Prefeitura deve terceirizar ‘tapa-buracos’ em 2018

Ponta Grossa

09 de novembro de 2017 19:59

Afonso Verner

  • Comentários
    0 compartilhados
  • Imprimir

Relacionadas

Audiência Pública vai debater licitação de aterro em PG

Idoso é preso por suspeita de tráfico em PG

“O transporte coletivo está à beira do colapso”, diz Helmiro Bobeck

Secretário se revolta com lixo e 'quebra tudo'
Pontos turísticos de PG estampam materiais escolares
“Justiça foi feita”, comemora Dr. Zeca após decisão
Justiça inocenta Dr. Zeca e valida maior votação da história
/Imagem: Arquivo JM
PUBLICIDADE

A Prefeitura Municipal de Ponta Grossa (PMPG) irá terceirizar operações como o ‘tapa-buraco’ e a limpeza de galerias pluviais. Segundo Marcio Ferreira, secretário de Obras e Serviços Públicos, a ideia é otimizar (em tempo e valores investidos) os serviços e conseguir acelerar a realização destas atividades. Nesta quinta-feira (9) a Prefeitura publicou, em Diário Oficial, o avisto da licitação de R$ 1,1 milhão em asfalto usinado, material utilizado na recuperação do pavimento.

De acordo com Ferreira, o principal problema atual do processo do ‘tapa-buracos’ é a “má qualidade” do asfalto em algumas das principais vias da cidade. “Obras feitas anteriormente entregaram um asfalto de qualidade muito duvidosa, temos tido problemas constantes em vias com grande fluxo de veículos e em que infelizmente o pavimento está aquém da qualidade ideal”, explicou Márcio.

O secretário afirmou que a terceirização do ‘tapa-buracos’ e também da limpeza das galerias deve ser implementada já em janeiro de 2018. “Quando contratamos uma empresa de asfalto usinado, por exemplo, muitas vezes ficamos esperando a empresa entregar o produto no local da operação, isso atrasa o serviço e prejudica a otimização do processo”, explicou Ferreira. O secretário acredita que a mesma lógica deve ser implementada na limpeza de galerias.

“Uma empresa tem uma estrutura mais eficiente para esse tipo de serviço, nós da Secretaria temos ainda que cuidar de várias áreas públicas e dar conta da manutenção de uma série de locais muito frequentados na cidade”, contou Ferreira. O secretário não soube identificar o valor que será investido na licitação dos dois serviços. “Ainda estamos finalizando os estudos, acredito que em 10 dias tenhamos o valor exato investido nessa terceirização”, contou o gestor.  

Investimento deve suprir necessidade até janeiro

De acordo com Marcio, a licitação para compra de asfalto usinado deverá suprir as necessidades do município até janeiro. “Nós temos trabalhado em várias frentes, na tentativa de conseguir ao menos amenizar algumas situações mais graves”, afirmou Ferreira. A secretaria de Obras Públicas é um dos órgãos com maior orçamento na Prefeitura e em 2017 tem um orçamento estimado em R$ 81.644.821,06 de acordo com a lei orçamentária anual aprovada no exercício anterior. 

PUBLICIDADE
MIX - 21/02/2018 02:14h

Vinícius é morto no presídio

Beth se junta à comemoração de Clara e todos estranham seu comportamento. Adinéia pede para Samuel ...

 
0
IVC Este material não pode ser publicado, transmitido por broadcast, reescrito ou redistribuído sem prévia autorização