Agência do Trabalhador garante R$ 1,3 mi em recursos

Ponta Grossa

14 de novembro de 2017 22:29

Fernando Rogala

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Bandidos fazem arrastão em loja no centro da cidade

Rapaz usa tesoura para assaltar panificadora

Homem cai de moto e morre atropelado em rodovia de PG

Unicesumar entrega novo campus com 39 cursos
Cade aprova a aquisição da Masisa pela Arauco
Aeroporto receberá investimentos de locadoras neste ano
Quatro vilas ficam sem água nesta quarta-feira
/
PUBLICIDADE

A Agência do Trabalhador de Ponta Grossa será contemplada com quase R$ 1,3 milhão em recursos do Governo Federal. O repasse se refere à municipalização da Agência, e o valor reflete o alto desempenho da agência nestes últimos meses. Além da utilização dos recursos para o custeio da agência, boa parte será utilizada para uma reforma, para a implantação de um novo layout, tanto interno quanto externo, explica o gerente da Agência, John Elvis Ramalho. Em relação ao repasse anterior, de pouco mais de R$ 800 mil, o aumento foi superior a 50%, esclarece Ramalho. O repasse demandará ainda de uma contrapartida municipal de R$ 64,9 mil, totalizando mais de R$ 1,36 mi destinados ao órgão. 

Segundo o gerente, entre 20 a 25% dos recursos serão aplicados nesse novo layout, ou seja, cerca de R$ 300 mil. “Todos vão se surpreender com esse novo layout, que já foi orçado. Vamos repaginar para tornar a agência mais confortável para o trabalhador e o empregador. Estaremos na vanguarda, como uma das primeiras agências do Brasil a fazer isso”, adianta Ramalho. Segundo ele, essa reforma deverá ocorrer no próximo ano, já que, além de depender do repasse, há a necessidade de realizar as licitações. As mudanças ocorrerão na parte externa e interna. “Vamos seguir a cartilha do Ministério e vai ficar como  uma agencia bancaria, tudo padronizado”, completa. 

A Agência do Trabalhador de Ponta Grossa é vinculada à Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional, coordenada pelo secretário Paulo Henrique Carbonare. Os crescentes resultados, diz o gerente, foram essenciais para a ampliação dos recursos. “Devido ao mérito dos resultados alcançados, esse aumento em mais de 50% dos recursos. É um recurso muito próximo ao recebido por Porto Alegre. Isso ocorre pelo aproveitamento de vagas, encaminhamentos e número de colocados, assim como a agilidade no seguro-desemprego, com agendamento próximo e sem fraudes”, ressaltando o importante trabalho em equipe para superar as metas.


Comitiva busca agilizar os repasses para o município

O repasse do valor, de exatos R$ 1.298.127,97, deverá ocorrer neste ano. Para buscar antecipar essa transmissão dos recursos aos cofres municipais, representantes do município estiveram em Brasília na última quinta-feira, dia 9. Entre eles, estava Victor Hugo de Oliveira, que atuava como coordenador de qualificação profissional até o mês passado, quando assumiu como vereador. “Eu, juntamente com o deputado Sandro Alex, tivemos reuniões no Ministério do Trabalho, buscando agilizar o processo de transferência de recursos, objeto esse imprescindível para que a Agência continue realizando seus serviços de excelência em prol da população ponta-grossense”, diz.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização