-Cará, Santa Maria, Vila DER, Santa Bárbara, Santa Tereza, Santa Clara, Ouro Verde, Jardim Porto Seguro, Maria Otília, Vila Sabina, Vila Curitiba, Vendrami

Terça-feira (11) – Santa Paula, Santa Terezinha, Roma, Atenas, Jardim Itapoá, Gralha Azul, Dom Bosco, Canaã, Dallabona, Bonsucesso, Vila Borato, Santa Edwirges, Cristo Rei, Periquitos, Vila Romana

Quarta-feira (12) – Centro, Jardim Carvalho, Vila Liane, Vila Margarida, Monteiro Lobato, Catarina Miró, Baraúna, Santa Lúcia, Mezomo, Jardim Independência, Ronda, Vila Santo Antônio, Vila Cristina, Nova Rússia

Quinta-feira (13) – Uvaranas, Ana Rita, Jardim Gianna, Jardim Conceição, Paraíso, La Fiori, Jardim Pontagrossense, São Marcos, Castanheira, Pimentel, Lagoa Dourada, Londres, Rio Verde, Núcleo 31 de março, Jardim Florença

Sexta-feira (14) – Oficinas, Colônia Dona Luiza, Distrito Industrial, Cará-Cará, Santa Maria, Vila DER, Santa Bárbara, Santa Tereza, Santa Clara, Ouro Verde, Jardim Porto Seguro, Maria Otília, Vila Sabina, Vila Curitiba, Vendrami

Poderão ficar desabastecidos principalmente os clientes que não possuem caixa-d’água compatível com o consumo do imóvel. A Sanepar e a ABNT orientam o uso de caixa- d’água com capacidade suficiente para fornecer água aos moradores por, no mínimo, 24 horas. O reservatório domiciliar deve armazenar pelo menos 500 litros.

A Sanepar também orienta a toda a população para que faça o uso consciente da água tratada, priorizando atividades essenciais, como alimentação e higiene pessoal. O uso racional da água é uma medida que deve ser tomada durante todo o ano e intensificada neste período. Conforme as condições climáticas e redução do consumo, a Sanepar poderá suspender ou reduzir áreas de abrangência.

O Serviço de Atendimento ao Cliente Sanepar é feito pelo telefone 115. Ao ligar, é importante ter em mãos a conta de água ou o número de sua matrícula.

Clique aqui e veja o(s) comentário(s) sobre esta notícia.
Clique aqui para fazer um comentário sobre esta notícia.

Últimos Vídeos aRede

Veja também

AVISO: O portal aRede não se responsabiliza pelos comentários, opiniões, depoimentos, mensagens ou qualquer outro tipo de conteúdo. Seu comentário passará por um filtro de moderação. O portal aRede não se obriga a publicar caso não esteja de acordo com a política de privacidade do site.

Comentários    10


7 de fevereiro de 2014 / 22:55

que tal represar a cabeceira do rio Tibagi ?

8 de fevereiro de 2014 / 06:53

Deveriam ter aumentado faz tempo o nível de água do alagado
faz mais de 2 anos que estão para aumentar e nada agora ficam este racionamento falta de planejamento uma vergonha para ponta grossa ter que passar por isso. esperamos que este verão seja o primeiro e que a prefeitura junto com a sanepar planejem e realizem medidas para que esta falta de vergonha não aconteça mais

8 de fevereiro de 2014 / 08:41

Concordo com vc Danilo, acho tudo isso uma tremenda vergonha dos dirigentes da Sanepar em Ponta Grossa, pois eles arrecadam uma fortuna (água e esgoto) alem dos impostos, e para onde vai esse dinheiro, se eles não estão aplicando em melhorias, deveriam alem de aumentar o nivel de água do alagado, também deveriam fazer acudes ou reservatórios para suprir a necessidade da população, outra coisa quando eles liberam a água, veem mais ar do que água e o reloginho da contando como água, acho isso um absurdo.

8 de fevereiro de 2014 / 11:26

Água no Alagados tem, o que não tem é funcionário na Sanepar, passou na tv esses dias….

8 de fevereiro de 2014 / 12:39

concordo todos os impostos q pagamos e nao temos nenhuma melhoria concordo q toda a populaçao deva economizar nao so agora mas todo ano , mas a falta de organizaçao da sanepar e imensa o corte de agua esta muito prolongado quem nao tem caixa dagua faz o q ? e tb aposto q a conta vai vir no mesmo valor ou vai ser desvontado os dias de racionamento ? duvido !!! todos deveriam exigir este desconto e começar a lutar mais pelos nossos direitos tao esquecidos pois na hora do dever somos cobrados e lembrados ,nao pague sua fatura para ver o q acontece e uma pouca vergonha esta situaçao ainda acontecendo com tanta tecnologia para fazer melhorias e o dh onde esta

9 de fevereiro de 2014 / 17:19

“Em função do alto consumo de água tratada”, ah tá, isto está mais para incompetência da Sanepar…

10 de fevereiro de 2014 / 09:27

Que história é esta de “alto consumo”? Então a culpa é do povo que passou a ter mais sede? Isto é falta de planejamento, e, principalmente, falta de INVESTIMENTO pro parte da Sanepar, que acabou de sofrer uma privatização branca. E muito me admira a postura acrítica do jornal, que se limita a repetir a justificativa da empresa, sem se dar ao trabalho de apurar as responsabilidades.

12 de fevereiro de 2014 / 18:48

o principal fornecedor de agua para a cidade de PONTA GROSSA,e o RIO PITANGUI,a captação de 60% da agua que abastece a cidade ,vem do RIO PITANGUi bem abaixo da represa do alagados,do alagados so 30 ou 40% são captados para abastecimento da cidade,o maior problema são as nascentes do rio ,que ficam no distrito do ABAPÃ municipio de CASTRO,as nascentes ,são cercadas de pasto ,reflorestamento de pinus,e criações de suinos

12 de fevereiro de 2014 / 18:51

sem falar nas lavouras e desmatamento da mata ciliar,em toda extenção do RIO PITANGUI desde sua nascente a sua foz,no RIO TIBAGI,o RIO PITANGUI E O PRINCIPAL FORMADOR DA REPRESA DO ALAGADOS

12 de fevereiro de 2014 / 22:19

Rodízio SEMPRE, poxa; como pode as pessoas não raciocinarem de que a água está e vai ficar cada vez mais escassa pra TODOS NÓS, infelizmente MUITAS PESSOAS ESBANJAM o TEMPO TODO e não param pra pensar de que no Nordeste há muitos anos eles não sabem o que é ter ÁGUA e a população daqui fazendo tempestade por um BEM ENORME QUE A SANEPAR tá fazendo pra termos água. Muita gente há de passar na terra depois que partimos dela, PENSEM NISSO!

Deixe um comentário

IVC IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização