Após audiência, projeto do Uber deve ganhar mudanças

Ponta Grossa

14 de novembro de 2017 20:01

Da Redação

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Bandidos fazem arrastão em loja no centro da cidade

Rapaz usa tesoura para assaltar panificadora

Homem cai de moto e morre atropelado em rodovia de PG

Unicesumar entrega novo campus com 39 cursos
Cade aprova a aquisição da Masisa pela Arauco
Aeroporto receberá investimentos de locadoras neste ano
Quatro vilas ficam sem água nesta quarta-feira
/Imagem: Kauter Prado / CMPG
PUBLICIDADE

O vereador Geraldo Stocco (REDE) deverá propor novas mudanças no funcionamento do aplicativo Uber em Ponta Grossa. As alterações são fruto da audiência pública convocada pelo parlamentar e realizada na tarde deste terça-feira (14) no plenário da Casa de Leis. Stocco quer acabar com a proibição de carros com placas de outros municípios atuarem no serviço e também fixar uma taxa fixa a ser cobrada pela Prefeitura.

As emendas foram apresentadas por Stocco em parceria com o vereador Rudolf Polaco (PPS) e preveem alterações em um projeto de lei (PL) apresentado pelo Poder Executivo. “Foi muito positivo ouvir os motoristas e representantes dos órgãos públicos, estamos buscando encontrar um consenso na regulamentação do serviço do Uber sem inviabiliza-lo”, explicou Stocco.

A proposta inicial do Executivo prevê uma cobrança fixa de R$ 1 a cada quilômetro rodado, Stocco e Rudolf querem que exista uma cobrança fixa de R$ 0,15 por corrida, independentemente da duração da corrida. Além disso, a proposta da Prefeitura prevê que apenas carros com placas de Ponta Grossa atuem no aplicativo. “Muitas pessoas trabalham no Uber com veículos alugados e com placas de outros lugares”, explicou o vereador da Rede.

As emendas apresentadas por Stocco, em parceria com o vereador Rudolf, líder do Governo, irão tramitar pelas comissões internas da Casa de Leis e serão votadas, junto com o projeto original, em plenário. “Quero que o Uber seja regulamentado de uma forma possível, mas também quero que o serviço de táxi público seja atualizado”, explicou o vereador fazendo menção à atualização nas regras de concessão do serviço de táxi.

Outras mudanças

Além das emendas apresentadas por Stocco, outras alterações propostas ao projeto deverão ser debatidas em plenário. O vereador Felipe Passos (PSDB), por exemplo, quer alterar a limitação no ano de fabricação do carro – a proposta do Executivo prevê que carros com mais de 5 anos de uso não possam atuar no aplicativo, Passos propõe que o limite seja de 10 anos. Passos também propôs o fim da exigência de que o veículo seja emplacado em Ponta Grossa.

PUBLICIDADE
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização